Hank Jones, na medida do entardecer na capital do berimbau!

(Gilson Nogueira)


Papa Francisco é decididamente pop/Foto Reuters/DN

===========================================================

DEU NO NO DIÁRIO DE NOTÍCIAS, DE PORTUGAL

O papa Francisco pediu hoje aos católicos que sejam “cidadãos digitais” construtivos ao usarem a Internet, que definiu como um “dom de Deus”, para manifestarem solidariedade.

O papa argentino publicou a primeira mensagem sobre comunicações sociais, uma tradição anual por ocasião da festa de São Francisco de Sales, padroeiro dos jornalistas, com o título: “A comunicação ao serviço de uma autêntica cultura do reencontro”.

Nesta mensagem, que aborda o fenómeno das redes sociais num tom claramente confiante, mas sem esquecer os perigos, o papa afirma que “a Internet pode oferecer mais possibilidades de reencontro e de solidariedade entre todos, o que é uma coisa boa, um dom de Deus”.

A Igreja deve empenhar-se na Internet “para levar ao homem ferido”, na via digital, “o óleo e o vinho”: “Que a nossa comunicação seja um óleo perfumado para a dor e um bom vinho para a alegria”, considera Francisco, numa fórmula inspirada nos Evangelhos.

Na mensagem, Francisco lembra que a exclusão, desorientação, condicionamento, doença, ignorância do outro podem existir também na Internet.

O papa Francisco é seguido por mais de dez milhões de cibernautas na rede social de mensagens instantâneas ‘Twitter’.

“Está havendo é uma tremenda personalização de decisões que são coletivas, mas querem transformar em decisões de Joaquim Barbosa”

======================================================

DEU NA TRIBUNA DA BAHIA/FOLHAPRESS

Em viagem a Paris, o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Joaquim Barbosa, criticou os colegas que assumiram o comando da corte durante suas férias por terem dado “um mês a mais de liberdade” ao ex-presidente da Câmara João Paulo Cunha (PT-SP), condenado no esquema do mensalão.

O tom de Barbosa foi de crítica aos colegas –Cármen Lúcia e Ricardo Lewandowski– que assumiram a presidência interinamente em janeiro e não assinaram o mandado de prisão do petista.

Conforme publicado na coluna Painel da Folha de hoje, o ministro Ricardo Lewandowski disse que não decretará as prisões de João Paulo Cunha (PT) e Roberto Jefferson (PTB) até o próximo dia 31, porque Barbosa e a ministra Cármen Lúcia, que também comandou a corte neste mês, não consideraram o tema urgente.

Os recursos apresentados pela defesa do deputado foram rejeitados por Barbosa no dia 6 de janeiro, horas antes do magistrado deixar o Brasil em férias.

“Qual é a consequência concreta disso? A pessoa condenada ganhou quase um mês de liberdade a mais. Eu, se estivesse como substituto, jamais hesitaria em tomar essa decisão”, afirmou.

Barbosa alega que não teve tempo hábil para assinar o mandado porque a decisão ainda não havia sido comunicada à Câmara de Deputados nem ao juiz de execuções penais.

“Não é ato [pessoal] de Joaquim Barbosa. O ministro que estiver lá de plantão pode, sim, praticar o ato. O que está havendo é uma tremenda personalização de decisões que são coletivas, mas querem transformar em decisões de Joaquim Barbosa”, declarou.
Ministro Joaquim Barbosa

Cármen Lúcia assumiu interinamente a presidência do Supremo no dia 7. Lewandowski, com quem Barbosa protagonizou discussões ásperas ao longo do julgamento do mensalão em 2012, está no comando da corte desde a última segunda (20).
Editoria de Arte/Folhapress

Indagado se a não assinatura do mandado do petista visava desgastá-lo, o presidente Joaquim Barbosa foi irônico: “O presidente do STF responde pelo STF no período em que ele estiver lá à frente, sobretudo nas questões urgentes. Saber se um mandado de prisão é uma questão urgente ou não é a avaliação que cada um faz”.

FÉRIAS

Joaquim Barbosa também disse que considera “uma tremenda bobagem” as críticas que vem sofrendo por ter recebido R$ 14 mil em diárias para viajar à Europa durante as férias.

Ele disse que seus compromissos em Paris e Londres são de interesse público porque ele está representando o Poder Judiciário no exterior. Segundo o STF, o presidente interrompeu o descanso para cumprir compromissos oficiais na Europa.

“Eu acho isso uma tremenda bobagem. Nós temos coisas muito mais importantes a tratar. É uma coisa muito pequena. Veja bem, você viaja para representar o seu país, para falar sobre as instituições do Brasil e vocês estão discutindo diárias?”, disse o presidente do STF, ao sair de uma reunião na Sorbonne.

jan
23
Posted on 23-01-2014
Filed Under (Artigos) by vitor on 23-01-2014


=======================================================
Frank, hoje, no jornal Notícias (SC)

DEU NO PORTAL A TARDE

O Ceará segue fazendo bonito na Copa do Nordeste. Nesta quarta-feira, pela segunda rodada, venceu o Treze, na Paraíba, e manteve os 100% de aproveitamento. Por outro lado, Bahia e Santa Cruz se enfrentaram e seguem sem vencer.

Pelo Grupo C, o Ceará passou pelo Treze, por 1 a 0, no Estádio Presidente Vargas, em Campina Grande. Leandro Brasília fez o gol da vitória do time cearense, que chegou aos seis pontos e se manteve em primeiro lugar. Os paraibanos conheceram o segundo revés seguido e amargam a lanterna da chave.

Outros dois jogos aconteceram pelo Grupo B. No interior da Bahia, o Vitória da Conquista empatou com o CSA, por 2 a 2. Os baianos somaram o primeiro ponto no campeonato e aparecem em terceiro lugar. Situação contrária a dos alagoanos, líderes, mas agora com quatro.

Ainda no mesmo grupo, Bahia e Santa Cruz ficaram no 1 a 1, na Arena Fonte Nova, em Salvador. Rhayner e Tiago Costa fizeram os gols da partida. O Tricolor é o lanterna, com um ponto, e o Santinha o segundo colocado, com quatro – perde para o líder por causa do saldo de gols: 3 a 1.

Por fim, pelo Grupo A o Vitória não tomou conhecimento do Confiança e venceu por 3 a 1, no Sergipe. Willie, Mateus Salistiano e José Welison marcaram para o Leão, que se recupera depois de ter estreado com derrota para o América-RN: é o terceiro, com três pontos. O Confiança conheceu mais um revés e é o último.


Evo a caminho do Congresso para fazer
seu discurso.

=====================================

DEU NO DIÁRIO DE NOTÍCIAS, DE PORTUGAL

O Presidente de Bolívia, Evo Morales, assinalou esta quarta-feira, 22, o início do seu nono ano na Presidência com um discurso em que defendeu a aposta no desenvolvimento pacífico da energia nuclear, que inclui a construção de um reator.

Durante um diacurso de quase cinco horas, Morales disse que o desenvolvimento nuclear converteu-se em “prioridade estratégica” do Estado boliviano.

Em outubro, o dirigente boliviano dissera que tinha o apoio da Argentina e da França, além do Irã, que oferecera publicamente o seu apoio à Bolívia.

O anúncio ocorreu dois dias depois de o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano para os Assuntos Europeus e Americanos, Mayid Tajt Ravanchi, ter visitado La Paz, onde se reuniu com Morales.

O vice-ministro iraniano dissera antes, em Teerã, que o assunto nuclear estava na agenda da sua deslocação à América Latina, que também incluiu Venezuela e Cuba.

Em outubro, Morales deve apresentar-se às eleições presidenciais para procurar obter um terceiro mandato.

“Dommage Dommage”: “Que pena, que pecado, o tempo que passou não volta mais”

Aproveite bem, então, o tempo que falta, os dias que virão.Comece agora!

BOM DIA!!!

(Vitor Hugo Soares)

  • Arquivos