Salve Oxossi, o guerreiro regente de 2015.
Lanças no ar, para todo lado.
Que Oxossi e Ogun nos protejam
Canta para o Orixá do ano, Mariene!.
==========================
Em tempo: O editor do BP vai submergir por umas 48 horas, para tomar um banho de sal grosso e esperar 2015 chegar no litoral norte de Salvador, em localidade sem sinais de telefone celular e de Internet(me informam). Claudio Leal, a partir de sua base em São Paulo vai comandar o BP na virada e este site blog não poderia estar entregue a melhores mãos e cabeça.
Deixo votos de Feliz Ano Novo para todos. Aos amigos, leitores e ouvintes do BP, principalmente.
Até a volta, em 2015.

ODÉ ODÉ!!!

(Vitor Hugo Soares)


Chiquinha Gonzaga: mulheres necessárias

=================================================


Cadê as mulheres do futuro governo?

Maria Aparecida Torneros

Em princípio elas não aparecem em destaque no primeiro escalão dos Ministérios. Talvez venham a compor a retaguarda ou alicerçar as mil e uma utilidades que o sexo feminino tem de costurar remendos ou desatar nós. O que se vê por enquanto é o esforço quase matriarcal da presidenta reeleita em compor um ministério que reflita apoio no congresso e lhe garanta melhor governabilidade. Claro está que a mulherada a elegeu também e vai cobrar.

Mulher em segundo plano e ganhando menos é a praxe do mercado. Num mundo tão ultrajantemente machista observa-se o absurdo dos casos de estupro e desrespeito além de um véu diáfano que parece encobrir a injustiça com a figura dita feminina estereotipada. Mulher no comando tem requisitos absolutamente ultrapassados em tese. Precisa saber mais e provar isso.

De esconder beleza ou disfarçar encantos físicos. Ou então precisa ter companheiro que a proteja. Se não o tem a classe dos machos preconceituosos desconfia e insulta. Quando um Bolsonaro diz em alto e bom som que não estupra a Maria do Rosário porque ela não merece na mesma hora pensei que nós não marchamos a Brasília para castrá-lo e a tantos outros como ele porque evoluímos como seres humanos e cremos na lei. Mas também imaginei se ele mereceria gesto assim por parte de alguma fêmea que surtasse.

Chiquinha Gonzaga fez questão de criar o termo maestrina em português. Não admitiu ser chamada de maestra. Ela foi pioneira. E nos precedeu na luta. Penso que no universo plural onde deve se respeitar os gays e suas conquistas sociais, o lugar do feminino deva ser repensado e a toque de caixa. Dilma também sabe e o fará com certeza. Sob pena de equilibrar forças e honrar o voto feminino.

Mais do que isso ela terá que juntar forças conosco para enfrentar corte de despesas e combate sério à corrupção. É hora de valorizar aquelas cuja luta vai além dos acordos partidários e são capazes de dar suor e sangue por ideais ainda que isso pareça conversa dos anos 70.

Sugiro um mutirão de donas de casa e chefes femininas de família a serem convocada como comissão da verdade feminina . Ainda há tempo Presidenta. A maestrina Chiquinha é nossa inspiração . Afinal ela levou o corta jaca para os salões presidenciais e abriu alas para o povo no carnaval de rua.

Cida Torneros é jornalista e escritora, editora no Rio de Janeiro onde mora do Blog da Mulher Necessária

dez
31
Posted on 31-12-2014
Filed Under (Artigos) by vitor on 31-12-2014


Pater, ontem(30), no jornal A Tribuna(ES)


Marta, Haddad e Juca:PT em desarmonia

=================================================

DEU NO PORTAL TERRA BRASIL

A senadora e ex-ministra da Cultura Marta Suplicy fez uma dura crítica à indicação de Juca Ferreira para o Ministério da Cultura pela presidente Dilma Rousseff, anunciada nesta terça-feira. Em sua página oficial no Facebook, Marta afirmou que Juca promoveu “desmandos” na pasta. O sociólogo foi Ministro da Cultura de agosto de 2008 até o final da gestão de Lula, em 2012, e anteriormente foi secretário executivo do ministro Gilberto Gil.

Não é a primeira crítica pública de Marta Suplicy ao governo Dilma. Na sua carta de demissão, Marta afirmou que esperava uma equipe que “resgatasse a confiança e a credibilidade” ao governo da presidente reeleita. Também sobra uma indireta para Alexandre Padilha, candidato derrotado do PT ao Governo do Estado de São Paulo, quando Marta afirma que é “sintomático” o anúncio partir dele.

Nada mais sintomático do que Alexandre Padilha, aquele que foi rejeitado pelo povo paulista, nas últimas eleições, para anunciar Juca Ferreira no Ministério da Cultura.

A população brasileira não faz ideia dos desmandos que este senhor promoveu à frente da Cultura brasileira. O povo da Cultura, que tão bem o conhece, saberá dizer o que isto representa.

Durante o período como ministra, Marta promoveu o “vale-cultura”, um projeto de 2009 do ex-ministro Juca Ferreira.

Juca atualmente é secretário de Cultura da prefeitura de São Paulo, na gestão do petista Fernando Haddad. Segundo nota oficial, Dilma agradeceu a dedicação da ministra interina Ana Cristina da Cunha Wanzeler, que comandou o ministério após a saída de Marta Suplicy.

O sociólogo foi coordenador da área de Cultura da campanha da presidente Dilma Rousseff e articulou o apoio de artistas.
Terra

dez
30
Posted on 30-12-2014
Filed Under (Artigos) by vitor on 30-12-2014

====================================================

DEU NO UOL/FOLHA

Leandro Prazeres

Do UOL, em Brasília

A presidente Dilma Rousseff (PT) anunciou na tarde desta terça-feira (30) o nome do novo ministro da Cultura. Será Juca Ferreira (PT-SP), que já ocupou o cargo entre 2008 e 2011. Dos 39 ministros da equipe de Dilma, 25 já foram anunciados oficialmente. Com o anúncio, o PT detém agora sete ministérios.

Este é o quarto anúncio de ministros feito pela presidente desde sua reeleição. O restante dos ministros deverá ser anunciado até amanhã (31). Os 39 ministros e ministras tomarão posse juntos no dia 1º, após a solenidade de posse de Dilma.

Juca vai assumir o lugar de Ana Cristina da Cunha Wanzeler, que ocupava o ministério de forma interina depois da saída da senadora Marta Suplicy (PT-SP).

Juca Ferreira é sociólogo e nasceu na Bahia. Entre 2003 e 2008 ele foi secretário-executivo do Ministério da Cultura. Com a renúncia de Gilberto Gil, em 2008, Ferreira assumiu o comando da pasta, onde ficou até 2011, quando foi sucedido por Ana de Holanda. Em 2012, Ferreira foi nomeado secretário de Cultura da cidade de São Paulo, na gestão de Fernando Haddad (PT).

R.I.P.

Saudades de Luise Rainer, muitas saudades de um cinéfilo contumaz, como dizia o crítico e inesquecível André Setaro, boêmio e mestre de cinema da Facom-UFBA que também partiu neste ano de 2014 que se vai.

(Vitor Hugo Soares)


==================================================

DEU NO PORTAL IG

Luise Rainer, estrela da era de ouro de Hollywood, morreu esta terça-feira (30) de pneumonia em sua casa, em Londres, aos 104 anos. As informações são do jornal “The Guardian”.

Rainer foi a primeira atriz da história a ganhar dois Oscars consecutivos, pelos filmes “Ziegfeld – O Criador de Estrelas” (1936) e “Terra dos Deuses” (1937).

Austríaca, nascida em 1910, ela iniciou a carreira fazendo peças de teatro na Alemanha, no início da década de 1930.

Rainer se mudou para os Estados Unidos após ter sido descoberta por um olheiro da Metro-Goldwyn-Mayer, que buscava novas atrizes europeias para competir com Greta Garbo nas bilheterias.

No auge da fama, no entanto, Rainer decidiu abandonar Hollywood e se mudou para Nova York após diversas brigas com a MGM. Em meados da década de 1940, seu estrelato já havia acabado.

Ela chegou a fazer o filme “Hostages” (1943) em Hollywood, mas passou o restante da vida em Londres. Um de seus últimos papeis no cinema foi em “O Jogador” (1997), adaptação cinematográfica para a obra de Dostoiévski.

Rainer foi casada com o roteirista Clifford Odets (“Embriaguez do Sucesso”) e com o publisher Robert Knittel. Ela deixa uma filha, Francesca.

=============================================

DEU NO DIÁRIO ESPANHOL EL PAIS

Xavier Fontdeglòria

De Pequim

As autoridades da Indonésia informaram nesta terça-feira que foram encontrados um corpo e vários restos mortais em alto mar a cerca de dez quilômetros do local onde foi perdido o contato com o voo QZ8501 da AirAsia, a sudoeste da ilha de Bornéu, uma das primeiras áreas onde foram iniciadas as buscas pelo avião que desapareceu no último domingo com 162 pessoas a bordo. “Localizamos cerca de dez objetos grandes e muitos outros de tamanho menor”, disse um oficial da Força Aérea indonésia, Agus Dwi Putranto. Um funcionário da agência indonésia de buscas e resgates confirmou à agência de notícias Reuters que os destroços localizados são da aeronave desaparecida. O porta-voz da Marinha indonésia, Manahan Simorangkir, disse à agência France Presse que um navio militar indonésio já recuperou mais de 40 corpos.

Tenho 95% de certeza de que estes restos são da aeronave”, disse em coletiva de imprensa o chefe da operação de resgate, Bambang Soelistyo. Os helicópteros que vasculham a região se aproximaram para determinar a localização exata dos objetos suspeitos, e uma embarcação vai recuperá-los para que sejam transportados para o centro de operações situado na ilha próxima de Belitung. O mar tem entre 25 metros e 35 metros de profundidade na região, e dez mergulhadores estão a postos para entrar em ação assim que as condições meteorológicas o permitam. Soelistyo confirmou também que um corpo foi encontrado boiando.

“São destroços de cor vermelha e branca”, detalhou o diretor geral de Transportes Aéreos do país, Djoko Murjatmodo, segundo a emissora indonésia Kompas TV, que exibiu imagens de vários objetos que se assemelham a uma porta de avião, uma rampa de emergência e um colete salva-vidas.

Depois da confirmação das autoridades, o executivo-chefe da AirAsia, Tony Fernandes, dirigiu-se a Surabaya – onde está a maioria dos familiares dos desaparecidos – e enviou suas condolências pelo Twitter: “Meu coração está cheio de dor por todas as famílias ligadas ao QZ8501. Não tenho palavras para exprimir o que sinto.”

A busca do avião do voo QZ8501 da empresa AirAsia tinha sido estendida nesta terça-feira para novas áreas. Centrada inicialmente nas águas em volta da ilha de Belitung, a zona de buscas foi estendida para o norte do mar de Java e da ilha de Bangka e até o estreito de Karimata.

Os governos da China e dos Estados Unidos anunciaram nesta terça-feira que vão colaborar com o trabalho de busca, do qual participam pelo menos 30 embarcações, 15 aviões e quatro helicópteros de sete países. Pequim vai enviar um avião e um navio militar, e Washington destinará um navio ao esforço.


======================================================

DEU NO JORNAL O GLOBO

SALVADOR – Futuro ministro da Defesa, o governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), defendeu ‘movimento suave’ na condução do ministério da Defesa. E também ressaltou que a revisão da História deve ser feita com ‘coragem e parcimônia’. Ontem a Comissão Estadual da Verdade da Bahia entregou o relatório de suas atividades a Wagner . Ele comparou a pasta que passará a comandar a um transatlântico que, em sua visão, deve ser conduzida em “movimento suave”, la’

— A Defesa é como um transatlântico, não dá curva fechada, se movimenta em movimentos firmes, com a direção segura, mas em movimento suave — disse ele, que dia 1º passará seu cargo ao governador eleito, Rui Costa (PT).

Se referindo aos crimes cometidos durante o regime miliar, Wagner disse que a “água suja” deixada pela ditadura pode ser lavada de duas formas: derramando a água e colocando água nova, ou jogando água limpa lentamente, até a suja desaparecer.

— E todo mundo que me conhece sabe que meu jeito de tocar as coisas é da segunda forma — afirmou.

BOM DIA!!!

Pages: 1 2 3 4 5 6 7 ... 19 20

  • Arquivos