jan
30

DEU NO G1

Martha Beck e Cristiane Bonfanti, O Globo

O rituais de beleza de milhões de brasileiras devem sofrer uma indesejada intervenção “estética” nos próximos meses. E tudo por conta da necessidade de fortalecer a arrecadação e “embelezar” o programa de ajuste fiscal de 2015. A partir de 1º de maio, os cosméticos terão um aumento de carga tributária capaz de provocar reajuste de até 12% nos preços ao consumidor.

A lista de produtos inclui perfumes, maquiagem para lábios, olhos, preparações para manicures e pedicures, fórmulas para alisamento ou ondulação de cabelos, laquês, espuma de barbear, sais perfumados e outras preparações para banho e perfumes de ambientes.

A medida foi publicada ontem no Diário Oficial da União. Pelo decreto, empresas de um mesmo grupo fabricante de cosméticos devem passar a pagar o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre suas vendas no atacado. Anteriormente, essa cobrança incidia apenas sobre as vendas na indústria. Assim, embora a alíquota não tenha subido, haverá aumento da carga tributária.

Be Sociable, Share!

Comentários

Mariana on 30 Janeiro, 2015 at 12:59 #

A história não é bem assim ou, pelo menos, não deveria!
O tributo deverá ser aplicado apenas a um elo da cadeia de fabricantes de cosméticos que hoje não o paga; e, consequentemente, não deverá, ou não deveria, chegar até nos consumidoras dos produtos de beleza.
Pelo menos foi assim que foi concebido o novo tributo e anunciado pelo Ministro da Fazenda quando o sugeriu.


luiz alfredo motta fontana on 30 Janeiro, 2015 at 13:38 #

Cara Mariana

Sempre é bom lembrar da CPMF e “boa intenção’ daquele douto ministro tão venerado e que só produziu aumento de impostos em sua passagem tosca, pela esplanada dos poderes.

Na vida real são estas figuras que nos sugam e que insistimos em sustentar.

Levy é mais do mesmo, a crise revelará detalhes, a lama exposta talvez nos acorde.

Caso contrário, os tribunais internacionais acabarão por resolver o dilema. Os nossos, infelizmente, gastam energia desfilando togas.

O ano promete!


luiz alfredo motta fontana on 30 Janeiro, 2015 at 13:42 #

Sina paulista

Sem banho e sem dinheiro para desodorante, ao menos no escuro, já que energia está minguando, todos serão notados pelo cheiro.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos