jul
21


Renzi com Eduardo antos em Angola

===============================================================

DEU NO DIÁRIO DE NOTÍCIAS, DE LISBOA

O primeiro-ministro de Itália, Matteo Renzi, assumiu hoje, em Luanda, estar “irritado” por ser o primeiro Chefe de Governo daquele país a visitar Angola, onde defendeu uma estratégia de longo prazo nas relações entre Europa e África.

“Sou o primeiro presidente do Conselho [de Ministros de Itália] que vem a Angola. Não é um belo recorde, estou muito irritado. Não digo diplomaticamente que estou contente por ser o primeiro porque perdemos tempo e agora vamos ter de correr, de andar mais depressa”, disse Matteo Renzi, num encontro restrito com alguns empresários italianos e angolanos, presenciado pela Lusa.

O primeiro-ministro de Itália está hoje de visita a Luanda, onde será recebido pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, tendo igualmente reconhecido o papel na “estabilização” da região levado a cabo pelo líder angolano.

O chefe do Governo italiano está em Luanda acompanhado por uma comitiva de 25 empresários daquele país interessados em investir em Angola e que representam, no seu conjunto, uma faturação anual de 60 mil milhões de euros.

A visita de Matteo Renzi acontece numa altura em que Itália tem a presidência rotativa da União Europeia, sendo a relação com África uma prioridade para o líder italiano.

“Ou a Europa e África trabalham em conjunto na próxima década ou todos perderemos uma grande oportunidade de desenvolvimento”, afirmou, constatando o crescimento econômico que se verifica no continente africano.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos