Ubaldo premonitório em Viva o Povo Brasileiro:
“Ladrão por todo lado”.

================================================

Deu na coluna política Tempo Presente, assinada pelo jornalista Levi Vasconcelos no jornal A Tarde, edição impressa deste domingo, 14. Nas bancas.

João Ubaldo Ribeiro e a premonição do petrolão

TEMPO PRESENTE
Com Luiz Fernando Lima

Fernando Vita, jornalista de ofício e escritor por opção, por ora conselheiro do TCM, achou uma pérola num trecho de Viva o povo brasileiro, escrito por João Ubaldo Ribeiro, 30 anos atrás, como se petrolão o tivesse inspirado.

No livro, o general Patrício Macário, personagem principal, morre. Enquanto o corpo é velado na igrejinha de São Lourenço, em Itaparica, ladrões pés de chulé fazem a limpa em casas da ilha, a do finado inclusa. E dela levam uma canastra, espécie de bauzinho, onde o morto dizia guardar as suas memórias. Um ladrão fala para o outro:

– O que é que você está vendo agora?

– Ladrão como um corno! Ladrão para dar de pau, ladrão e mentiroso por tudo quanto é lado!

– Muito ladrão aí?

– Chi! Chiii! Nem me fale! E tudo muito bem trajado, uma finura!

– Trajado como, de terno, de duque, de colete e gravata?

– De duque de diagonal, terno de gabardine, gravata de seda, alfinetes de brilhantes, botuaduras de peurulas, sapato de corcodilo, água de cheiro no subaco de vintes contos a gota! Isso quando paisano.

– Tem ladrão fardado?

– Niminfales! Jesus Cristo, ói cuma tem! Menino!

– Tudo entrando nas casas e metendo a mão em tudo dos outros?

– Que nada! Eles nem toca no dinheiro, tudo tem uns cartãozinho, o dinheiro não tem nome de dinheiro.

– Que nome tem o dinheiro?

– Todo tipo de nome. É verba, é dotação, é uma certa quantia, á age, é desage, é numerário, é honorário, é remoneração, é recurso alocado, é propriação de reculso, é comissão, é fis, é contiprestação, é desembolso, é crédio, é transferência, é vestimento, é tanto nome que se eu fosse dizer nunca acabava hoje e tem mais coisa para ver. Dinheiro mesmo é que ninguém fala, todo mundo tem vergonha de falar que quer dinheiro.

– Vergonha de dinheiro aí?

– Grande vergonha! Todo mundo manda o dinheiro para fora e tem tanto acanhamento que, quando alguém conta que eles mandaram o dinheiro para fora, eles ficam acanhados e mandam prender esse dito certo alguém e, se esse dito certo alguém continuar falando no dinheiro que eles malocaram, eles mandam matar esse certo alguém!

Como se vê, as semelhanças com fatos atuais não são meras coincidências.

“Bossa na Praia”, de Pery Ribeiro e Geraldo Cunha, com Pery, pra você!

BOA TARDE!!!

(Gilson Nogueira)


ACM Neto, em Salvador, na ponta da tabela
que tem Haddad (SP) na lanterna

============================================

DEU NO CORREIO DA BAHIA

Da Redação

De acordo com a pesquisa do instituto Vox Populi, divulgada pelo Jornal da Band, na noite deste sábado (13), o prefeito de Salvador, ACM Neto, é o mais bem avaliado do Brasil. Neto obteve 61% de avaliação positiva. Dentre o total, 19% das pessoas ouvidas avaliaram a administração como ótima e 42% consideraram a gestão boa.

Essa é a segunda vez que ACM Neto lidera o ranking de prefeitos mais bem avaliados. Em janeiro deste ano, o mesmo instituto divulgou um levantamento no qual 51% da população de Salvador deu nota máxima ao democrata.

O prefeito de Recife, Geraldo Júlio, ficou em segundo lugar, com 52% de avaliação positiva. Em terceiro lugar está Eduardo Paes, gestor do Rio de Janeiro, com 46%. A última colocação ficou com o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), com apenas 16% de avaliação positiva.

O instituto Vox Populi ouviu 5.200 eleitores das oito maiores capitais dos estados.

http://youtu.be/piq_UYZD3Ak

===========================================

“Quantos lábios beijei, quantas mãos afaguei, só restou saudade no meu coração./ Hoje fitando o espelho, eu vi meus olhos vermelhos/ Compreendi que vida, que vivi foi ilusão”.

Versos antológicos da poesia da música brasileira.

Quem quiser que lembre outros.

BOM DIA !!!

(Vitor Hugo Soares)

DEU NO PORTAL IG

Por Marcello Ribeiro Silva

SÃO PAULO – Nem mesmo a derrota nas urnas abalou a imagem positiva que a ex-candidata à presidência pelo PSB, Marina Silva, construiu ao longo dos últimos anos no cenário internacional. A ex-senadora aparece na lista das mulheres mais influentes de 2014, elaborada pela revista semanal FT Magazine, do jornal britânico Financial Times.

De acordo com o site oficial da publicação, a lista inclui as mulheres que deixaram a sua marca como líderes, ativistas e lutadoras em um ano difícil para o mundo.

A lista aponta Marina como a mulher mais influente na política em 2014. Dilma Rousseff, que foi reeleita, não foi citada. A FT destaca que Marina – que saiu da pobreza e foi analfabeta até os 16 anos – se tornou uma política visionária e candidata ao comando do Planalto em duas oportunidades.
A lista da FT Magazine aponta Marina como a mulher mais influente na política em 2014 . A lista da FT Magazine aponta Marina como a mulher mais influente na política em 2014 (Facebook/ Marina Silva)

“Uma seringueira analfabeta, que trabalhou na Amazônia até os 16 anos, e se tornou senadora, ministra do meio ambiente e candidata à presidência duas vezes”, descreveu a publicação.

Além de Marina, outros nomes aparecem na lista das mulheres mais influentes do ano, como a ativista pelo clima Naomi Klein; Laura Poitras, jornalista que divulgou as informações da Agência de Segurança Nacional americana; Joanne Liu, líder da ONG Médicos Sem Fronteiras e ativista contra o Ebola; Ana Botín, presidente do Banco Santander; e Arundhati Bhattacharya, a primeira mulher a presidir o State Bank of India.

dez
14
Posted on 14-12-2014
Filed Under (Artigos) by vitor on 14-12-2014


Sponholz no portal de humor A Charge Online

dez
14
Posted on 14-12-2014
Filed Under (Artigos) by vitor on 14-12-2014


Marcelo:três anos no comando do Esquadrão de Aço
==========================================

DEU NO PORTAL A TARDE

Da Redação

Raul Spinassé | Ag. A TARDE

O jornalista Marcelo Sant’Ana foi eleito o novo presidente do Bahia com 1.718 votos. O resultado da eleição – ocorrida neste sábado, 13, na Arena Fonte Nova – foi divulgado após uma reunião entre os representantes das chapas para avaliar os problemas técnicos detectados durante o dia.

O jornalista de 33 anos anunciou sua candidatura à presidência do clube no dia 20 de novembro, na chapa Revolução Tricolor, e comandará o clube nos próximos três anos.

Ele desbancou outros cinco candidatos: Antônio Tillemont – que ficou em segundo lugar, com 1.381 votos -, Olavo Fonseca (726 votos), Marco Costa (243 votos), Flávio “Binha” (14 votos) e Nelsival Menezes (14 votos).

  • Arquivos