Bahia em Pauta reproduz , com grande prazer e entusiasmo jornalístico, o texto de abertura da série “Minha Vida co João Ubaldo Ribeiro”, do jornalista Luis Augusto Gomes no blog Por Escrito, que ele edita. Um primor, que o BP reproduz apenas em seu capítulo de abertura, como aperitivo e presente aos seus leitores e ouvintes.

O restante da série precisa ser lido no Por Escrito (www.porescrito.com.br). Imperdível!!!Confira. (Vitor Hugo Soares

==================================================

Minha vida com João Ubaldo Ribeiro

Luís Augusto Gomes

“Lá, no assento etéreo onde” subiu, como disse em “Alma minha”, na segunda pessoa do singular, Luís de Camões – aliás, justo nome do justo prêmio por ele conquistado –, João Ubaldo Osório Pimentel Ribeiro sabe quanto lhe devo da realmente pequena noção que tenho da política e do jornalismo, essências, hoje, do meu ofício.

Conheci-o, literariamente, ainda adolescente, aos 16, na fase mais aguda do regime militar, lendo no extinto Jornal da Bahia a coluna de crônicas “Satyricon”. Assinava-se “J.U.Ribeiro”, e tão encantado fiquei que, naqueles tempos difíceis de acesso à informação, minha curiosidade primeira foi saber a que nomes correspondiam as iniciais.

Para quem veio de um princípio de militância duramente reprimido, no ano anterior de 1968, quando ocupamos, por nove gloriosos dias em junho, o Colégio Estadual Severino Vieira – único secundarista naquele período de tomada da UFBA contra o “acordo MEC-Usaid” – , aqueles eram textos que sobressaíam num período já de censura pesada, perseguição e mortes.

J.U.Ribeiro escrevia sobre as ditaduras militares da Bolívia, país que se caracterizava pela sucessão interminável de golpes de Estado. Ele o fazia, mas em diálogos sem introdução, sem maiores referências, como recomendava a época. “Renuncia!” – bradava um general ao presidente, que redarguia: “Não renuncio, o Judiciário me garante”. E o milico: “Ah, é? E quem garante o Judiciário, chiquitito?” (LAG)

Be Sociable, Share!

Comentários

rosane Santana on 21 julho, 2014 at 20:22 #

Beleza, Luis Augisto! Vitor, parabéns pela iniciativa!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos