DEU NO DIÁRIO DE NOTÍCIAS, DE LISBOA

Testemunha citada pelo jornal britânico Financial Times diz que Rolls-Royce pagou ‘luvas’ para obter um contrato de 100 milhões de dólares.

O grupo britânico Rolls-Royce foi acusado de estar implicado no vasto escândalo de corrupção da Petrobras, de acordo com uma testemunha citada pelo Financial Times de hoje, 16.

A Rolls-Royce, que fabrica turbinas de gás para as plataformas petrolíferas da Petrobras, é acusada de ter pago ‘luvas’ (propinas) para obter um contrato de 100 milhões de dólares, de acordo com um antigo quadro da sociedade brasileira, cujo testemunho é publicado hoje no jornal econmico do Reino Unido.

Pedro Barusco reconheceu, diante da polícia brasileira, ter recebido pessoalmente pelo menos 200.000 dólares da parte da empresa britânica que teria pago igualmente dinheiro a outros responsáveis, entre os quais políticos.

O escândalo Petrobras surgiu no outono passado, em plena campanha para as eleições legislativas e presidenciais nas quais foi reeleita a presidente de esquerda Dilma Rousseff.

As investigações descobriram um sistema generalizado de subornos pagos durante uma dezena de anos pelas principais empresas de construção do país à Petrobras em troca de contratos.

Be Sociable, Share!

Comentários

luis augusto on 16 Fevereiro, 2015 at 14:41 #

Uma vantagem a gente tem: a Rolls-Royce faz corruptos à mão, artesanalmente mesmo. Umas preciosidades!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Fevereiro 2015
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    232425262728