http://youtu.be/_358PNNVDDc

Nada Além, com Orlando Silva

Esta é a memoria musical mais forte e presente que guardo do meu pai, Alaôr Soares. Ele soltava o peito, como o Cantor das Multidões, cantando-a com frequência debaixo do chuveiro.

Outra semelhança, marcante para mim, entre o grande artista e o correto servidor público baiano nascido no Arraial do Abaré, nas barrancas do Rio São Francisco: A exemplo de Orlando Silva na música brasileira, Alaôr Soares foi figura humana especial em muitos aspectos, mas principalmente na incrível capacidade de reunir tradição (no melhor sentido da palavra) e modernidade (idem) em uma mesma pessoa. É uma homenagem e um reconhecimento agradecido.

Som na caixa, maestro, neste domingo de saudades!

(Vitor Hugo Soares)

Be Sociable, Share!

Comentários

rosane Santana on 10 agosto, 2014 at 15:03 #

Parabéns ao seu Alor, onde estiver, por você amigo Vitor e todos os filhos que aqui estão, exemplos de correção, humildade e humanismo.


Olivia on 10 agosto, 2014 at 20:22 #

Grande. Saudades.


Mariana Soares on 10 agosto, 2014 at 21:18 #

Meu pai foi mesmo um exemplo de caráter, dignidade e disciplina! Também amava a música, de quem, junto com minha mãe, que também tinha a música na veia, herdamos a musicalidade dos Soares! Viva a S. Alaor, onde quer que ele esteja!
Tantas vezes me pego, nos dias de hoje, quando veja a internet a todo vapor, computadores cada dia mais modernos, lembrando do meu pai e imaginando o quanto ele iria gostar dessa parafernália toda…que pena que ele foi tão cedo…


regina on 10 agosto, 2014 at 22:02 #

http://regina-sussurro.blogspot.com/?m=1
Minha singela homenagem ao nosso saudoso pai que nos deixou um legado inesgotavel de exemplo de vida!!! Abs!!!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos