=================================================================

DEU NO DIÁRIO DE NOTÍCIAS, DE LISBOA

As autoridades chilenas retiraram hoje os habitantes da colina das Ramaditas, em Valparaíso, no Chile, onde se reativou o incêndio que já provocou onze mortos, onze mil desalojados e destruiu 800 hectares e 1200 casas.

No domingo, chegaram a ser anunciados 16 mortos, no incêndio, mas os números foram revistos pelas autoridades chilenas para onze, adiantou a agência espanhola de notícias, EFE.

Cerca de 1.500 bombeiros tentam dominar os novos focos de incêndio, ateados pelo vento, que só deverá amainar a partir da manhã de segunda-feira.

O combate ao fogo concentra-se agora no cerro das Ramaditas, zona de floresta próxima de áreas residenciais, onde se abriu uma nova frente de 4,2 quilómetros, que mobiliza sete brigadas de emergência.

O diretor da Corporação Nacional Forestal (Conaf) do Chile, Aaron Cavieres, disse à CNN local que, até ao momento, não se verifica ferimentos em nenhum bombeiro.

O responsável da Conaf disse que este é o pior incêndio ocorrido no Chile, tendo afetado zonas habitacionais.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Abril 2014
    S T Q Q S S D
    « mar   maio »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    282930