Galvão: o nome do PR no Turismo
================================================

DEU NO PORTAL A TARDE

Rodrigo AguiarA Secretaria de Turismo do Estado da Bahia será comandada pelo PR, anunciou o deputado federal José Rocha, presidente estadual do partido. Indicação da legenda, o vice-presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav), Pedro Galvão, assumirá a pasta, anteriormente comandada por Domingos Leonelli.

O socialista deixou a Setur depois que o PSB se tornou um adversário eleitoral do governo, com o lançamento da candidatura da senadora Lídice da Mata à sucessão de Jaques Wagner. “Habemus secretário. O governador confirmou o nome”, disse o parlamentar. A definição saiu ontem, após reunião com Wagner.

O PR aguarda agora o posicionamento do governador sobre outro pleito: a Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder). Este espaço, no entanto, não seria novidade para o partido, já que o antigo presidente do órgão, José Lúcio Machado, é ligado ao ministro dos Transportes, César Borges (PR). O engenheiro civil deixou a companhia para assumir a presidência da Valec, estatal que cuida das ferrovias.
“O governador está com o nome para avaliar. Ele ficou de ver o mais rápido possível”, declarou Rocha, que não quis citar o indicado.

O deputado adiantou, porém, a data do evento que formalizará do apoio do PR à candidatura do petista Rui Costa, secretário da Casa Civil, ao governo baiano. O ato será no dia 10 de fevereiro, às 9h, na sede da União dos Municípios da Bahia (UPB).

Dança das cadeiras

A mudança no Turismo é apenas uma das alterações que Wagner precisará fazer em sua equipe, já que muitos secretários disputarão as eleições deste ano. A data estipulada pelo governador para o anúncio dos que deixarão a administração estadual é até esta quarta-feira, 15.

Apesar de o chefe do Executivo baiano negar a existência de uma reforma do secretariado, mudanças estão previstas em pelo menos dez secretarias. A princípio, os titulares que concorrerão a cargos políticos precisariam deixar seus postos apenas no começo de abril, segundo a legislação eleitoral.

No entanto, os únicos que devem permanecer em suas funções até lá são o vice-governador Otto Alencar, secretário de Infraestrutura, e o próprio Rui Costa. Entre os nomes já confirmados pela Secretaria de Relações Institucionais para deixar o governo, estão Jorge Solla (Saúde), Eduardo Salles (Agricultura), Paulo Câmera (Ciência e Tecnologia), Robinson Almeida (Comunicação), Moema Gramacho (Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza) e Elias Sampaio (Promoção da Igualdade).

À exceção de Elias, que tentará uma vaga na Assembleia Legislativa da Bahia, todos concorrerão a uma cadeira da Câmara Federal, de acordo com a Serin (acompanhe a dança das cadeiras dos secretários no quadro).

No caso da Secretaria de Ciência e Tecnologia, há grandes chances de a ex-vereadora Andrea Mendonça substituir Câmera, mantendo o PDT no comando da pasta. Ela é irmã do deputado federal Félix Mendonça Jr, presidente do PDT na Bahia.

Além da reunião com o PR, Wagner também se encontrou ontem com representantes do PRB, sigla do atual secretário de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Almiro Sena, cuja candidatura a deputado estadual é cogitada.

Be Sociable, Share!

Comentários

Glauvania M. Jansen on 15 Janeiro, 2014 at 18:25 #

CAMINHADA DA LUA CHEIA
Meditação andando
16 de janeiro 2014 – Gratuita
Das 18:45 às 22 horas
Praoa do Catussaba – Itapuan – SSA/BA


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos