http://youtu.be/ON8CAFEKJ8Q

====================================================

==========================================================

Um “objeto voador” não identificado avistado à luz do dia na cidade alemão de Bremen, levou à interrupção do tráfego aéreo local e, depois, foi visto sobrevoando o estádio do Werder.

Depois de ter provocado a interrupção do tráfego aéreo no aeroporto de Bermen, o objeto foi visto na zona do estádio do Werder Bremen.

As informações dizem que a aparição do objeto sobre o estádio do Werder aconteceu pela segunda vez na parte da tarde, já depois do que aconteceu de manhã no aeroporto.

O objeto , segundo testemunhas, passou a cerca de 300 metros do Estádio.

A polícia alemã diz estar investigando o que terá acontecido, sobretudo tendo em vista os prejuízos causados pela interrupção do tráfego.

«Não sabemos o que era, mas havia algo», disse um elemento da polícia local.

O ‘incidente’ aparece hoje no noticiário geral dos jornais alemães, principalmente os de Bremen.

(Postado por Vitor Hugo Soares, com informações do portal europeu TSF)

Be Sociable, Share!

Comentários

Ivan de Carvalho on 9 Janeiro, 2014 at 1:37 #

O “objeto voador” avistado em Bremen, Alemanha, era um UFO do tipo ranzinza. Daqueles que não gostam de deixar espaço para hipóteses de que poderiam ser balões meteorológicos, meteoros, helicópteros, aviões, planeta Vênus, coisas que os governos tentam sempre jogar no noticiário para confundir e instilar a dúvida sobre a existência e incômoda presença constante – melhor dizer, permanente – dos UFOs no planeta.
Ainda assim, teve-se, no caso de Bremen, a ousadia de lançar a hipótese de ser um drone, esses aviões sem piloto enviados para cumprir missões de espionagem e outras mais cavernosas em território inimigo. Mas uma característica essencial de um drone é ser discreto e o UFO de Bremen era brilhante, berrante mesmo, constituído por uma escandalosa luz branca que deixava bem claro a que veio.
Então era UFO mesmo. Fez, em vôo, manobras radicais e velozes que aviões, helicópteros, drones, balões meteorológicos, o planeta Vênus e muito menos meteoros seriam capazes de fazer.
Filmado, ele sobrevoou a cidade de Bremen durante cinco horas, alternadamente aparecendo e desaparecendo do radar do aeroporto de Bremen das 16:30 horas às 21:30 horas, horário local. Portanto, parte do tempo durante o dia, parte já à noite. Deu-se ainda ao luxo de sobrevoar a 300 metros de altura o estádio do conhecido time de futebol Werder Bremen e nada menos de quatro vezes a casa de um cidadão, que ficou muito admirado com a preferência.
No aeroporto de Bremen, foi um reboliço. Um avião que viria de Frankfurt teve seu vôo cancelado. E um que partiu de Munique com destino a Hanover foi desviado para não correr o risco de se envolver com o UFO que se colocara como cão de guarda do aeroporto de Bremen. Outros voos sofreram atrasos.
Tenho um colega de jornalismo, Newton Sobral, que nega absolutamente que os UFOs possam, na improvável hipótese de existirem, estar dando à Terra o ar de sua graça. O argumento de Newton Sobral é radical: “Se eles existem, por que não pousam no Maracanã, em dia de Fla X Flu, provando de vez que estão aí?”
Sempre respondi: “Pergunte a eles”.
Mas, se já estão sobrevoando o estádio do Werder Bremen, talvez não esteja longe o dia do pouso no Maracanã.
Então, se estiver presente lá, Newton Sobral talvez seja capaz de acreditar.


Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos