=========================================================

DEU NA VEJA ONLINE

Ministro do Desenvolvimento é o segundo a deixar a equipe de Dilma Rousseff nesta semana; Manoel Dias, do Trabalho, também entregará o cargo
Mauro Borges, atual presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial confirmado como novo ministro do Desenvolvimento

Mauro Borges, ministro do Desenvolvimento (Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr/VEJA)

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Mauro Borges, entregou sua carta de demissão do cargo à Presidência da República. Ele é o segundo a deixar a equipe da presidente Dilma Rousseff nesta semana: nesta terça-feira, Marta Suplicy deixou a pasta da Cultura e reassumirá sua cadeira no Senado Federal.

Borges disse que enviou sua carta de demissão na noite desta terça-feira e que avalia ser “absolutamente salutar” deixar a presidente à vontade para montar o ministério para o segundo mandato. “É parte da democracia e eu considero isso altamente positivo”, disse.

Ele sinalizou ainda que deve voltar a ser professor na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). “O leito natural do meu retorno é a UFMG. É claro que eu estou à disposição do país”, disse.

Leia também: Marta só ‘externou opinião’ sobre economia, afirma Dilma

Segundo a Agência Brasil, o ministro do Trabalho, Manoel Dias, informou que também entregará o cargo na próxima semana.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos