====================================================

DEU NO PÚBLICO, DE LISBOA

Yusef Lateef, figura lendária do jazz-norte-americano, faleceu na segunda-feira, 23. Com 93 anos de idade, o artista tinha sido diagnosticado com câncer na próstata.

A sua carreira começou nos finais dos anos 1940 e, desde então, Yusef Lateef lançou mais de cinquenta discos pessoais. Embora tenha colaborado com nomes destacados do jazz como Charles Mingus ou Dizzy Gillespie, Yusef ganhou notoriedade pela sua carreira a solo e por ser um dos primeiros a fundir o jazz tradicional com a world music, abrindo-o a influências orientais. É conhecida a sua importância na música do saxofonista John Coltrane, nomeadamente no seu período tardio mais free jazz.

Yusef Lateef começou como saxofonista em Detroit, numa carreira acompanhada pelo trompetista Curtis Fuller e pelo baterista Louis Hayes na década de 1950. Viria a juntar à sua lista de instrumentos de eleição a flauta transversal, o oboé e o fagote, tendo também explorado vários instrumentos orientais. Mudou-se para Nova Iorque nos anos 1960, onde trabalhou com o baixista Charles Mingus e com o saxofonista Cannonball Adderley. Em 1961, gravou o seu álbum mais icônico, Eastern Sounds.

Em 1987, ganhou um Grammy pelo álbum Yusef Lateef’s Little Simphony na categoria de melhor performance new age.

Paralelamente, seguiu uma carreira acadêmica extensa que alternou entre os Estados Unidos e a Nigéria, incluindo um doutoramento na Universidade de Massachusetts.

Em 2010 recebeu o maior prê mio norte-americano para um músico de jazz: o National Endowment for the Arts Jazz Master. Segundo o seu obituário, o artista andou em atividade até o Verão de 2013 nos Estados Unidos.

Tópicos
Música

1

Outros Artigos

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • dezembro 2013
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031