mar
24
Postado em 24-03-2014
Arquivado em (Artigos) por vitor em 24-03-2014 11:32

=================================================================

DEU NA COLUNA TEMPRESENTE/A TARDE

Vai ficar para o próximo governador o prazer de aparecer na foto de inauguração da fábrica da JAC Motors em Camaçari.

Com explicações diferentes para o atraso no projeto, tanto a montadora quanto o governo do estado reconhecem que a unidade, um dos grandes destaques do governo Jaques Wagner na área econômica, não inicia as operações em 2014.

A expectativa é que no final deste ano as obras estejam a todo o vapor, porém sem nenhuma condição de produzir veículos ainda.

O novo prazo para o início da produção de veículos na fábrica, que receberá um investimento de R$ 900 milhões, ainda está sendo fechado.

É provável, informa a assessoria de imprensa da JAC Motors, que a planta comece a operar entre abril e maio de 2015.

Explicações

De acordo com o secretário da Indústria, Comércio e Mineração da Bahia, James Correia, o centro do problema é um financiamento de R$ 110 milhões que a montadora está buscando para a realização das obras civis com a Caixa Econômica Federal e a Desenbahia. Segundo ele, houve uma mudança no controle acionário, que antes tinha o brasileiro Sérgio Habib como sócio majoritário dos chineses. “Inverteu. Agora Habib tem 34% e os chineses tem 66%”, diz Correia. Por isso, o processo de financiamento teria tido que ser reiniciado, explica o secretário. “Vai sair o financiamento, sem dúvidas. Mas até lá já se perderam dois meses e eu acredito que vão se perder outros dois”, afirma.

Explicações II

A JAC Motors do Brasil atribui o atraso na conclusão da fábrica a dificuldades no processo de licenciamento. Segundo a assessoria de imprensa, a área onde o complexo industrial será construído pertencia a mais de um dono, o que demandou mais de um processo de licenciamento. Outro fator de atraso teria sido o intenso período de chuvas no segundo semestre do ano passado, que atrapalhou as obras de terraplanagem. Por fim, até o final deste ano a JAC ainda não terá treinado todos os trabalhadores necessários.

*trecho da coluna Tempo Presente desta segunda-feira, 24. Leia integra na edição impressa de A Tarde.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos