nov
10

DEU NO JORNAL EL PAIS (EDIÇÃO DO BRASIL)

O Governo catalão apresentou os dados definitivos de participação na consulta alternativa do 9-N. A vice-presidenta Joana Ortega assegura que participaram 2.043.226 pessoas na jornada de votações e calcula que a participação definitiva chegará aos 2.250.000. Segundo Ortega, 80,72% dos que participaram votaram que sim às duas perguntas. O ‘sim-não’ obteve 10,11% dos votos; o ‘não-não’, 4,55% e em branco, 0,56%. Todos estes dados foram fornecidos com 88,44 % das mesas escrutadas. O presidente da Generalitat, Artur Mas, definiu a consulta como um “sucesso total” por ter levado mais de 2 milhões de pessoas.

Mas considerou o processo “uma lição de democracia em maiúsculas”, em um encontro que serviu para demonstrar que “Catalunha quer ser governada por ela mesma”. O ministro de Justiça, Rafael Catalá, afirmou que o 9-N é um “ato de propaganda política sem validade democrática; um ato estéril e inútil”. Catalá sustenta que o presidente catalão tratou de ocultar com a votação seu “fracasso pessoal”. O ministro anunciou que a promotoria decidirá se atua com os dados que tem em seu poder.
mais informações

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos