=============================================


Luiz Fontana

==================================================

DA ÁREA DE COMENTÁRIOS PARA O PALCO PRINCIPAL DO BAHIA EM PAUTA.

O mais do mesmo

Luiz Alfredo Motta Fontana

O representante da outrora Casa Almeida de Valores, o pequeno banco fundado em Marília, que Amador Aguiar, diz a lenda, assenhorou-se, assume o comando explícito da economia.

Todos louvam, respiram aliviados, sorriem, a senda continua, continuaremos a servir juros estufados ao molho roti.

Articulistas continuarão fingindo que a estabilidade da moeda, em nosso clima hostil, só é possível mediante essa especiaria. Aqui os bancos engordam, lá fora enfrentam o mercado. Somos assim, tolos e pretensiosos, amamos salvar o Santander. Aquele banquinho espanhol cuja herdeira visitava Dilma enquanto a “nova” equipe concedia entrevista coletiva.

Voltando a Marília, vem à memória o famoso burrinho, símbolo do Bradesco, nas década de 60, começo de 70, que figurava na publicidade.

Diziam os marilienses, a boca pequena, que o burro representava a família Almeida.

Hoje o burro é nossa caricatura.

Amém! Jurosalém!!!

Luiz Fontana é advogado, poeta e blogueiro.Criador e editor do Blogbar do Fontana.

Be Sociable, Share!

Comentários

Carlos Volney on 29 novembro, 2014 at 16:16 #

Esse é antológico, poeta. Como valeu a assertividade do mestre Vitor Hugo em colocá-lo no palco principal.
Permito-me também, TIM TIM (até porque hoje é sábado…)


Graça Azevedo on 29 novembro, 2014 at 17:37 #

Porque hoje é sábado, já disse o grande Vinícius, outro poeta, Fontana leva esse texto para a antologia.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos