mar
15
Postado em 15-03-2014
Arquivado em (Artigos) por vitor em 15-03-2014 11:37


===============================================


==============================================================


CRÔNICA
Quero morar na coluna de July

Janio Ferreira Soares

Se existe uma coisa que me chama a atenção nos principais jornais do país é a felicidade dos frequentadores de suas colunas sociais. Tirando uma ou duas modelos com caras de quem não aguentam mais viver à base de rúcula,e algumas madames e senhorzinhos com a pele facial semelhante a um tan-tan em máxima afinação, a maioria dos habitués dessas ilhas de prosperidade vivem lançando uma espécie de sorriso de desdém na direção do leitor,que só falta vir acompanhado de uma legenda (em francês, naturalmente), cuja tradução seria algo do tipo: “pardon, pobres mortais, mas nós não temos contas a pagar, nem problemas sentimentais, hormonais ou intestinais, tampouco taxas de PSA elevadas que nos façam expelir restos de Dom Pérignon em direção aos crocodilos de nossos docksides comprados numa maison Lacoste na Rue du Faubourg Saint Honoré, Paris”.

Aqui mesmo nesta A TARDE, você só precisa caminhar um pouco para chegar ao luxuoso edifício da July, onde, ao contrário deste tradicional condomínio repleto de opiniões sob retratos em branco e preto, a vida parece ser um eterno e ensolarado Grande Prêmio de Mônaco, com sortidas bandejas dando voltas e mais voltas sem sequer precisar fazer um pit stop para reabastecimento de champanhes e canapés, tudo saindo de um estrelado box comandado por um chef coberto de tatuagens e barba por fazer, cujo maior sonho é desconstruir um acarajé e servi-lo em forma de nitrogênio líquido com espuma de dendê ao aroma de Dadá.

Mas como nem tudo é festa nesta velha Bahia, agora que Lepo Lepo finalmente fará companhia ao Rebolation, Boquinha da Garrafa e demais torturas sonoras anualmente alçadas ao panteão das súbitas invenções carnavalescas, a política e o futebol se encarregarão de preencher telas, páginas e sites. Saem Marcio Vitor, Bell, Ivete e Saulo, e entram Rui Costa, Felipão, Lídice, Souto, Geddel e…. Judas. Sabe como é, a Semana Santa taí, um vinhozinho aqui, uma malhação acolá, Miami bem ali…Te vejo na volta,Ray-Ban e Ralph Lauren realçando o bronze, na coluna de July.

Janio Ferreira Soares, cronista, é secretário de Cultura e Turismo de Paulo Afonso, na margem baiana do Rio São Francisco

Be Sociable, Share!

Comentários

Mariana Soares on 15 Março, 2014 at 11:55 #

Que maravilha de texto!!!! Muito bom!!!! Adorei!!


Carlos Volney on 15 Março, 2014 at 11:58 #

Delícia de texto. Atualíssimo, de uma tempestividade ímpar.
Aliás, Jânio é desses cronistas que faz a gente esperar com ansiedade suas produções.
Neste ele conseguiu extrapolar. Merecíamos um presente assim…


Olivia on 15 Março, 2014 at 17:45 #

Esse Janinho é um craque, pena de aço.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos