jul
08


======================================================


Gilson Nogueira,de camisa listrada, o ponta
da mesa de jornalistas em Salvador
Foto: Bahia Já (blog de Tasso Franco,
no comando da mesa)

================================================================


CRÔNICA/COPA

A alma brasileira no Mineirão

Gilson Nogueira

Brasília tinha 10 anos de fundada. A Universidade Federal da Bahia, a Ufba, através de cinco dezenas de estudantes de algumas de suas faculdades, acabara de participar, ali, dos XXI Jogos Universitários Brasileiros, os JUBS, evento que reunia o melhor do esporte amador do país, tendo a Bahia como destaque em futebol de salão e atletismo.Na época, Brasília era, ainda, a Capital da Esperança, tendo recebido os participantes dos JUBS com muita alegria, carinho e poeira.

Na volta para Salvador, comemorando algumas medalhas em modalidades esportivas disputadas, na competição, o ônibus da Ufba, um Magirus Deutz, branco, transportando a delegação baiana, que notabilizara-se, mais que tudo, em samba de roda, desde as primeiras edições dos jogos, com sua charanga comandada pelo inesquecível massagista da Federação Universitária Baiana de Esportes, Fube, o “mestre” Fialuna, passa por Belo Horizonte.

A rapaziada salta para esticar as pernas, mata a fome, elogia as mineiras e visita o Parque Municipal. De repente, estica ao Estádio Magalhães Pinto, o Mineirão, para conhecer o gigante.Chegando lá, em pleno gramado, onde Dirceu Lopes, Tostão, Natal, Dario,Wilson Piazza e outros craques maiúsculos encantaram as torcidas mineiras e do Brasil inteiro, por um instante, ao lado de Alvinho Liberato, presidente da Fube, entusiasmado com a grandeza do Mineirão, benzo-me, ao entrar em campo, e, feliz da vida, como assessor de imprensa da entidade, naquela viagem, grito, a plenos pulmões, para as arquibancadas vazias ouvirem: “ Bahêaaa!!! ”

A lembrança vem, como passageira da brisa que sopra um hoje vencedor, nesse início de tarde de Brasil x Alemanha, em Minas Gerais, para reforçar minha convicção na vitória da Seleção, pelo placar de 3 X 2, sobre os germânicos, a caminho do Hexa.

Digo isso, porque, na gaveta de minhas gratas recordações, o eco das arquibancadas alterosas, em 1970, já gritava, mesmo com o templo do futebol fechado, sem torcidas: “ BRASIL! ”

Deus Ouviu.E eu.

Gilson Nogueira é jornalista baiano, colaborador da primeira hora do BP

Be Sociable, Share!

Comentários

luiz alfredo motta fontana on 8 julho, 2014 at 13:20 #

As seleções já foram da CBD, hoje da CBF.

Prestam-se a tudo, servem sem perguntar, por vezes, no entanto, são belas, mágicas, encantam.

A de 70, apesar de Médici, apesar da sede da PF em Brasília, onde, ainda aos 17 anos, fui com mais dois amadores, aprovar um texto de Brechet, “A Exceção e a Regra”, em viagem de carona, desde a minha Marília, apesar disto tudo, foi puro encanto.

Ainda nítida a cena de Petrás ajoelhado, após vencer Félix, o prenúncio de uma tragédia que nunca ocorreu.

Ainda ouço, qual imenso jogral a narração intercalada de Walter Abraão, Geraldo José de Almeida e Fernando Solera. E o gol de Carlos Alberto, encerrando a conquista.

Nós ouvimos Gilson.

Médici se apequenava, o futebol vencia, os corações libertavam-se.

Seleções, quando a magia funciona independem da própria CBF.

Temo, que está, jamais será mágica, será pequena, como o PIB, será apenas uma extravagância um período infame e mal contado de nossa combalida história. Ao menos alemães e holandeses aproveitaram a Bahia e reverenciaram os Deuses do Futebol.


luiz alfredo motta fontana on 8 julho, 2014 at 19:51 #

Os Deuses do Futebol ouviram e condenaram Felipão, Marin e outros bichos de estilo.

7 x 1

Contra fatos não há argumentos, nem contra tantos gols.

Resta ao Felipão trancar-se, no banheiro, com a foto de Pinochet!!!


Paulo Nogueira on 23 outubro, 2015 at 15:09 #

Sr Gilson,sou de SP e gostaria de encontrar um primo meu de Salvador.Estou em Salvador e não o vejo a muitos anos .Vc é de Serrinha?
Abraços.Obrigado.


Paulo Nogueira on 23 outubro, 2015 at 15:10 #

Sou Nogueira de SERRINHA.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos