============================================================

===================================================

DEU NO DIÁRIO DE NOTÍCIAS, DE LISBOA

O produtor e músico americano Frankie Knuckles, pioneiro da música house nas décadas de 70 e 80, morreu ontem, segunda-feira, aos 59 anos, em Chicago, onde o seu nome há-de ser sempre recordado. Apesar de se saber que o DJ sofria de diabetes, a causa da sua morte ainda não foi apurada.

Knuckles tinha atuado no sábado à noite em Londres, no clube Ministry Of Sound.

Nascido no Bronx, Knuckles aprendeu a sua arte em Nova Iorque, onde foi orientado e influenciado por Larry Levan, outra lenda da música. Em 1970 começou a atuar como DJ na sauna Continental. Mas foi a partir de 1977, em Chicago, que se tornou DJ residente do “The Warehouse” e que popularizou um estilo que viria a ser um novo género musical, a música house. No clube, maioritariamente frequentado pela comunidade gay latino-americana, nasceu um novo estilo de música de dança moderna, inspirada no disco, na soul e no R&B misturados com batidas eletrónicas.

Mudou-se para a sua própria discoteca em Chicago, em 1983, mas voltou a Nova Iorque quando o seu novo estilo musical se tornou conhecido mundialmente, em 1987. Foi nessa altura que, em parceria com David Morales, começou a produzir remisturas para grandes nomes da pop da altura como Michael Jackson, Diana Ross e Whitney Houston.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Abril 2014
    S T Q Q S S D
    « mar   maio »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    282930