Em reunião promovida pela Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-BA), representantes de vários shoppings centers de Salvador confirmaram que vão cobrar pelas vagas de estacionamento.

Os representantes dos shoppings Piedade e Center Lapa disseram que passarão a cobrar o mais breve possível. “Para nós, a cobrança é uma questão de necessidade, pois estamos localizados no Centro, região com poucas opções de estacionamento. Guardamos o carro de pessoas que não consomem e ocupam as vagas durante todo o dia”, disse Carlos Medeiros Netto, representante do Piedade.

O representante do Center Lapa, Eduardo Faria, ressaltou que, mesmo oferecendo um estacionamento gratuito, o empreendimento investe pesado em segurança, e ainda é responsável por cobrir danos e roubos dos veículos.

“Já tivemos que ressarcir um ambulante que usou uma vaga para estacionar o carro enquanto trabalhava e teve o veículo roubado”, conta.

Dentre os presentes, o único representante que afirmou que não vai efetuar a cobrança foi o do Outlet Center. “Não temos interesse em cobrar”, afirmou o empresário Emmanuel Maluf, falando pelo centro de compras do bairro do Uruguai.

Durante o encontro, algumas propostas desagradaram os empresários. O presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Salvador (CDL), Haroldo Nuñez, sugeriu que os consumidores ficassem isentos de pagar pelas vagas, por meio de uma nota fiscal que comprovasse a compra no estabelecimento. Entretanto, a maioria dos representantes
e empresários presentes discordou da medida.

José Carlos Poroca, representante do Barra, defendeu que cada centro de compra tem autonomia para decidir como cobrar: “Não é interessante isentar consumidores dessa forma, porque as notas podem ser comercializadas dentro do shopping. Além disso, o investimento com o estacionamento beneficia tanto consumidores como não consumidores”.

Segundo Ricardo Maurício, superintendente do Procon-BA, essa é apenas a primeira de outras reuniões. “O nosso objetivo é acompanhar as discussões e defender que a cobrança cause o menor impacto possível ao consumidor”, disse.

.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • dezembro 2013
    S T Q Q S S D
    « nov   jan »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031