========================================================

DEU NA VEJA ONLINE

Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira mostra que a presidente Dilma Rousseff oscilou negativamente em relação ao último levantamento. No cenário mais provável, que inclui candidaturas de partidos nanicos, a presidente saiu de 37% das intenções de voto em abril para 40% em maio, e agora recuou para 38%. O pré-candidato do PSDB, Aécio Neves, saiu de 14% em abril para 20% em maio, e agora alcançou seu maior patamar, com 22%. Eduardo Campos (PSB) soma 13% das intenções de voto, ante 11% em maio e 6% em abril.

No mesmo cenário, pastor Everaldo (PSC) manteve 3% das intenções de voto. José Maria (PSTU), Magno Malta (PR) e Eduardo Jorge (PV) têm 1% cada. Outros nanicos somam 1%. Brancos e nulos são 13% e indecisos, 7%. No levantamento de maio, brancos e nulos somavam 14% e indecisos, 10%.

A pesquisa foi contratada pela União dos Vereadores do Estado de São Paulo. Foram ouvidas 2.002 pessoas em 142 municípios entre 4 e 7 de junho. A margem de erro máxima é de dois pontos porcentuais. O levantamento foi registrado sob o protocolo BR-00154/2014 no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

UMA QUASE ORAÇÃO MUSICAL NA HORA DO ANGELUS

BOA NOITE

(Vitor Hugo Soares)

DEU NA FOLHA

Mônica Bergamo

A recepção da torcida a Dilma Rousseff no jogo de abertura da Copa, no Itaquerão, em SP, será decisiva para a presença dela em outras partidas. Vaias sepultarão de vez a possibilidade de a presidente ir a outras arenas, além do Maracanã, na final.

BOM CONSELHO

Anunciada e depois “cancelada”, a ida de Dilma ao jogo de Alemanha contra Portugal, em Salvador, por exemplo, ainda não foi eliminada definitivamente das possibilidades de viagens da presidente. Até Lula, no entanto, acha melhor que ela fique em casa neste dia.

VIP DEMAIS

Uma das dores de cabeça dos organizadores da Copa é o camarote de autoridades na abertura do Mundial, no Itaquerão. Até agora, 12 chefes de Estado confirmaram presença. Mas é possível que pelo menos o dobro apareça de última hora, o que dificultaria o assento de todos na mesma área nobre.

CHARME

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, por exemplo, ainda não confirmou presença na abertura.

Mas sua chegada ao Brasil nesta semana é dada como certa pelo governo.

IR OU NÃO IR

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Joaquim Barbosa, também foi convidado para a abertura. Ainda não confirmou sua presença.

=================================================================

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, participou em Salvador do lançamento da Campanha Proteja o Gol, do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids). Segundo os promotorres, o objetivo é aumentar a consciência sobre o HIV, mobilizar jovens para o uso de preservativo e ampliar o acesso ao tratamento.

O slogan da campanha é De Soweto a Salvador busca estabelecer um elo histórico e cultural entre o Brasil e a África do Sul, país-sede da última Copa, onde o Unaids promoveu a mesma campanha.

Haverá, a partir desta terça-feira, 10, a distribuição de 2 milhões de preservativos nas cidades-sede da Copa e testes rápidos de HIV nas Fan Fests da Fifa. De acordo com o Unaids, a associação entre o vírus e o futebol tem como meta chegar ao público jovem, grupo vulnerável à contaminação.

“Cerca de 4,6 milhões de jovens entre 15 e 24 anos de idade vivem hoje com o HIV. Um número indeterminado não têm acesso ao tratamento, ou sequer conhece o seu estado sorológico. O diagnóstico e o tratamento precoce são fundamentais para salvar essas vidas”, disse o assessor sênior do Unaids no Brasil, Djibril Diallo.

Estima-se que mais de 35,3 milhões de pessoas tenham HIV em todo o mundo. No Brasil, são aproximadamente 718 mil.

Além do ministro, participaram o governador da Bahia, Jaques Wagner, o prefeito de Salvador, Antônio Carlos Magalhães Neto e o secretário-geral adjunto das Nações Unidas (ONU), Michel Sidibé. Estiveram também os netos do ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela, Kweku Mandela e Ndaba Mandela.

(Com informações da Agência Brasil)

jun
10
Posted on 10-06-2014
Filed Under (Artigos) by vitor on 10-06-2014

Regis, hoje, no Correio Amazonense


ACM Neto: a partir de domingo
jogo duro com s Embasa

=====================================================

DEU NO CORREIO DA BAHIA

Durante coletiva realizada nesta segunda-feira (9), o prefeito ACM Neto anunciou que, a partir do dia 15 de junho, a Agência Reguladora dos Serviços Públicos de Salvador (Arsal) fará a regulação e fiscalização do sistema de abastecimento de água e esgoto da cidade, atuando de maneira independente e regulamentando ações da Embasa.

“Ninguém está falando em privatização de nada, nem tirar concessão da Embasa. O que vamos fazer é exercer um poder de cobrança para que a Embasa cumpra seu papel”, esclareceu o prefeito, que apresentou na coletiva um estudo sobre as realizações da empresa até 2013, feito pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

A pesquisa aponta que mais de 200 mil soteropolitanos não têm acesso a água tratada e mais de 560 mil não têm acesso a uma rede de esgoto. E, ainda, que o equivalente a 38 piscinas olímpicas de esgoto são lançados na natureza, sem tratamento, todos os dias.

Em uma comparação do serviço de saneamento básico de Salvador com o de outras cidades como Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba e Florianópolis, o nível de perda de água soteropolitana em 2012 equivaleu a 45,8%, ficando acima da média nacional (36,9%).

Com isso, segundo a Prefeitura, a cidade perdeu R$198 milhões, valor 14 vezes superior ao do investido em água (R$13,7 milhões) e o que significaria o desperdício de uma caixa d’água por habitante ao dia, em torno de 150 litros.

O estudo acusa, ainda, que 45% da receita operacional da Embasa vem da capital baiana e, em 2012, a cidade recebeu apenas 11% dos investimentos totais da companhia (5,9% no ano anterior).

Durante a apresentação dos dados da pesquisa, feita pelo consultor da Fipe, Fernando Marcato, mostrou-se que a Agência Reguladora de Saneamento Básico do Estado da Bahia (Agersa), que regulariza a Embasa, realizou em 2012 apenas cinco fiscalizações, enquanto a agência reguladora em Brasília fez 225 no mesmo ano. Em 2013, foi realizada apenas uma, sendo gastos apenas 3% do investimento em fiscalizações, atividade principal da agência.

Segundo o secretário de Infraestrutura e Defesa Civil, Paulo Fontana, a Embasa abre de 70 a 90 buracos por dia na cidade. Destes, mais de 200 foram feitos ao longo de 25 ruas e avenidas recentemente recapeadas.

“Em agosto do ano passado, apresentamos à Embasa a relação das vias que seriam recapeadas para que eles pudessem fazer serviços necessários antes de realizarmos a obra. Eles não deram importância e fizeram os serviços após as obras, sem efetuar os reparos com qualidade”, afirmou o secretário.

‘Inconstitucional’

Em nota, a Embasa acusou a criação da Arsal um ato ilegal, por se tratar de um serviço integrado de abastecimento de água, ou seja, o órgão metropolitano, composto por todos os municípios integrantes da região metropolitana mais o estado, é quem pode definir o prestador regulador.

A empresa afirma que, desde 2007, cerca de R$1,2 bilhão tem sido investido em Salvador para abastecimento de água e esgotamento sanitário.

A nota diz, ainda, que 20% da perda de água, referida no estudo, se dá por ligação clandestina e não recebimento do pagamento à Embasa. De acordo com a empresa, a prefeitura de Salvador é responsável por 3,1% da perda de faturamento, inadimplente desde 1995, com uma dívida de R$375 milhões com o serviço de abastecimento de água e esgotamento sanitário.

“A empresa está atuando em várias áreas da cidade, muitas delas complexas, devido aos efeitos da ocupação desordenada, que retiram o espaço projetado para a implantação de determinado equipamento ou trecho de rede, levando os engenheiros a revisar os projetos”, explica o presidente da Embasa, Abelardo de Oliveira Filho. “No entanto, atualmente, a prefeitura deixou de conceder 11 alvarás para a Embasa e a empresa corre o risco de perder cerca de R$ 151 milhões de recursos para investimentos na cidade”.

De acordo com o prefeito, a partir do próximo domingo (15), a Arsal irá fiscalizar e regular todas as concessões sob responsabilidade de Salvador, incluindo o saneamento básico. “Se a Embasa não cumprir seu papel, agora ela será multada. A partir do dia 15 nada muda, a empresa só será cobrada para que cumpra um plano de investimentos e amplie o acesso das pessoas à rede de água e esgoto”.

DEU NA FOLHA

A entidade esperava um discurso da chefe de Estado na abertura do evento, um encontro anual do órgão que gere o futebol mundial com representantes de todas as federações filiadas.

A participação de Dilma no congresso havia sido anunciada pela Fifa em abril, quando a presidente teve uma conversa telefônica com Joseph Blatter sobre os ingressos da Copa.

Com a mudança de agenda, a presidente participará apenas da cerimônia de abertura do Mundial, quinta-feira, no Itaquerão.

Nesta terça-feira, Dilma terá agenda em Brasília –entre os compromissos está a Convenção Nacional do PMDB, partido que é o principal aliado da presidente, à tarde.


Metroviários de volta ao trabalho

===========================================================

DEU NO IG

A cidade de São Paulo não terá nesta terça-feira (10) o sexto dia de greve do Metrô. Após reunião em que não houve avanço na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego, no centro de São Paulo, os metroviários decidiram, em assembleia, voltar ao trabalho e, em nova assembleia, no dia 11, decidir se param no dia 12, data da estreia do Brasil na Copa do Mundo.

“Voltamos imediatamente ao trabalho em respeito à população. Quando a gente decide fazer greve, fazemos greve. Quando a gente decide voltar a trabalhar, queremos voltar o mais rápido possivel exatamente para atender melhor a população de São Paulo”, disse o presidente do do sindicato dos Metroviários, Altino de Melo Prazeres Júnior.

Antes da votação, Prazeres pediu que os trabalhadores resistissem ao receio de demissão e votassem pela continuidade da paralisação. Ele insistiu pela readmissão dos 42 funcionários demitidos, que estavam presentes da assembleia. “Obviamente se readmitir os companheiros, não teremos greve dia 12”, afirmou.

Entre as propostas apresentadas para votação estavam a manutenção da greve, o fim da greve ou a suspensão da paralisação até o dia 11. Venceu a última alternativa.

Os funcionários do Metrô decidiram interromper a paralisação, mas continuarão em estado de greve e em campanha por melhores condições de trabalho. Na próxima quarta-feira (11), uma nova assembleia vai decidir se a capital paulista terá Metrô ou não na data da estreia da Copa. O Metrô é o principal meio de transporte para a chegada ao Itaquerão, estádio da abertura do Mundial.

A assembleia ocorreu após a reunião em que o governo não aceitou revogar o processo de demissão que seria aplicado aos funcionários que tiveram participação na greve da categoria. Antes do encontro, os metroviários se mostraram dispostos a aceitar o aumento proposto pela Justiça, mas cobravam a revogação das demissões.

Participaram da reunião o presidente do Metrô, Luiz Antonio Carvalho Pacheco, o secretário de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes e o secretário da Casa Civil, Edson Aparecido.

Segundo Jurandir Fernandes, era inaceitável a readmissão dosmetroviários demitidos. “Não houve acordo. É inadmissível a volta dos 42 demitidos. Não houve acordo e não haverá readmissão em hipótese alguma”, disse após a reunião.

Segundo o representante dos metroviários, Altino Prazeres, o presidente do Metrô, Luiz Antonio Pacheco, chegou a aceitar a readmissão dos demitidos durante a reunião. “Quando foi consultar o governador Geraldo Alckmin, a resposta final dele foi negativa”, disse.

Decisão da Justiça

No fim de semana, o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) julgou abusiva e ilegal a greve dos metroviários durante sessão extraordinária realizada neste domingo (8), em São Paulo. Com a decisão, a multa diária anterior, estipulada em R$ 100 mil por dia não trabalhado, foi elevada para R$ 500 mil, pressionando ainda mais a categoria a voltar ao trabalho.

jun
10
Posted on 10-06-2014
Filed Under (Artigos) by vitor on 10-06-2014

=========================================

CIDADE NUA !!! GUDE NAITE !!!

(Gilson Nogueira)

===========================================

Gilson, o vídeo de Cidade Nua, que você mandou, não abriu de jeito nenhum

Tive que substituir por Mr. Lucky e espero que esteja à altura.Chakiris é o mesmo.
Sempre bom.

BOM DIA!!!

(Vitor Hugo Soares)

  • Arquivos