=====================================================

NATURALMENTE

De João Donato e Caetano Veloso

Ter nada, nada para ter
Ter cada estrada para andar
Andar em cada para ser
Ter cada nada para dar
Ser gargalhada para rir
Ser a palavra para dar
Ser serenata para ouvir
Ser ser e nada para amar
Saber a calma para ir
Perder a pressa para estar
Perder o verbo para si
Saber o sonho para lá
Ouvir a rima dor
Cantar a nota para o céu
Achar a forma para a flor
Naturalmente para Deus
Ter nada, nada para ter
Ter cada estrada para andar
Andar em cada para ser
Ter cada nada para dar
Ser gargalhada para rir
Ser a palavra para dar
Ser serenata para ouvir
Ser ser e nada para amar
Saber a calma para ir
Perder a pressa para estar
Perder o verbo para si
Saber o sonho para lá
Ouvir a rima dor
Cantar a nota para o céu
Achar a forma para a flor
Naturalmente para Deus
Viva Belém do tucupi
Belém, Belém do tacacá
Belém, Belém do açaí
Belém, Belém do Grão-Pará
============================================
Caetano e Donato, “Naturalmente”, para comemorar a vida (que segue)!

BOM DOMINGO!!!

(Gilson Nogueira)

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos