http://youtu.be/RB10bgmFqFg


De Samuel Machado Filho, no Youtube

Apanhador de Papel:Marchinha do carnaval de 1952, gravada pelos Quatro Ases e um Coringa na RCA Victor em 25 de setembro do ano anterior, 1951, com lançamento ainda em dezembro (80-0863-A, matriz S-093085). Apanhar papel é uma dureza mesmo.

=======================================
Som na caixa, maestro. E viva os grandes criadores das marchinhas, como Peter Pan e Braguinha.

(Vitor Hugo Soares)


Fred Dantas: “Um Dia Eu Vou Andar no Metrô de Salvador”

======================================================
DEU EM A TARDE

Maíra Azevedo

Saudosistas de plantão podem comemorar. Além da tradicional axé music, do pagode e do arrocha, que já invadiram a avenida, as marchinhas de outrora terão destaque neste Carnaval.

Pelo menos no bloco Os Mascarados, que promove hoje, a partir das 21h, no Clube Fantoches (Dois de Julho), o Concurso Baiano de Marchinhas – Prêmio Moraes Moreira. As vencedoras serão conhecidas durante o Baile de Debutantes que festeja os 15 anos do bloco.

Ao todo, 317 marchinhas foram inscritas. Dez foram selecionadas pelos músicos Luciano Calazans, Luciano Silva, Zito Moura e Pedro Dias.

Fórmula

Para o maestro Fred Dantas, no júri que elege as vencedoras, as novas marchinhas podem trazer um gás para a cena musical: “A fórmula do retorno financeiro rápido dos produtores tem criado músicas de frases de efeito, pornografia e até de incitação à violência”.

Para ele, há um apelo para que músicas dos carnavais antigos voltem aos trios.

“Raiz de Todo Bem, de Saulo, faz sucesso com toque retrô. Lembra as músicas de axé da década de 1980, com poesia”, diz Dantas.

A professora de música Walldélia Diaz reitera as palavras do maestro. De acordo com a profissional das partituras, as marchinhas representam um resgate musical e podem servir de elemento cultural para ser trabalhado em sala de aula.

“É a possibilidade de dar uma repaginada na música baiana, que tem perdido muito. As marchinhas sempre fizeram críticas sociais e políticas, e, mesmo quando tinham o caráter politizado, ao menos não incitavam a violência nem depreciavam a imagem da mulher”, afirma.

Se é para fazer uma crítica social, o maestro Fred Dantas revela que já tem o tema dele escolhido: o metrô de Salvador.

“Se eu não fosse um dos jurados, iria inscrever Um Dia Eu Vou Andar no Metrô de Salvador, sobre a saga de um pai que mostra as obras à filha e promete que iria utilizar aquele meio de transporte. Agora a jovem faz a mesma promessa à filha. Duas gerações à espera do mesmo metrô”, ironiza.

fev
13

DIZEM (QUEM ME DERA)

(Arnaldo Antunes, Marisa Monte, Dadi Carvalho)

o mundo está bem melhor
do que há cem anos atrás, dizem
morre muito menos gente
as pessoas vivem mais

ainda temos muita guerra
mas todo mundo quer paz, dizem
tantos passos adiante
e apenas alguns atrás

já chegamos muito longe
mas podemos muito mais, dizem
encontrar novos planetas
pra fazermos filiais

quem me dera
não sentir mais medo
quem me dera
não me preocupar

temos inteligência
pra acabar com a violência, dizem
cultivamos a beleza,
arte e filosofia

a modernidade agora
vai durar pra sempre, dizem
toda a tecnologia
só pra criar fantasia

deuses e ciência
vão se unir na consciência, dizem
vivermos em harmonia
não será só utopia

quem me dera
não sentir mais medo
quem me dera
não me preocupar
quem me dera
não sentir mais medo algum

===========================================

“Música e poesia em simbiose perfeita”

BOA TARDE!!!

(Vitor Hugo Soares)


Coelho de Jade sai do “coma” , mas
estado ainda é crítico

=========================================

DEU NO “PÚBLICO”, DE LISBOA

O veículo telecomandado Coelho de Jade, enviado pela China para a Lua há seis semanas, que não dera sinais de vida depois de ter sofrido uma anomalia mecânica, afinal só estava em coma e acabou por recuperar os sentidos.

“Acordou! Ao menos ainda está vivo e temos uma hipótese de o salvar”, declarou Pei Zhaoyu, porta-voz da missão lunar chinesa, citado pela agência noticiosa Nova China. A cadeia televisiva estatal CCTV confirmou por seu lado o despertar inesperado do rover lunar.

No fim de Janeiro, as autoridades chinesas tinham anunciado que aquele engenho , recheado de dispositivos eletrônicos, tinha tido um problema mecânico devido ao “ambiente complicado da superfície lunar”.

“O Coelho de Jade tinha adormecido de forma anormal e receávamos que não se recuperasse das temperaturas extremamente baixas da noite lunar”, explicou ainda Pei Zhaoyu.

Quarta-feira, a agência Notícias da China anunciava, num brevíssimo comunicado, que não tinha sido possível reparar o veículo motorizado para lhe permitir cumprir a sua missão. Mas horas mais tarde, o rover tornava a dar sinais de vida.

O Coelho de Jade ainda se encontra, porém, em estado crítico.

fev
13
Posted on 13-02-2014
Filed Under (Artigos) by vitor on 13-02-2014


====================================================
Gilson, hoje, no portal de humor A Charge Online

DEU NO EL pAÍS (EDIÇÃO BRASILEIRA)


O corpo do jornalista mexicano Gregorio Jiménez, de 46 anos, foi localizado nesta terça-feira no interior de uma fossa com outros dois cadáveres. O repórter independente que escrevia sobre assuntos policiais em dois jornais de Coatzacoalcos, no sul de Veracruz, foi sequestrado há seis dias em sua casa, com sua família como testemunha. O exército e a marinha realizaram buscas durante vários dias na região até que encontraram o local onde os corpos estavam enterrados.

A polícia deteve quatro pessoas, entre elas uma moradora que supostamente foi quem planejou o crime. Pela manhã, segundo detalharam os investigadores, as autoridades se depararam como cativeiro no qual Jiménez deve ter permanecido em um princípio. Ali detiveram os sequestradores e estes guiaram os agentes até a fossa.

O desaparecimento do repórter havia despertado a indignação de seus colegas de profissão em todo o mundo, através das redes sociais, mas também nas ruas. Colegas dos jornais e das emissoras de TV locais tinham se manifestado nos dias anteriores para exigir das autoridades que fizessem o possível para encontrá-lo com vida. Organizações como a Periodistas de a Pie (Jornalistas da Rua, em tradução livre) difundiram sua imagem sobre um fundo vermelho para dar a máxima visibilidade ao caso.

Ao longo desta terça-feira foram divulgadas várias versões -contraditórias- sobre o paradeiro do jornalista. Um legislador local, Eduardo López Macias, disse no Parlamento regional que Jiménez tinha sido encontrado com vida. Perguntaram ao político se a solidariedade internacional havia dado frutos. “Acho que a solidariedade de todos os veracruzanos”, respondeu. A notícia foi desmentida duas horas depois pelo próprio Governo de Veracruz, no leste do México.

Gregorio Jiménez trabalhava para o Notisur. O jornal, no dia seguinte ao seu desaparecimento, denunciou que o repórter recebia ameaças da dona de um bar chamado El Mamey. A promotoria investigou a mulher. Goyo, como ele era conhecido na profissão, denunciava em suas últimas matérias que seu bairro estava sofrendo uma onda de sequestros. As autoridades não esclareceram se a mulher detida e a proprietária do local são a mesma pessoa.

Os repórteres locais das regiões com maior taxa de criminalidade do México são os que mais estão expostos à violência e à intimidação dos grupos criminosos. Nos últimos 12 anos, segundo a organização Artículo 19, 70 informadores foram assassinados no país. Veracruz, onde o repórter trabalhava, é um dos Estados com maior índice de sequestros. De fato, o Governo do presidente Enrique Peña Nieto identificou como prioritária esta região na hora de combater esse tipo de crime, um de seus objetivos em 2014. “Não necessariamente mataram ele porque possa ter escrito algo em concreto. Os criminosos, de tempos em tempos, acham que têm de lançar uma mensagem de intimidação à imprensa. Fazem isso dessa forma tão perversa”, explica um pesquisador britânico que estuda os crimes contra jornalistas latino-americanos há uma década.

Jiménez era um homem humilde. De família trabalhadora e honesta. Ultimamente não queria escrever sobre assuntos policiais por medo de que acontecesse algo a seus familiares. Até que na terça-feira passada, por volta das 7h30, quando ainda estava amanhecendo, alguns homens entraram pela força em sua casa e o levaram para sempre.

Maquillaje

Composição:Virgílio Expósito

Voz:Adriana Varela

No…
ni es cielo ni es azul,
ni es cierto tu candor,
ni al fin tu juventud.
Tu compras el carmin
y el pote de rubor
que tiembla en tus mejillas,
y ojeras con verdin
para llenar de amor
tu mascara de arcilla.

Tu,
que timida y fatal
te arreglas el dolor
después de sollozar,
sabras como te ame,
un día al despertar
sin fe ni maquillaje…
– Ya lista para el viaje
que desciende hasta el color final –

Mentiras…
que son mentiras tu virtud,
tu amor y tu bondad
y al fin tu juventud.
Mentiras…
te maquillaste el corazón!
Mentiras sin piedad…
Que lastima de amor!

BOM DIA!!!


Maradona e Veronica: barraco portenho em Dubai

===================================================

DEU NO DIÁRIO DE NOTÍCIAS, DE LISBOA

Veronica Ojeda, companheira da antiga estrela de futebol argentino, Diego Maradona, entre 2007 e 2012, disse hoje que está à espera de mais um filho dele. A confirmar-se será o segundo após o fim da relação entre os dois.

“Sim, estou grávida do Diego”, afirmou Veronica Ojeda, 34 anos, à chegada a Buenos Aires, Argentina, depois de uma viagem a Dubai para tentar falar com Maradona. “Fui lá para lhe dizer que estava grávida mas não o vi”, disse a ex do antigo futebolista, garantindo que não tem por objetivo reatar a relação. “Ele tem uma namorada”, lembrou.

A confirmar-se o que diz Veronica, este será o sexto filho de Maradona, 53 anos, e a segunda vez que ela tem um filho dele já após o fim da relação. Em fevereiro de 2013, já ambos estavam separados, nasceu Diego Fernando.

Maradonna é pai de Dalma e Giannina, de 26 e 24 anos, respetivamente, filhos de Claudia Villafane, de quem Maradona se divorciou em 2004; de Diego Junior, de 27 anos, que o antigo futebolista não reconheceu e que será fruto de uma relação extraconjugal com Cristina Sinagra; e ainda de Jana Maradona, 16 anos, que, segundo a justiça é fruto de uma relação com Valeria Sabalian, embora Maradona nunca tenha realizado testes de ADN.

Ontem, Giannina Maradona desmentiu que o pai fosse o progenitor do filho que Veronica alega esperar. “Ele vai fazer um teste para o provar”, garantiu, por sua vez, a ex-companheira.

A imprensa argentina avança que na sexta-feira, dia dos namorados, Maradona e a atual namorada, Rocio Oliva, 23 anos, formalizam o noivado, no Dubai.

  • Arquivos

  • Fevereiro 2014
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    2425262728