=============================================================

DEU NA TRIBUNA DA BAHIA

Rui Costa (PT) é o novo governador da Bahia e Otto Alencar (PSD) o novo senador. Eles derrotaram os principais candidatos da oposição: Paulo Souto (DEM) e Geddel Vieira Lima (PMDB), com uma frente superior a 1 milhão de votos.

Rui Costa recebeu mais de 54% dos votos válidos e Otto Alencar quase 56%.

A boca de urna do Ibope dava possibilidade de segundo turno (Rui Costa com 49%) e previa 51% dos votos para Otto Alencar.

O candidato do PMDB divulgou nota manifestando “respeito à vontade soberana do povo” e parabenizando o candidato eleito ao Senado pela Bahia.

Geddel pediu que todos os seus eleitores ajudassem a “eleger Aécio Neves presidente do Brasil” e garantiu que entrará na luta “com todo o vigor de quem acredita que o Brasil precisa mudar”.

Lídice da Mata, por sua vez, afirmou que manterá posição política de independência dos dois grupos políticos hoje majoritários no Estado.

“Não tem porque eu ir para lugar nenhum. Eu tentei construir uma terceira via na Bahia. Não tem porque eu tomar uma decisão de apoiar o PT. Para que eu vou apoiar PT? Ele já elegeu seu governador”, disse,

DEU NO IG

Pesquisa de boca de urna do Ibope aponta que a presidente Dilma Rousseff tentará sua reeleição no dia 26 de outubro contra Aécio Neves, que confirmou a reação sobre Marina Silva

Dilma Rousseff e Aécio Neves voltarão às urnas no segundo turno para saber quem será o próximo presidente do Brasil no próximo dia 26 de outubro. De acordo com a pesquisa de boca de urna do Ibope, a atual presidente e candidata do PT terá como adversário o candidato do PSDB. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Dilma Roussef apresentou um total de 44% de votos, podendo variar entre 42 e 46%. Já Aécio Neves teve 30% dos votos (variacão de 28 a 32%), confirmando a reação sobre a candidata do PSB, Marina Silva, que apresentou 22% (variação de 20 a 24%) na pesquisa do Ibope.

Se confirmada o resultado desta pesquisa de boca de urna, esta será a quarta vez em que PT e PSDB irão se enfrentar no segundo turno das eleições presidenciais, quadro que vem ocorrendo desde 2002, com Lula e Dilma derrotando José Serra e Geraldo Alckmin.


==========================================================

Psquisa de boca de urna divulgada pelo Ibope às 17h deste domingo (5) aponta a eleição do candidato do PSB ao governo do Estado de Pernambuco, Paulo Câmara, com 58% dos votos.

O segundo colocado é o candidato Armando Monteiro (PTB), com 38% da preferência. Monteiro é apoiado pelo PT na esfera estadual. O nível de confiança da pesquisa é de 99%.

Veja os números:

Paulo Câmara (PSB): 58%

Armando Monteiro (PTB): 38%

=================================================================

DEU NO IG

Uma pesquisa de boca de urna do Ibope revelou às 17 horas deste domingo que o candidato Rui Costa (PT) ao governo do Estado da Bahia lidera os números de votos com 49%. Isso representa uma virada na disputa eleitoral do Estado. O segundo colocado, segundo a boca de urna, é o candidato Paulo Souto (DEM), com 39% da preferência.

Souto liderava a corrida ao governo, mas na última semana Costa o alcançou e aumentou as chances de um segundo turno na região. Antes da aproximação nas pesquisas, segundo levantamento de 24 de setembro, o candidato do DEM tinha 43% e Costa, 27%.

BOA TARDE!!!

out
05

http://youtu.be/UuzmW1U7C5I

============================================================


DEU NO PORTAL TSF

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) reforçou a liderança do mundial de Fórmula 1 ao ganhar hoje o Grade Prémio do Japão, que ficou marcado pela chuva e pelo acidente de Jules Bianchi, gravemente ferido num acidente.

Depois de Hamilton, ficou o companheiro de equipa e rival, o alemão Nico Rosberg, e o alemão Sebastian Vettel (Red Bull) terminou a prova na terceira posição.

A corrida, que foi disputada debaixo de chuva, iniciou-se atrás do carro de segurança e terminou quando ainda faltavam cumprir seis das 53 voltas previstas e depois de a bandeira vermelha ter sido levantada pela segunda vez após um acidente com o francês Jules Bianchi.

Bianchi foi levado para um hospital, inconsciente e em estado crítico, disse um porta-voz da FIA. Um helicóptero tentou retirar o piloto, mas as más condições climatéricas não permitiram e uma ambulância acabou por levar o piloto para o hospital mais próximo.

O grande prêmio do Japão de Formula 1 foi interrompido com bandeira vermelha uma primeira vez logo após as duas primeiras voltas.

out
05
Posted on 05-10-2014
Filed Under (Artigos) by vitor on 05-10-2014

===============================================================
M. Aurélio, hoje, no jornal Zero Hora (RS)


Dilma lidera as pesquisas: quem a
enfrentará no segundo turno?

==================================================================

DEU NO JORNAL ESPANHOL EL PAIS (EDIÇÃO DO BRASIL)

Cerca de 142 milhões de eleitores brasileiros devem votar das 8h às 17h deste domingo na sétima eleição presidencial desde o fim da ditadura militar. Além do presidente da República e de seu vice, os cidadãos escolherão novos governadores (e seus suplentes), senadores, deputados federais, distritais e estaduais. Ao todo, serão eleitas 1.656 autoridades nas 27 unidades da federação.

O pleito deste ano foi marcado por uma certeza e uma incerteza: a atual presidente estará no segundo turno, mas seu adversário ainda não foi definido. Ao contrário do que ocorreu em disputas anteriores, quando nacionalmente havia dois principais concorrentes, neste ano são três os nomes com chances de se eleger.

Eleita presidenta em 2010 quando derrotou José Serra (PSDB), Dilma Rousseff (PT) tinha como certeza que enfrentaria outro tucano neste ano, mas um acidente aéreo no dia 13 de agosto que matou o terceiro colocado nas sondagens, Eduardo Campos (PSB), mudou o rumo da disputa. Em princípio surgiu a onda Marina Silva (PSB), que substituiu Campos na disputa. Nas primeiras pesquisas ela já aparecia empatada tecnicamente com a petista no primeiro turno e com chances de vencer no segundo. Após ser severamente atacada por conta de seus retrocessos na apresentação do programa de governo e por sua falta de clareza nas proposições, ela despencou na pesquisa e deu chances para Aécio Neves (PSDB) voltar a ter esperança. O tucano cresceu nas pesquisas e ainda tem fôlego para repetir o confronto PT-PSDB que se repete no Brasil há exatos 20 anos.
mais informações

“O acidente mudou os rumos desta eleição, sem dúvida. Ela chegou em um momento em que nada estava decidido e, diante dos últimos números, acredito que tanto o Aécio quanto a Marina tem elevadas possibilidades de disputar com a Dilma”, afirmou o cientista político Pedro Arruda, da PUC-SP.

Mesmo com pouco mais de dois meses de campanha, as incertezas também chegam aos eleitores. Até a quinta-feira passada, cerca de 5% deles não sabiam em quem votariam e o mesmo percentual dizia que votaria branco ou nulo, conforme o instituto Datafolha. Ainda na noite de sexta-feira era comum encontrar eleitores na capital federal indecisos. “Eu queria votar contra a Dilma, mas não sei se voto em um candidato nanico que concordo com seu posicionamento, mas sei que ele não tem chances, ou se voto em algum dos que podem ir para o segundo turno e eu não concordo tanto. Se bobear, vou votar nulo”, afirmou o indeciso garçom Everaldo Rodrigo, de 24 anos.

Os jovens como Rodrigo poderão ser o motor da decisão, pois 39,4% dos eleitores brasileiros têm entre 16 e 34 anos de idade. Foram eles que organizaram os protestos de junho do ano passado e demonstraram uma insatisfação com a política e os partidos. Essa parcela da população foi chamada pelo presidente do TSE, José Antonio Dias Toffoli, de geração online, que quer ajudar a decidir os rumos do país, bem como ser mais ouvida pelos seus governantes.

Outro ponto que acendeu um sinal de alerta na Justiça Eleitoral é o índice de abstenção. Na disputa passada, em 2010, ela atingiu o recorde de 24 milhões de faltosos no primeiro turno e de 29 milhões no segundo turno. Conforme o Tribunal Superior Eleitoral, essa ausência custou cerca de 195 milhões de reais aos cofres públicos, já que os cartórios eleitorais se prepararam para receber a totalidade de seus eleitores. Como o voto no Brasil é um dever, não apenas um direito, todos têm de comparecer às urnas. Os que não o fizerem devem justificar a ausência ou pagar uma multa. A estimativa é que a disputa eleitoral custe cerca de 650 milhões de reais.

Ao mesmo tempo em que se preocupa com a distribuição das urnas e a estrutura que será utilizada nos dias da votação e da apuração, o TSE teve, mais uma vez, de avaliar a necessidade de enviar tropas federais para cidades onde há severos problemas de segurança. Neste ano, 256 municípios receberão reforço de segurança. É o maior número desde a disputa de 2002. Militares foram enviados para capitais, como São Luís (Maranhão), Florianópolis (Santa Catarina) e Manaus (Amazonas) até para cidades pequenas, como Olho D’água dos Borges (Sergipe), que tem 4.000 habitantes. O número de cidades com aumento de policiamento deve ser ainda maior, já que nem todos que enfrentam crises de segurança conseguiram a autorização do TSE para receber as tropas. O Rio de Janeiro, por exemplo, teve de usar seus próprios policiais para garantir a segurança na disputa.

Dick Farney, de Altamiro Carrilho e Átila Nunes, ” Meu sonho é você.”
Bom voto!

(Gilson Nogueira)

out
05

============================================================

DEU NO PORTAL EUROPEU

O ex-ditador do Haiti Jean-Claude Duvalier, de 63 anos, morreu hoje de manhã em Port-au-Prince devido a uma crise cardíaca, anunciou a ministra da Saúde haitiana.

À frente do governo do Haiti entre 1971 a 1986, Jean-Claude Duvalier, herdou o poder do pai (o ditador François Duvalier) quando tinha apenas 19 anos, ficou conhecido como “Baby Doc”.

Afastado do poder por uma revolta popular, Duvalier regressou, de surpresa, em janeiro de 2011 ao Haiti, após 25 anos de exílio em França.

Dias depois do seu regresso ao Haiti, o antigo Presidente, que dirigiu o país de forma ditatorial, foi acusado pela justiça haitiana de vários crimes, incluindo corrupção, apropriação de dinheiros públicos, associação criminosa, detenções ilegais e atos de tortura contra os seus opositores, mas nenhum julgamento foi realizado.

Em fevereiro deste ano, a justiça haitiana ordenou um novo inquérito sobre crimes contra a humanidade «imprescritíveis» atribuídos ao antigo ditador haitiano.

  • Arquivos