Fred Dantas: “Um Dia Eu Vou Andar no Metrô de Salvador”

======================================================
DEU EM A TARDE

Maíra Azevedo

Saudosistas de plantão podem comemorar. Além da tradicional axé music, do pagode e do arrocha, que já invadiram a avenida, as marchinhas de outrora terão destaque neste Carnaval.

Pelo menos no bloco Os Mascarados, que promove hoje, a partir das 21h, no Clube Fantoches (Dois de Julho), o Concurso Baiano de Marchinhas – Prêmio Moraes Moreira. As vencedoras serão conhecidas durante o Baile de Debutantes que festeja os 15 anos do bloco.

Ao todo, 317 marchinhas foram inscritas. Dez foram selecionadas pelos músicos Luciano Calazans, Luciano Silva, Zito Moura e Pedro Dias.

Fórmula

Para o maestro Fred Dantas, no júri que elege as vencedoras, as novas marchinhas podem trazer um gás para a cena musical: “A fórmula do retorno financeiro rápido dos produtores tem criado músicas de frases de efeito, pornografia e até de incitação à violência”.

Para ele, há um apelo para que músicas dos carnavais antigos voltem aos trios.

“Raiz de Todo Bem, de Saulo, faz sucesso com toque retrô. Lembra as músicas de axé da década de 1980, com poesia”, diz Dantas.

A professora de música Walldélia Diaz reitera as palavras do maestro. De acordo com a profissional das partituras, as marchinhas representam um resgate musical e podem servir de elemento cultural para ser trabalhado em sala de aula.

“É a possibilidade de dar uma repaginada na música baiana, que tem perdido muito. As marchinhas sempre fizeram críticas sociais e políticas, e, mesmo quando tinham o caráter politizado, ao menos não incitavam a violência nem depreciavam a imagem da mulher”, afirma.

Se é para fazer uma crítica social, o maestro Fred Dantas revela que já tem o tema dele escolhido: o metrô de Salvador.

“Se eu não fosse um dos jurados, iria inscrever Um Dia Eu Vou Andar no Metrô de Salvador, sobre a saga de um pai que mostra as obras à filha e promete que iria utilizar aquele meio de transporte. Agora a jovem faz a mesma promessa à filha. Duas gerações à espera do mesmo metrô”, ironiza.

Be Sociable, Share!

Comentários

Roseli on 13 Fevereiro, 2014 at 20:37 #

Achei a iniciativa excelente, só espero que não haja protecionismos nesse concurso. Que vença a marchinha, que realmente vá agradar ao povo nesse carnaval.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • Fevereiro 2014
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    2425262728