Atacado e retirado do ar por piratas da Internet
blog político baiano dá volta por cima

BAHIA EM PAUTA INFORMA E COMENTA

Com uma aula de texto, inteligência , humor e generosidade, o jornalista Luis Augusto Gomes informa sobre a volta ao ar do blog Por Escrtito, que ele edita em Salvador..

Sem favor , um dos melhores , mais corajosos e plurais espaços de informação política do País (da Bahia nem se fala) , violentamente atacado e insidiosamente retirado do ar por um hacker do mal ou um bando deles, cuja origem está sendo investigada, para a devida cobrança de responsabilidade civil e criminal e punição.

Os piratas da internet chegaram a hastear, em comemoração, uma “bandeira” de ocupação do Por Escrito.

A Associação Baiana de Imprensa (ABI) , o Sindicato de Jornalistas da Bahia (Sinjorba) e a Polícia também já foram informados da violência, que agride a liberdade de pensamento e fere a liberdade de expressão. Esperamos que estejam agindo com o devido empenho e agilidade para identificar autores e punir o crime.

Bahia em Pauta, atento e solidário, saúda com alegria , a volta do Por Escrito, e o reencontro com os textos primorosos (sempre ricos de informação, memória e bom humor) do jornalista Luis Augusto Gomes.

De brinde, nesta data, o BP reproduz em seu espaço principal de opinião, o brilhante texto postado pelo editor do Por Escrito na área de comentários deste site blog, neste domingo, 8 de março, internacionalmente dedicado às mulheres.

SALVE O POR ESCRITO. BRAVO, LUIS!!!

( Vitor Hugo Soares)

=============================================
O COMENTÁRIO DE LUIS AUGUSTO GOMES, EDITOR DO POR ESCRITO

Caros amigos, vou aproveitar o ibope destes comentários para informar que o “Por Escrito” voltou à rede ontem, após ataque de hacker, ainda sem a configuração original, mas farto de textos.

Quanto ao mérito, conheço Ro-Ró da juventude, Vitor Hugo e Margarida também.

Conheço Graça, virtualmente, de quando interferi em assunto por ela levantado, a apropriação por João Leão da obra da Ferrovia Oeste-Leste.

Cláudio Leal, ao ler pela primeira vez um texto seu, creio que ele tinha uns 23 anos, vi que era um intelectual denso, cujo sapato lustro.

Com Bob Fernandes, nos velhos tempos, cheguei a formar dupla de área no campo da UFBA, em Ondina.

Em meio a tão fervorosa polêmica, evoco um “pensamento do dia” que publiquei certa vez: “Eu amo toda a humanidade, com exceção de alguns irrecuperáveis”.

Graças a Deus, não é o caso de nenhum de nós.”(LAG)

Be Sociable, Share!

Comentários

regina on 8 Março, 2015 at 15:29 #

Desculpem a intrusão, mas, e a Graça Azevedo vai ficar sem resposta? Vai passar por “mentirosa”? Onde está a solidariedade masculina/feminina??


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos