DEU NO PORTAL A TARDE

Biaggio Talento

O corte do vale-refeição – que permitirá uma economia anual de R$ 9 milhões -, o bloqueio de 92 linhas telefônicas corporativas de celulares, redução no número de carros de serviço e limitação de cotas de combustível, redução na compra de lanches (economia de R$ 5 mil por semana), corte de 50% na quantidade de refeições servidas nos dias de sessão da Corte e redução na assinatura de revistas e periódicos. Essas providências fazem parte das 11 “medidas saneadoras” baixadas pelo desembargador Eserval Rocha desde que assumiu a presidência do Tribunal de Justiça da Bahia, no final do ano passado quando substituiu Mário Alberto Hirs, afastado pelo Conselho Nacional de Justiça. Na sucessão de Hirs, Rocha disputou e venceu a eleição de presidente do Judiciário baiano.

Também dentro da estratégia “saneadora”, Rocha determinou a contratação através de pregão eletrônico de empresa para realizar auditoria externa na folha de pagamentos do Tribunal. Ele também baixou decreto para a apresentação de todos os servidores ocupantes de cargos de provimento temporário, ainda que efetivos, e declaração de frequência regular no último ano.

Presente à posse do novo presidente do TJ-BA, o presidente da seccional baiana da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Luiz Viana Queiroz disse ter a maior esperança que haja uma “virada de página” na Justiça do Estado com a nova direção e o apoio do CNJ. Contudo, ponderou: “para a advocacia essa virada de página só será possível se houver um pacto pela legalidade, no mínimo com três pontos. Melhor eficiência na prestação jurisdicional, combate à corrupção no Judiciário e acabar de uma vez com a violação das prerrogativas dos advogados. A partir de hoje eu crio uma comissão na OAB para ajudar no combate da corrupção no Judiciário. Precisamos do Tribunal e do CNJ de uma atuação firme para acabar com a violação das prerrogativas dos advogados que se destinam à cidadania”.

Ele citou o caso dos “cancelos” que não deixam os advogados entrarem nas varas judiciais. “Há um equívoco muitas vezes no sentido que o advogado é estranho à Justiça, mas o advogado é integrante da Justiça”, disse Queiroz para quem “a situação de dificuldade administrativa e financeira do Judiciário baiano, fez com que a violação das prerrogativas dos advogados que era tópica, passasse a ser sistêmica”. O presidente da OAB-BA disse que entregará ao desembargador Eserval Rocha e ao corregedor do CNJ Francisco Falcão, “uma coleta das violações das prerrogativas ao longo de 2013 que é absolutamente assustador como os advogados são desrespeitados no Judiciário baiano”.

fev
03
Posted on 03-02-2014
Filed Under (Artigos) by vitor on 03-02-2014

==========================================================

DEU NO BLOG DO CAMAROTTI

G1

Vice-presidente da Câmara, o deputado André Vargas (PT-PR) aproveitou a abertura do ano legislativo para fazer provocações ao presidente do STF, Joaquim Barbosa, que sentou-se a seu lado no Congresso. Durante a solenidade, o petista reproduziu o gesto dos companheiros condenados no momento da prisão; também posou para um “selfie”. Barbosa, relator da ação, ignorou o ato. Imagens de Orlando Brito

============================================================

DEU NO BLOG DE MÁRIO MAGALHÃES ( O blog agora está no Facebook e no Twitter )

Com imensa felicidade, compartilho uma ótima notícia: a biografia “Marighella – O guerrilheiro que incendiou o mundo” (Companhia das Letras) conquistou o Prêmio Literário Casa de las Américas 2014, na categoria literatura brasileira. O anúncio dos vencedores da 55ª edição do tradicionalíssimo concurso foi feito numa cerimônia em Havana.

Entre os escritores que já receberam, desde os idos de 1960, o Prêmio Casa de las Américas estão os argentinos Ricardo Piglia, Beatriz Sarlo e Juan Gelman, o uruguaio Eduardo Galeano, o chileno Antonio Skármeta e o nicaraguense Sergio Ramírez.

Igualmente expressivo é o time brasileiro de laureados pela instituição cultural cubana, no qual perfilam romancistas, contistas, poetas, dramaturgos, historiadores e ensaístas, entre eles, por ordem de premiação: Oduvaldo Vianna Filho (em 1964), Edilberto Coutinho, Ana Maria Machado, Moacyr Scliar, Deonisio da Silva, Guiomar de Grammont, João Almino, Júnia Furtado, José Murilo de Carvalho, Alberto Mussa, Rubem Fonseca, Lêdo Ivo, Nélida Piñon, João José Reis, Chico Buarque, Luiz Ruffato e Luiz Bernardo Pericás.

Diante dessa seleção, sento-me alegremente no banco de reservas, orgulhoso de entrar para o clube.

O historiador Luiz Bernardo Pericás, professor da USP, conquistou em 2014 o prestigioso Prêmio Ezequiel Martínez Estrada, também no âmbito do Prêmio Casa de las Américas, pela edição em espanhol do seu livro “Che Guevara y el debate económico em Cuba”. Em 2013, o Prêmio Ezequiel Martínez Estrada coube a Chico Buarque.

A relação completa de vencedores de 2014 pode ser lida clicando aqui, no despacho da Agência France Press.

A justificativa do júri para a escolha de “Marighella” está no portal da Casa de las Américas (leia aqui).

Este é o quinto prêmio da biografia. Antes, o livro recebeu o Prêmio Jabuti, o Prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte), o Prêmio Direitos Humanos e o Prêmio Botequim Cultural.

Minha gratidão a tanta gente que deu e dá força ao livro, sobretudo aos leitores que o têm acolhido com enorme e comovente generosidade

=======================================================

São Francisco são”:Música extraída do CD e DVD “Salve São Francisco”, de Geraldo Azevedo, que celebram a beleza do rio São Francisco, importante cenário de sua infância.

Vai para Douglas Dourado, aniversariante desta segunda-feira, 03 de fevereiro, sempre querido e lembrado radialista esportivo do vale do Velho Chico (atualmente aposentado) em Juazeiro, margem baiana do rio do coração de gregos e pernambucanos.

Leal e generoso por natureza , Douglas é amigo e colaborador da primeira hora do Bahia em Pauta. Figura humana especial e de sensibilidade à flor da pele. Para ele vai o canto do BP nesta segunda-feira.

Parabéns, Douguinho!!!

(Vitor Hugo e Margarida)

fev
03


Eserval Rocha: CNJ presente na posse

===================================================

DEU NO JORNAL A TARDE (Portal Online)

Regina Bochicchio

O desembargador Eserval Rocha toma posse, nesta segunda-feira, 3, no Fórum Ruy Barbosa, como presidente efetivo do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). Participa da solenidade o ministro-corregedor do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Francisco Falcão, que conduzirá nova devassa na Justiça baiana.

A correição começa nesta segunda e se estende até a quarta, 5, quando a equipe do CNJ deve anunciar resultados.

Falcão foi o responsável pelo relatório de correição que afastou em novembro o então presidente do Tribunal, Mário Alberto Hirs, e a ex-presidente Telma Brito.

Realizada em abril de 2013, a inspeção apurou irregularidades nos processos e pagamentos de precatórios e suposta omissão de Hirs e Telma Brito diante da situação.

Afastado pelo CNJ, presidente do TJ-BA elege sucessor
Desembargador Eserval Rocha é eleito presidente do TJ-BA

O foco do CNJ, agora, serão as unidades administrativas e judiciais de primeiro e segundo graus, além dos órgãos prestadores de serviços notariais e de registro (cartórios). Entre os pontos levantados pelo CNJ na ocasião estão a ausência de realização de concurso público – o que contrariou outra determinação do órgão, anterior a essa visita.

Informação divulgada pelo CNJ diz que, “de acordo com a Portaria n. 21, a correição realizada em 2013 foi motivada por indícios de descumprimento de determinações anteriores da Corregedoria Nacional de Justiça, feitas nas gestões dos ministros Gilson Dipp e Eliana Calmon”.

Ineditismo

Devido ao afastamento de Mário Alberto Hirs, será a primeira vez em décadas que a posse para a presidência do TJ não será conduzida pelo presidente do Judiciário. Como Eserval Rocha é atual vice-presidente, a transição será feita pela 2ª vice-presidente, desembargadora Vera Lucia.

Avesso a conversas com a imprensa, desde que tomou posse como presidente interino logo após afastamento de Hirs, Eserval falará pela primeira vez com veículos de comunicação, ao lado do governador Wagner, logo após a sua posse.

Pouco antes da posse, às 8h30, o corregedor Francisco Falcão também dará entrevista à imprensa

Comentários de fontes que transitam no Tribunal de Justiça baiano dão conta que Eserval está “tranquilo” porque “arrumou a casa” às pressas, antes da chegada do CNJ.

Entre as ações está a republicação do edital para concurso público para delegatários de cartórios extrajudiciais (coisa que Mário Hirs iniciou) e publicação dos precatórios por ordem cronológica. Eserval também determinou o recálculo de precatórios com trânsito em julgado (quando não há mais espaços para recursos).

Auditoria

Outra medida foi a publicação do edital de licitação para contratar auditoria externa com finalidade de passar um pente fino na folha de pessoal do Judiciário baiano, conhecida pelos “supersalários” de servidores e magistrados.

A finalidade é identificar os gargalos da folha e supostas irregularidades. Isso ajudará a economia no orçamento, diz o TJ em nota. O tribunal deve investir até R$ 563 mil na contratação da auditoria, valor global previsto no edital.

Ao final da análise será apresentado relatório com recomendações de “controle para redução de gastos e eliminação das falhas porventura identificadas”.

fev
03
Posted on 03-02-2014
Filed Under (Artigos) by vitor on 03-02-2014


=====================================================
Sid,hoje, no Bahia em Pauta

=================================================

Abrazame Asi
Mário Clavell (composiçãi)

abrázame asi
que esta noche yo quiero sentir
de tu pecho el inquieto latir
cuando estas a mi lado
abrázame asi
que en la vida no hay nada mejor
que decirle que sí al corazón
cuando pide cariño
a…brázame así
que en un beso te voy a contar
el más dulce secreto de amor
que hay en mi corazón
acércate a mí
que esta noche vivamos los dos
la mas linda locura de amor

BOM DIA!!!

fev
03

=========================================================


DEU NO PORTAL EUROPEU TSF

O cineasta norte-americano Woody Allen rejeitou neste domingo, 2, as acusações de abusos sexuais feitas pela filha adotiva Dylan Farrow, classificando-as de «falsas e vergonhosas».

«Woody Allen leu o artigo [de Dylan Farrow] e considera-o falso e vergonhoso», disse o agente do cineasta, Leslee Dart, no dia após a publicação da carta aberta escrita pela filha, de 28 anos, num blogue do jornal New York Times.

Na carta, Dylan Farrow acusa-o de agressões sexuais quando ela era criança.

O agente do cineasta disse ainda que Allen irá responder «muito em breve» a estas acusações de forma mais detalhada, e recordou que nunca foram apresentadas neste caso, porque a investigação independente não encontrou provas.

«Os peritos concluíram que não havia provas credíveis de agressão sexual, e que Dylan Farrow não conseguia distinguir entre fantasia e realidade, e provavelmente teria sido induzida a fazer as acusações pela mãe, Mia Farrow», disse ainda o agente de Allen.

Woody Allen, de 78 anos, que deixou Mia Farrow após começar uma relação com a filha adotiva da atriz, de outro casamento, Soon-Yi Previn, negou sempre ter agredido sexualmente Dylan Farrow.

  • Arquivos

  • Fevereiro 2014
    S T Q Q S S D
    « jan   mar »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    2425262728