======================================================
LAVAGEM DO BONFIM

Gilberto Gil (letra)

Gal Costa (voz)

Lavagem do Bonfim, quinta-feira
Sai da conceição da praia a primeira
Talagada de batida na praça Cairo
Levanta a pista ao alto Lacerda
Mais parece um corredor que envereda
Uma pista de corrida, correr pro céu azul
Olha a vertigem virgem Maria
Te segura criatura que o dia
Inda tá menino moço, o almoço inda tá cru
Segura bem na mão da menina
Poupa teu coração que é só na colina
Que o santo serve o Caruru
Timbau, pandeiro, som de guitarra
Tanta roupa branca, tanta algazarra
Zona franca de folia, de fé, de devoção
Foto de lambe-lambe alegria
Vai passar pelo moinho da Bahia
Mais de trinta graus de calor, amor e emoção
Lembra bem dos degraus da igreja
Guarda um pouco de suor pra que seja
Misturadas às águas e às magoas de lavar o chão
Faz tempo que passou da calçada
Segura os joelhos nessa chegada
Que o peito arde de paixão
———————————————————–
TODOS À COLINA SAGRADA, QUE HOJE É DIA DE CAMINHADA E DE SUOR PARA PEDIR, AGRADECER, FESTEJAR E AJUDAR A LAVAR AS MÁGOAS NAS ESCADARIAS DO BONFIM.

BOM DIA!!!

(Vitor Hugo Soares)

Be Sociable, Share!

Comentários

Cida Torneros on 16 Janeiro, 2014 at 14:33 #

SALVE NOSSO SENHOP DO BONFIM!


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos