A canção de Caetano Veloso reproduz musical, poética e magistralmente a vida no Recôncavo Baiano e, dentro dela, a viagem de motriz entre Santo Amaro da Purificação e Salvador.

Um dos encantamentos da adolescência deste editor do BP, no tempo em que morava e estudava em Terra Nova, então distrito de Santo Amaro.

A música e a poesia Caetano, completadas pela interpretação de Bethânia, são insuperáveis.

Além do cheiro e do sabor doce amargo do canavial que a melodia também provoca em mim, sinto cada vez que a escuto (e gosto mais) a recordação poderosa e a intensa sensação de ver o mar pela pela primeira vez através da janela do motriz.

Uma canção fundamental: ontem, hoje e sempre,

BOM DIA!!!

(Vitor Hugo Soares)

===================================================

Motriz

Composição:Caetano Veloso

Voz: Maria Bethânia

Embaixo a Terra e em cima o macho, o céu
E, entre os dois, a idéia de um sinal
Traçado em luz e em tudo a voz de minha mãe
E a minha voz dela e a tarde dói de tão igual

A tarde que atravessa o corredor
Que paz! Que luz que faz! Que voz! Que dor!
Que doce amargo cada vez que o vento traz
A nossa voz que chama verde do canavial, Canavial

E nós, mãe…
Candeias, motriz!

Aquilo que eu não fiz e tanto quis
É tudo o que eu não sei, mas a voz diz
E que me faz e traz capaz de ser feliz
Pelo Céu, pela terra a tarde igual pelo sinal, pelo sinal

E nós, mãe…
A penha – Matriz!
Motriz…
Matriz…
Motriz…

Be Sociable, Share!

Comentários

rosane Santana on 13 setembro, 2014 at 7:00 #

Caetano e suas memórias que tocam o mais profundo da alma. Poesia sem igual.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • setembro 2014
    S T Q Q S S D
    « ago   out »
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    2930