fev
16

DEU NO DIÁRIO DE NOTÍCIAS, DE LISBOA

O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, pediu hoje à Venezuela, presidida por Nicolás Maduro, que liberte os manifestantes opositores detidos durante os distúrbios registados esta semana e que reponha a calma neste país.

Em comunicado, o secretário de Estado condenou os eventos que causaram vários mortos e dezenas de feridos e manifestou a “profunda preocupação” dos Estados Unidos perante o que aconteceu.

“Fazemos um apelo ao governo venezuelano para que proporcione um espaço político necessário para um diálogo significativo com o povo venezuelano e para que liberte os manifestantes detidos. Instamos todas as partes a trabalhar no sentido da calma ser restabelecida e que se abstenham da violência”, disse

O chefe da diplomacia norte-americana juntou-se, assim, à Alta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Navi Pillay, ao secretário executivo da Organização de Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, e à Alta Representante dos Assuntos Exteriores da União Europeia, Catherine Ashton, na condenação da violência nas ruas venezuelana.

Be Sociable, Share!

Comentários

Lilyane on 16 Fevereiro, 2014 at 21:11 #

E a nossa imprensa simplesmente ignorando os fatos.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Fevereiro 2014
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    2425262728