DEU NA FOLHA DE SÃO PAULO

Alan Marques/Folhapress

O vice-governador da Bahia, João Felipe de Souza Leão, do PP, não economizou nas palavras ao se manifestar após a divulgação da lista do STF (Supremo Tribunal Federal) com nomes de envolvidos em inquéritos relativos à Operação Lava Jato, na noite desta sexta (6).

Após dizer que não entende o motivo de ter sido incluído nas investigações, o vice-governador diz, em nota, estar “cagando e andando, em bom português, na cabeça desses cornos todos”, se referindo às pessoas que o citaram durante as apurações.

No mesmo texto, Leão se diz um homem sério, e que irá à Brasília na segunda-feira (9) para saber por que foi ligado ao escândalo.

Ele alega que pode ter sido incluído nas investigações por ter recebido recursos, em 2010, de empreiteiras envolvidas na Lava Jato. “Recebi recursos da OAS, mas quem recebeu recursos legais, na conta legal, tem culpa?”.

Entre outros políticos que aparecem na lista e que já se manifestaram na noite desta sexta (6), a maioria nega envolvimento com os fatos descritos nos pedidos de inquérito.

Veja a nota do vice-governador da Bahia, João Leão (PP), na íntegra:

“Estou tão surpreso quanto tantos outros,não sei porque meu nome saiu. Nem conhecia esse povo. Acredito que pode ter sido por ter recebido recursos em 2010 das empresas que estão envolvidas na operação. Mas, botar meu nome numa zorra dessas? Não entendo. O que pode ser feito é esperar ser citado e me defender. Estou cagando e andando, no bom português, na cabeça desses cornos todos. Sou um cara sério, bato no meu peito e não tenho culpa. Segunda-feira vou para Brasília saber porque estou envolvido […] Recebi recursos da OAS [em 2010] mas quem recebeu recursos legais, na conta legal, tem culpa?”.

Be Sociable, Share!

Comentários

Graça Azevedo on 7 Março, 2015 at 11:30 #

Esta é a linguagem típica de quem desrespeita o Estado, que se acha acima das leis e dos direitos do cidadão que, pagando impostos, o sustenta.


rosane santana on 7 Março, 2015 at 13:18 #

Pois eu acho que João Leao, de quem não sou adepta ou procuradora, a sua maneira, reagiu aa tentativa fiscal empreiteiros depoentes de confundir, jogar lama em todos, para manter seus negócios no Estado. Muitas das delações, se sabe, acrescentaram inocentes e inocentaram culpados aa longa lista aconselhados por advogados bem pagos. Como o juiz não tem poder de predição, arrolou todos os citados pelos empreiteiros, que fizeram lambança para garantir negócios que sustentam duas fortunas.


rosane santana on 7 Março, 2015 at 13:20 #

Correção: tentativa geral dos empreiteiros… Na longa lista


Graça Azevedo on 7 Março, 2015 at 14:33 #

É. Ele é modelo de honestidade!!! E mais não digo para não dar espaço a quem quer polemizar.


rosane santana on 7 Março, 2015 at 15:20 #

Onde falta inteligência, dobra dor de cotovelo.


rosane santana on 7 Março, 2015 at 15:21 #

Correcao: sobra.


Graça Azevedo on 7 Março, 2015 at 17:49 #

Isso Miss Harvard! Mas, aposto que em matéria de dor de cotovelo poucos ganham para você.


rosane santana on 7 Março, 2015 at 18:41 #

Mais dor de cotovelo: Miss Harvar! kkkk


Graça Azevedo on 7 Março, 2015 at 19:18 #

É o título que vc ostenta. Eu prefiro outros! Quando quero discutir temas relevantes o faço com Vitor Hugo, Claudinho Leal, Bob Fernandes, entre outros. Vc, definitivamente, nada me acrescenta. Paremos por aqui.


rosane santana on 7 Março, 2015 at 21:33 #

Dor de cotovelo é pouco, senhora!


rosane santana on 7 Março, 2015 at 21:52 #

E mente: Bob Fernandes que paasou a integrar o grupo de blogueiros sujos, muito conhecidos conheço ha mais de 30 anos, de outros carnavais. Nunca vi sua presenca. Vitor Hugo, ha quase 30 anos. Claudio Leal ha 10. A excecao de Bob, depois da metamorfose, mantenho relacionamento com os demais. Nuna soube que a senhora fizesse parte das conversas, alias, nunca vi. Portanto, alem de tudo mente.


Graça Azevedo on 7 Março, 2015 at 22:46 #

Vou pedir aos amigos Vitor e Claudinho que não me deixem passar por mentirosa. Aliás, na semana passada recebi Claudinho aqui em casa para jantar.
Quanto a Vitor e Margarida os conheço há mais tempo. Fomos contemporâneos de faculdade. E Bob, bom essa é a sua dor de cotovelo. KKKKKKK Conheço a história!
E na sua próxima agressão, vou responder no mesmo tom.
Só não participo mais do blog porque, nada havendo a acrescentar, apenas leio. Não preciso me “amostrar” como diz o nordestino.
Quem sabe, um dia, quando vc for amada, realizada, tiver filhos, netos e histórias para contar, não necessite ser Miss Harvard.


Graça Azevedo on 7 Março, 2015 at 22:47 #

E tudo isso para defender um tipo como leão, que a Bahia conhece.


rosane santana on 7 Março, 2015 at 22:58 #

Agressão? A senhora mente, informando uma aproximação que não tem, com pessoas que conheço profundamente. Depois, se revela uma reacionária em suas colocações e quer responder o que aa altura, senhora? Não tenho medo de bazofias, viu?


Graça Azevedo on 7 Março, 2015 at 23:09 #

Agressão sim. Consulte aos amigos Vitor e Cláudio já que com Bob será difícil. Vc me chamou mentirosa. Prove, jornalista provinciana.


rosane santana on 7 Março, 2015 at 23:12 #

Freud lhe explica, senhora? Nas entrelinhas, nos kkk, nos reacionários e na dor de cotovelo e nas mentiras.


rosane santana on 7 Março, 2015 at 23:12 #

correção: nos reacionarismos.


Graça Azevedo on 7 Março, 2015 at 23:21 #

Não vou responder. Definitivamente vc é pior do que qualquer opinião que ouvi sobre vc.


rosane santana on 7 Março, 2015 at 23:24 #

Bom, ao ler essa contenda, qualquer pessoa inteligente saberá tirar conclusões, seguramente, que não lhe serão tão meritórias, senhora.


Graça Azevedo on 7 Março, 2015 at 23:38 #

Quando passar a lua cheia vc melhora, Miss!
Não faço questão de ficar bem na fita. Quem me conhece como Vitor, Claudio, Olivia,Volney, sabem quem sou e como sou.
E peço aos amigos, que vc nega que eu tenha aproximação, que digam a verdade.
E agora vou tomar um vinho com meu amor. Boa noite!


rosane santana on 7 Março, 2015 at 23:42 #

Mais um texto, mais uma revelação. Creio que a senhora é quem está a precisar de um recolhimento, com ou sem luas cheias.


luis augusto on 8 Março, 2015 at 7:15 #

Caros amigos, vou aproveitar o ibope destes comentários para informar que o “Por Escrito” voltou à rede ontem, após ataque de hacker, ainda sem a configuração original, mas farto de textos.

Quanto ao mérito, conheço Ro-Ró da juventude, Vitor Hugo e Margarida também.

Conheço Graça, virtualmente, de quando interferi em assunto por ela levantado, a apropriação por João Leão da obra da Ferrovia Oeste-Leste.

Cláudio Leal, ao ler pela primeira vez um texto seu, creio que ele tinha uns 23 anos, vi que era um intelectual denso, cujo sapato lustro.

Com Bob Fernandes, nos velhos tempos, cheguei a formar dupla de área no campo da UFBA, em Ondina.

Em meio a tão fervorosa polêmica, evoco um “pensamento do dia” que publiquei certa vez: “Eu amo toda a humanidade, com exceção de alguns irrecuperáveis”.

Graças a Deus, não é o caso de nenhum de nós.


Carlos volney on 8 Março, 2015 at 21:53 #

Chegando agora de rápida viagem de visita ao meu sertão querido, tomo conhecimento de tão forte “refrega”.
Preferindo me omitir no que toca ao mérito da polêmica, quero deixar claro, já que fui citado, algumas coisas:
Graça Azevedo é pessoa que habita parte íntima de meu universo afetivo e atesto, sem medo de errar, sua verticalidade de caráter.
Bob Fernandes, para mim, está no mesmo nível de Clovis Rossi, Jânio de Freitas e Vitor Hugo Soares, honrando o que se pode chamar de JORNALISMO – assim, em maiúsculas e grafado – neste tão maltratado Brasil.
Cláudio Leal está no mesmo nível dos acima precitados, em termos de brilhantismo intelectual e caráter, e me honra em aceitar que seja seu amigo.
Não conheço a senhora Rosane, mas é fácil reconhecer seu preparo intelectual por suas manifestações neste blog.
Quanto a João Leão, este não engana sequer a um ingênuo – seu currículo é vasto. Considero-o no máximo um Maluff da província. Ele e o PT – no que este se transformou – bem que se merecem.
É só a minha opinião, insignificante, reconheço.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos