maio
23
Postado em 23-05-2014
Arquivado em (Artigos) por vitor em 23-05-2014 00:39

DEU NA TRIBUNA DA BAHIA

Os rodoviários de Salvador decidiram entrar em greve a partir da 0 hora de terça-feira (27/5). Eles se reuniram em assembleia, nesta quinta-feira (22), na sede do Sindicato dos Eletricitários da Bahia (Sindenergia)

Os empresários “tem até segunda-feira (26) para apresentar uma proposta” e evitar a paralisação, segundo o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Hélio Ferreira.

“Os patrões não ofereceram nada à categoria”, disse o vice-presidente Fábio Primo.

O deputado estadual e dirigente do sindicato, J. Carlos disse que essa é a única forma de os donos de empresa discutirem as reivindicações. “Enquanto não tiver o processo de greve instalado, nada disso se resolve”, acredita ele, que também é motorista de ônibus.

Sobre a possibilidade de aumento de tarifa caso o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Setps) aceitenegociar os outros itens solicitados pela categoria, o deputado foi taxativo. “A tarifa é uma questão entre prefeitura e o Setps, mas os donos têm gordura suficiente para dar aumento sem aumentar a tarifa”, declarou.

Os rodoviários querem aumento de 15% nos salários e de 63,5% no tíquete-refeição (R$ 12,23 para R$ 20), redução da jornada de trabalho de 8h para 6h e extinção da hora fracionada de descanso.

O diretor do Setps Jorge Castro voltou a afirmar que a entidade só discute o salário. “Como falei algumas vezes, é inviável atender todas as exigências que, somadas, chegam a um aumento de 60%”. Segundo Castro, o sindicato tem um plano de contingência para que a população não seja prejudicada, caso a greve aconteça de fato

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos