jul
23
Postado em 23-07-2014
Arquivado em (Artigos) por vitor em 23-07-2014 13:32

DEU NO PORTAL A TARDE

O Sindicato dos Médicos da Bahia (Sindmed) realiza nesta quarta-feira, 23, às 19h30, uma assembleia na Associação de Médicos da Bahia (ABM) para tratar da recusa do Bradesco Saúde em negociar as propostas apresentadas pela categoria na audiência mediada pelo Ministério Público do Trabalho, no último dia 16.

O presidente do Sindmed, Francisco Magalhães, afirmou que os médicos de todas as especialidades vão decidir sobre a continuidade do boicote ao Bradesco Saúde iniciado em 25 de junho último.

Ao mesmo tempo, o Ministério Público estadual, a Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/Ba) e a Defensoria Pública do Estado da Bahia aguardam decisão da Justiça sobre ação civil pública ajuizada contra a operadora.

Na ação, os órgãos pedem, em medida liminar, que a operadora divulgue uma linha telefônica, em todos os meios de comunicação de grande circulação. Através desta o segurado poderá receber indicação de um prestador referenciado caso não consiga atendimento. Pela ação, a operadora poderá ser obrigada a pagar multa de R$ 6 milhões, em razão dos danos causados à coletividade.

Segurados

Em meio a esta disputa, os segurados enfrentam várias dificuldades. A dona de casa Maria Auxiliadora Rocha Menezes, 44 anos, está internada no Hospital Sagrada Família, depois de ser atendida em outra unidade médica com sintomas de enfarte.

Estabilizada, foi submetida a vários exames e a orientação do cardiologista que a atendeu foi a realização de um cateterismo por suspeita de bloqueio em uma veia.

Ela foi transferida para o Sagrada Família, no domingo, e está internada na UTI. Segundo Bárbara Eliodora, irmã de Maria, na última segunda-feira a família recebeu informação do hospital de que o Bradesco recusou o pagamento dos honorários médicos do profissional que iria fazer o cateterismo.

Bradesco

Em relação ao caso de Maria Auxiliadora, a Bradesco Saúde informou que o caso foi encaminhado para a diretoria de atendimento que estará tomando providências ainda hoje para que o procedimento seja realizado. Mas, sobre a ação civil pública, informa que “ainda não foi notificada, não podendo, portanto, manifestar-se”.

A seguradora assegura que “vem buscando encontrar soluções que atendam aos interesses dos segmentos envolvidos na Bahia”.

A seguradora reitera que sua central de atendimento atende ininterruptamente pelo 4004-2700 (capitais) e 0800 701 2700 (demais localidades) está capacitada a orientar os segurados, inclusive direcionando-os para outro especialista, em caso de dificuldade de atendimento.

A Bradesco Saúde informa que os segurados podem obter reembolso de procedimentos realizados fora de sua rede referenciada, de acordo com os valores estabelecidos contratualmente, conforme as normas da Agência Nacional de Saúde Suplementar.

A Bradesco Saúde informou ainda que reajusta anualmente os valores de consultas e honorários médicos, na maioria das vezes acima dos índices gerais de preços e de reajuste de mensalidades autorizados pela ANS.
Saiba mais

22/07/2014 | Comentários(0)

Bradesco Saúde é acionado pelo Ministério Público

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos