=====================================


DEU NO DIÁRIO DE NOTÍCIAS, DE PORTUGAL

A companheira de François Hollande, Valérie Trierweiler, deixou na tarde deste sábado,18, o hospital em Paris onde tinha dado entrada a 10 de janeiro após revelações sobre a relação do Presidente francês com uma atriz, noticiaram os jornais.

Questionada pela agência France Presse, a presidência francesa escusou-se a comentar, enquanto os mais próximos da primeira-dama se mantêm em silêncio.

Vários órgãos de comunicação social noticiaram que Valérie Trierweiler havia saído do hospital e dirigiu-se para a “Lanterne”, a residência presidencial situada perto de Versailles, para repousar.

Valérie Trierweiler, 48 anos, jornalista e mãe de três crianças, foi hospitalizada no dia 10 de janeiro, devido à consternação causada pela publicação, pela revista francesa Closer, de um dossiê especial sobre “o amor secreto do Presidente”, em que se narrava uma suposta ligação entre François Hollande e a atriz Julie Gayet.

O Presidente, que não desmentiu a existência desta relação, visitou a companheira na quinta-feira à tarde.

Na terça-feira, numa conferência de imprensa, Hollande recusou comentar a sua vida privada, admitindo que o casal vive “momentos dolorosos”.

Be Sociable, Share!

Comentários

Lilyane on 19 Janeiro, 2014 at 17:59 #

Olhe, isso é um desrespeito, principalmente na figura de um chefe de estado. Ela deveria pedir ‘demissão’. Ou não?


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos