Aécio com ACM Neto no Centro Histórico com ACM Neto
Foto: Max Haak
===============================================================

DEU NO G1

SALVADOR – Na tarde desta sexta-feira, o presidenciável Aécio Neves (PSDB) condenou os ataques feitos pela campanha da candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT), recebeu o apoio da ex-corregedora do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) Eliana Calmon (PSB) e apresentou propostas de segurança e infraestrutura aos nordestinos. Em carreta pela capital baiana – da praça Castro Alves ao Pelourinho, no Centro Histórico – na tarde desta sexta-feira, o tucano convocou os eleitores para a reta final do pleito.

Um dia depois do tenso debate com Dilma, no SBT, Aécio diz que a petista tenta falar de passado. Ele reafirmou o compromisso de buscar um debate propositivo, e que é importante que ele aconteça para que os eleitores possam escolher um dos projetos.

— A minha adversária optou por discutir o passado e focar a campanha em ofensas e denúncias. É triste ver uma campanha em que se busca a desconstrução daqueles que ousem disputar com eles. Só que eu não me abato com isso. A cada infâmia, redobra em mim a disposição de debater o futuro.
Veja Também

Na TV, programa de Dilma mostra embate cara a cara entre Aécio e Marina, agora aliados
Dilma diz não pretender mudar tom adotado nos debates
Aécio encontra Marina ‘sem coque’ e compara união à aliança que elegeu Tancredo Neves

Aécio reiterou o que respondeu nesta quinta a Dilma quando perguntado da suposta relação do ex-presidente do PSDB Sérgio Guerra com desvios na Petrobras, segundo denunciou o ex-diretor da estatal Paulo Roberto Costa. Ele se diz surpreso com a reação de Dilma, pois só agora a candidata deu credibilidade às denúncias, disse, e cobrou providências em relação aos partidos e personagens do esquema já citados por Costa.

— Eu defendo o mesmo tratamento para todos, que as investigações avancem e, se tenha alguém envolvido, deve responder pelos seus atos. Pela primeira vez a presidente agora parece crer nas denúncias do Paulo Roberto Costa, mas não vimos ainda nenhuma atitude dela em relação a pessoas próximas a ela que são citadas.

A ex-corregedora do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), e terceira colocada nas eleições para o Senado pela Bahia, Eliana Calmon (PSB) manifestou apoio público ao tucano, que se disse agradecido, e declarou que Calmon “representa o Brasil que quer justiça e quer reviver seus valores”. Aécio também agradeceu a ACM Neto (DEM), prefeito de Salvador.

Publicidade

Em um discurso muito voltado ao Nordeste, Aécio disse que a prioridade máxima de seu programa de governo é a educação, e defendeu mais competitividade à região, garantindo a transferência de renda aliada a investimentos de infraestrutura. Aécio Neves também propôs reduzir em 30% a taxa de crimes violentos em oito anos, principalmente os homicídios.

— Eu venho aqui reiterar as minhas propostas para o Nordeste e falar sobre os programas de transferência de renda com foco na infraestrutura, para que tenha o aumento da competitividade aqui na região.

Os nordestinos também receberam agradecimentos de Aécio pelos votos no primeiro turno, e pela compreensão das propostas. O tucano convocou todos para a reta final da campanha, que terá nove dias até as votações, no próximo dia 26.

Você pode estar interessado em…

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos