DEU NO PORTAL EUROPEU TSF

Hoje,31/3, as autoridades da Malásia voltaram a fazer uma tentativa para sossegar os familiares, mas mesmo com reforço de meios, não há nada que permita provar que o avião caiu no mar.

Um reforço na coordenação das buscas e uma promessa que a Malásia não desistirá. É tudo o que há de novo na longa procura para desvendar o mistério do voo 370 das linhas aéreas da Malásia.

Uma operação multinacional, sem precedentes. Meios navais, aéreos e vontades de mais de uma dezena de países. Hoje mesmo foi criado um novo centro de comando operacional, numa base aérea australiana, nos arredores de Perth.

A operação é comandada por um general na reserva, que chefiou há tempos, a defesa aérea da Austrália.

O ministro dos transportes da Malásia, Hishamuddin Hussein, explicou esta manhã, que é compreensível o desespero dos familiares dos passageiros e tripulantes, ao olhar para provas reais da queda do avião.

«Compreendemos que tem sido um tempo difícil para todas as famílias e reconhecemos a vontade de verem as provas que o voo MH370 terminou no Índico Sul», disse.

mar
31

============================================================

DEU NO JORNAL A TARDE

Pelo menos 33 baianos foram mortos ou desapareceram durante a ditadura militar, entre eles o guerrilheiro Carlos Marighella e Stuart Edgar Angel Jones, filho da estilista Zuzu Angel, que nasceu em Salvador e cresceu no Rio de Janeiro.

Vinte e oito deles estão no livro Mortos e Desaparecidos Baianos, que será lançado nesta quarta-feira, 2, na Biblioteca Pública dos Barris. A publicação é um recorte de outro livro: Direito à Memória e à Verdade, da Secretaria Nacional de Direitos Humanos da Presidência da República.

Há outros cinco baianos citados nesta segunda publicação, não presentes na edição local, o que totaliza os 33 casos mencionados.

O lançamento do livro faz parte do projeto Ditadura Militar Direito à Memória: 50 anos do golpe de 1964, organizado pela Secretaria da Educação da Bahia e com o apoio da pasta estadual de Cultura.

“Há a necessidade de esclarecer as circunstâncias das mortes e o direito das famílias de terem acesso aos restos mortais de muitos deles”, diz o secretário da Educação, Osvaldo Barreto.

O titular conta que conviveu com dois dos desaparecidos: seu primo Uirassu Batista, nascido em Itapicuru, e Vandick Reidner, de Boa Nova, com quem estudou economia na Universidade Federal da Bahia. Ambos participaram da Guerrilha do Araguaia, como grande parte dos nomes da lista.

“Ter um filho que some é uma experiência trágica. Minha tia tinha uma expectativa do retorno de Uirassu. Ouvia alguém descer as escadas da casa e achava que era ele”, afirma Barreto.

Família destruída

A advogada Leônia Cunha, de 66 anos, afirma que, além de sua irmã Nilda Cunha, sua mãe Esmeraldina Cunha também foi uma vítima do regime militar. “Eles destruíram a nossa família. Lamento que as pessoas que tenham feito isso não tenham sido julgadas”, diz. Leônia relata que sua irmã foi presa em 20 de agosto de 1971, no edifício Santa Terezinha, na rua Minas Gerais, no bairro da Pituba, na capital baiana.

Nilda foi detida durante operação na qual morreu a guerrilheira Iara Iavelberg, mulher do capitão Carlos Lamarca, da Vanguarda Popular Revolucionária (VPR).

Militante do MR-8, Nilda foi levada para o forte do Barbalho, junto com seu namorado, Jaileno Sampaio. “Ela foi barbaramente torturada. Vendaram os olhos dela e a levaram para um lugar frio onde lhe mostraram o corpo de Iara”, diz Leônia, com base em relato posterior da irmã.

Libertada no começo de novembro do mesmo ano, morreu no dia 14 do referido mês, com sintomas de cegueira e asfixia, aos 17 anos. A causa de sua morte nunca foi devidamente esclarecida.

Em outubro de 1972, sua mãe Esmeraldina foi encontra morta, em casa, com um fio de máquina de escrever no pescoço. Leônia, porém, não acredita na versão oficial de suicídio.

“Minha mãe não apresentava nenhum sinal de enforcamento. Não fizeram inquérito, não perguntaram nada para a gente”, afirma.

A advogada diz ainda que sua mãe já havia sido ameaçada por denunciar nas ruas os crimes da ditadura, após a morte de Nilda, o que teria “incomodado” o regime. “O major mandou avisar à senhora que, se não se calar, nós seremos obrigados a fazê-lo”, teria dito um desconhecido a Esmeraldina.

BOA TARDE!!!

DEU NO PORTAL METRO1

Um avião com destino à Frankfurt, na Alemanha, fez um pouso não programado no Aeroporto Internacional de Salvador na madrugada desta segunda-feira (31), após um passageiro passar mal. Segundo informações da assessoria de imprensa da empresa aérea Lufthansa, o voo saiu do Rio de Janeiro na noite de domingo (30). A Lufthansa preferiu preservar o nome do passageiro que se sentiu mal. A interrupção durou quase quatro horas e o avião decolou para Frankfurt por volta das 7h desta segunda.

mar
31
Posted on 31-03-2014
Filed Under (Artigos) by vitor on 31-03-2014


====================================================
Fernandes, hoje, no Diário do ABC (SP)


Luis Leal: reparação histórica da Assembléia

=======================================

Sessão na Assembléia Legislativa da Bahia, na manhã desta segunda-feira histórica, 31 de março, promove entrega simbólica dos mandatos aos deputados cassados pela ditadura – 10h

Os políticos que serão homenageados são: Diógenes Alves, Ênio Mendes de Carvalho, Sebastião Augusto de Souza Nery, Wilton Valença da Silva, Hamilton Saback Cohim, Luiz da Silva Sampaio, Marcelo Ferreira Duarte Guimarães, Osório Cardoso Villas Boas, Aristeu Nogueira, Luiz Leal, Octávio Rolim, Oldack Neves e Padre Palmeira. Além dos parlamentares que terão os mandatos devolvidos simbolicamente, participarão do evento, na Assembleia Legislativa do Estado da Bahia, o governador do Estado Jaques Wagner e demais autoridades.

(Maria Olívia Soares, jornalista)


BOM DIA RIO DE JANEIRO ! BOM DIA BAHIA! BOM DIA BRASIL!

É BOM NÃO ESQUECER, PARA NÃO REPETIR!!!

(Vitor Hugo Soares)


Aristeu:reparação histórica na ALBA
=================================================


HISTÓRIA VIVA 50 anos do Golpe de 64

Nesta segunda-feira, 31/03/2014, a Comissão da Verdade da Assembleia Legislativa da Bahia, presidida pelo deputado estadual Marcelino Galo (PT), em sessão solene, a partir das 9hs, no auditório Juthay Magalhães, devolve simbolicamente os mandatos dos seguintes deputados cassados pelo Golpe de 1964: Aristeu Nogueira (foto) cassado em 19/10/1964: Diógenes Alves, cassado em 28/04/1964;Ênio Mendes de Carvalho, cassado em 28/04/1964;Veja lista completa no BP (acima)

mar
30


Foto: Reuters
=================================================================

DEU NO DIÁRIO DE NOTÍCIAS, DE LISBOA

O abraço de Javier Espinosa e do filho à chegada à base aérea nos arredores de Madrid fala por mil palavras sobre o seu regresso a Espanha, esta tarde, após seis meses de cativeiro na Síria. O jornalista do diário El Mundo e o fotógrafo freelance Ricardo García Vilanova foram libertados e entegues aos militares turcos na madrugada desde domingo. Foram sequestrados por um grupo armada da Al Qaeda em setembro de 2013.

Mais magros mas aparentemente de boa saúde, Javier Espinosa e Ricardo García Vilanova chegaram este domingo, às 16.26 (hora espanhola), a bordo de um avião militar espanhol à base aérea de Torrejon de Ardoz, perto de Madrid, onde foram recebidos pela família e amigos. Disseram as primeiras palavras públicas já no “El Mundo”, diante dos colegas, fortemente aplaudidos, segundo a AFP.

“Obrigada a todos os que se preocuparam por nós e tornaram possível o nosso regresso a casa”, disseram, após 194 dias de cativeiro. “Estamos perfeitamente”. Foram sequestrados no dia 16 de setembro.

Não podem contar nada por razões de segurança, explica o “El Mundo”, mas “é possivelmente o dia mais feliz da história deste jornal”, sublinhou o diretor do jornal, Casimiro García Abadillo, que tomou posse enquanto os jornalistas se encontravam sequestrados na Síria, sucedendo a Pedro J. Ramírez.

Ainda na base áerea militar, a número 2 do governo espanhol, Soraya Sáenz de Santamaría, declarou que “se tratava de um caso com uma grande carga humana”, aproveitando para felicitar os funcionáriso envolvidos no regresso a casa dos dois jornalistas.

=========================================================
São Sebastião proteja os desprotegidos do Rio de Janeiro do império inabalável de Sérgio Cabral, seus aliados e protetores no poder.

BOM DOMINGO, SE POSSÍVEL FOR.

(Vitor Hugo Soares)

Pages: 1 2 3 4 5 6 7 ... 23 24

  • Arquivos