Beija-Flor festeja vitória no Rio

==================================


DEU NO PORTAL TERRA BRASIL

Daniel Favero e Marcus Vinicius Pinto

Direto do Rio de Janerio

A Beija-Flor é a campeã do Carnaval do Rio de Janeiro 2015. A escola de Nilópolis garantiu seu 13º título, nesta quarta-feira (18), com um enredo polêmico: homenagem ao país africano Guiné Equatorial, que há 35 anos é governado pelo ditador Teodoro Mbasogo, acusado de infringir diversos direitos humanos em seu mandato.

A apuração na Apoteose foi tensa em um ano de equilíbrio entre as grandes no Carnaval carioca. Beija-Flor e Salgueiro disputaram o título décimo a décimo. Nos três primeiros quesitos (Harmonia, Fantasia e Alegorias), as escolas ficaram empatadas com Portela, que ainda mantinha o favoritismo. Mas, a partir do quarto quesito (Mestre-sala e porta-bandeira), a Beija-Flor disparou dois décimos e manteve a liderança e um pouco respiro em relação ao Salgueiro até o fim da leitura das notas, quando somou 269,9 pontos, quatro décimos a mais que a escola da rainha Viviane Araújo.

O Salgueiro revive o drama do ano passado, quando ficou com o vice-campeonato e viu a Unidos da Tijuca levantar a taça com apenas um décimo de vantagem. Em 2014, a Beija-Flor terminou na sétima posição.

Resultado

Depois da Beija-Flor, que levou o título em um Carnaval muito disputado, participam do Desfile das Campeãs no próximo sábado (21), Salgueiro, Grande Rio, Portela, Unidos da Tijuca e Imperatriz.

A Viradouro, que abriu o Carnaval e teve a atriz Juliana Paes na comissão de frente, ficou em último lugar e foi rebaixada para a Série A.

O desfile
Animada por Neguinho da Beija-Flor, a Beija-Flor levantou a Sapucaí já na madrugada de terça-feira (17) ao exaltar as belezas naturais do país africano e contou na avenida com a atriz Claudia Raia como destaque. A escola levou luxo para a avenida e gerou polêmica com a origem do dinheiro para o desfile: Teodoro Mbasogo teria doado R$ 10 milhões para a agremiação. O ditador da Guiné Equatorial é considerado um dos presidentes mais ricos entre líderes mundiais.
Escola Pontuação final
1. BEIJA-FLOR 269.9
2. Salgueiro 269.5
3. Grande Rio 269.0
4. Portela 269.0
5. Unidos da Tijuca 269.0
6. Imperatriz 269.9
7. Mocidade 268.5
8. São Clemente 268.4
9 União da Ilha 267.2
10. Mangueira 267.2
11. Vila Isabel 266.2
12. Viradouro 263.7

Vencedora do Carnaval do Rio de Janeiro em 2015, a Beija-Flor desfilou na Sapucaí o enredo “Um Griô conta a história: um olhar sobre a África e o despontar da Guiné Equatorial. Caminhemos sobre a trilha de nossa felicidade”. O tema gerou muita polêmica por ter sido patrocinado e exaltar as belezas de um país governado há mais de 30 anos por um ditador que é acusado de infringir diversos direitos humanos e a liberdade de imprensa


De Santts Sts, no Facebook:

É esta ai Selfish versão acústica, só voz e piano! Gravado no Piano do hotel Iberostar Praia do Forte/BA! E de quebra uma bela vista! Me diverti gravando, agradecimentos a Kaya Verruno pelo video, Alê Siqueira pela captação de áudio e Flavinho Flavio Souza pela Mix… eaaa

========

Maravilha, Santts! De arrepiar! Para a frente e para o alto, sempre. Na Bahia ( No Iberostar da Praia do Forte ou na casa do amigo comum, Raimundo Lima, no litoral norte, onde o conheci e escutei pela primeira vez (com Margarida, sua fã), ou nas melhores casas de show de São Paulo, onde você brilha atualmente.)
Falta o mundo, mas isso é para já, como se deduz por esta espetacular gravação!

BRAVO!!!

(Vitor Hugo Soares)

The Dave Brubeck Quartet, Vento Fresco, para levar o barco!

BOA TARDE!!!

(Vitor Hugo Soares)

fev
18
Posted on 18-02-2015
Filed Under (Artigos) by vitor on 18-02-2015

=========================================

DEU NO PÚBLICO, DE PORTUGAL

As autoridades suíças realizaram nesta quarta-feira, 18, buscas na sede da filial suíça do HSBC, em Genebra, na sequência de uma investigação criminal do suposto esquema de lavagem de dinheiro que foi denunciado na semana passada por um grupo internacional de jornalistas de investigação.

“O Ministério Público anuncia que, na sequência de recentes revelações públicas relativas ao HSBC Private Bank (Suiça), foi aberto um procedimento criminal contra o banco” por “lavagem de capitais agravado”, revelou a agência de notícias Lusa, citando o comunicado do Ministério Público daquele cantão suíço.

Segundo o britânico The Guardian, as acusações criminais aplicam-se ao banco, mas também serão contra “desconhecidos”. O jornal adianta que as buscas às instalações do HSBC são conduzidas pelo procurador-geral do cantão de Genebra, Olivier Jornot, e ainda não é certo que já tenham terminado.

O caso, conhecido como SwissLeaks, implica cidadãos de diversas nacionalidades, num esquema de evasão fiscal e branqueamento de capitais. O dossier foi revelado na semana passada pelo consórcio de jornalistas internacionais (ICIJ) e contém informações relativas a mais de 100 mil clientes e 20 mil sociedades offshore, com contas no valor de 100 mil milhões de dólares (cerca de 87.300 milhões de euros) que teriam passado pelo HSBC em Genebra.

A investigação do SwissLeaks assenta em documentos fornecidos pelo técnico em informática Hervé Falciani, ex-trabalhador do HSBC em Genebra, ao jornal francês Le Monde e partilhado com o ICIJ e com jornalistas de mais de 40 países.

Os dados, que dizem respeito apenas ao período entre Novembro de 2006 e Março de 2007, indicam que o HSBC Private Bank teria permitido aos seus clientes retirar grandes quantidades de dinheiro em moeda estrangeira na Suíça, teria ajudado clientes a escapar ao pagamento de impostos em domicílios fiscais na Europa, terá escondido fundos em contas “negras” e aberto contas a criminosos internacionais e empresários suspeitos de corrupção.

O HSBC em Londres reconheceu que a casa-mãe é responsável pelas “falhas de controle” sobre o HSBC Private Bank e veio publicamente pedir desculpa aos seus clientes em anúncios de página inteira publicados na imprensa brtânica. No Sunday Times, Sunday Telegraph, Mail e Sun, o presidente executivo do HSBC, Stuart Gulliver, sublinhou que o banco suíço foi “completamente reorganizado” e que as notícias foram motivadas por “eventos históricos e padrões” em que o banco já não opera.

Entre os titulares das contas investigadas contam-se políticos, membros da realeza, celebridades, executivos de empresas, desportistas e estrelas de Hollywood. Na lista estão nomes como Mohamed VI de Marrocos, Li Xiaolin, filha do ex-primeiro ministro chinês Li Peng, o banqueiro espanhol Emilio Botín (fundador do Santander, que morreu em Setembro), o piloto Fernando Alonso, os atores norte-americanos John Malkovich e Christian Slater e o músico Phil Collins. Também constam a modelo Elle MacPherson e o estilista Valentino Garavani, bem como o tenista Marat Safin, entre vários outros.

fev
18


Joaquim Barbosa: “sou um cidadão livre”
=========================================

DEU NO PORTAL TERRA BRASIL

O ex-presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Joaquim Barbosa, usou sua página pessoal no Twitter, nesta terça-feira (17), para dizer que é um cidadão livre. Ele usou a rede social para rebater críticas sobre outro post que fez no sábado (14) pedindo a demissão do ministro da justiça, José Eduardo Cardozo.
Saiba Mais

Barbosa disse, ainda, que seus críticos fingem não saber que hoje ele é um cidadão livre.

O ex-ministro escreveu também que os que recorrem à política para resolver os problemas na esfera judicial não buscam a Justiça.

Toda polêmica começou quando Barbosa fez um post pedindo a demissão do ministro da justiça, José Eduardo Cardozo após ele ter recebido no gabinete três advogados da Odebrechrt, construtora envolvida na operação Lava-Jato, segundo publicado no Jornal O Globo.

Ivan Lins e Wanda Sá, para saudar a paixão de carnaval. Ou não!

BOA QUARTA-FEIRA DE CINZAS!!!

(Gilson Nogueira)


Familiares no enterro de vítimas
do massacre do Cabula.

=========================================

DEU NO CORREIO DA BAHIA

O editor-chefe do blog Mídia Periférica, Enderson Araújo, denunciou abusos de policiais militares na Bahia, sofreu ameaças e deixou Salvador, alegando temer pela própria vida. Ele está em local desconhecido. A Superintendência de Direitos Humanos da Bahia e a Secretaria Nacional de Juventude acompanham o caso. Araújo diz ter sido abordado por um policial militar ao sair de uma padaria no último dia 9.

“Ele disse que era melhor eu segurar o dedo e parar de escrever porque ficaria sem segurança”, recorda. Para o ativista em direitos humanos, a ameaça foi motivada por uma matéria dele publicada na revista Carta Capital sobre recentes ações da Polícia Militar (PM) em Salvador, que deixaram 15 jovens negros mortos em três dias.

Na madrugada do último dia 6, a PM matou 12 jovens no bairro do Cabula, em Salvador, após uma “troca de tiros”. A polícia matou dois jovens no bairro de Cosme de Farias no dia seguinte (7) e mais um jovem no bairro Sussuarana, onde Araújo vive, no dia 8.

O blogueiro também publicou um vídeo em que policiais ordenavam a dois jovens que tirassem a roupa para facilitar a revista durante a operação em Sussuarana. “O vídeo e a matéria [publicados] em um veículo de circulação nacional, questionando os métodos da PM, irritaram alguns policiais.”

Em todos os casos, a Polícia Militar da Bahia alega que as mortes ocorreram porque as pessoas demonstraram resistência à abordagem e que parte dos mortos tinha passagem por roubo, tráfico de drogas, posse de explosivos e de armas de alto calibre. Movimentos sociais questionam a versão e alegam que a maioria dos mortos é jovem, pobre e inocente.

Araújo acionou a Superintendência de Direitos Humanos da Bahia e o governo federal, por meio da Secretaria Nacional de Juventude e da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. Ele recebeu a oferta de entrar no programa de proteção a testemunhas, mas recusou a proposta. “Não posso abandonar meu trabalho de militância e de articulação. Se entrasse nesse tipo de programa, seria silenciado para sempre.”

O Ministério Público Federal está acompanhando as investigações. Araújo defende uma perícia externa dos corpos. “A Polícia Militar da Bahia já fez uma perícia, mas o ideal seria que o governo federal entrasse na investigação”, informa.

Até agora, o único caso de ameaça explícita ocorreu com Araújo, mas o blogueiro acredita que o número de ativistas coagidos seja maior. “A polícia monitora as redes sociais e os telefones dos ativistas. Certamente, mais pessoas foram acuadas nos últimos dias, mas não denunciaram por medo.”

A presidenta do Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra da Bahia, Vilma Reis, cobra que a PM baiana investigue a ameaça ao blogueiro de forma imparcial. “Coações como essas são inaceitáveis no Estado Democrático de Direito. O serviço de inteligência da polícia tem de funcionar para investigar a polícia”, diz.

Vilma relata que as mães dos jovens mortos no bairro do Cabula ouviram provocações de policiais durante manifestação na última quinta-feira (12). “Agentes se infiltraram no protesto e insultavam as mães. Tivemos de pedir ao comandante [da operação] que retirasse os agentes do meio da manifestação para evitar um confronto.”

O secretário nacional de Juventude, Gabriel Medina, diz que o governo federal, embora não esteja oficialmente envolvido na investigação, está monitorando o caso.

“É importante ressaltar que, enquanto a investigação não acabar, não estão confirmadas as chacinas porque a Polícia Militar alega auto de resistência. Estamos em contato permanente com a rede de ativistas, aguardando o desenrolar da história, e o Conanda [Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente] soltou uma nota expressando a preocupação com as mortes em Salvador.”

Em um comunicado enviado à imprensa, a Polícia Militar da Bahia informou que a denúncia realizada pelo ativista “não foi formalizada através dos meios disponíveis pela corporação”, e solicita que ele entre em contato com a ouvidoria da PM através do 08002840011, ou no site do órgão.

A superintendente de Direitos Humanos do estado, Anhamona de Brito, disse que, recentemente, esteve com Araújo e ouviu seus relatos sobre as ameaças. Segundo ela, o governo da Bahia está analisando o caso e tomando as providências cabíveis.

fev
18
Posted on 18-02-2015
Filed Under (Artigos) by vitor on 18-02-2015


Sid, no portal de humor gráfico A Charge Online

  • Arquivos

  • Fevereiro 2015
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    232425262728