============================================================

OPINIÃO POLÍTICA

Governo tem seu candidato

Ivan de Carvalho

Piada pronta. Houve unanimidade, mas não houve consenso no PT, na escolha do deputado e secretário Rui Costa para candidato do partido a governador.

O Diretório Estadual do partido, reunido a partir das 14 horas de ontem até quase o fim da tarde, aprovou, por unanimidade, documento apresentado por seu presidente, Jonas Paulo (que passa o cargo hoje para o sucessor eleito).
Antes da votação, havia três candidatos. No entanto, o secretário do Planejamento, José Sérgio Gabrielli, que na véspera, após saber que o governador Jaques Wagner indicara Rui Costa ao diretório para candidato ao governo pelo PT, afirmara que “minha candidatura está mantida”, retirou-a ontem e alegou que a candidatura de Costa “agrega mais”.
Muito diferente foi a posição do senador Walter Pinheiro, líder do PT no Senado Federal e um dos que postulavam a candidatura ao governo do Estado. Na véspera, após a impactante declaração do governador Wagner indicando Rui Costa, feita em entrevista a uma emissora de rádio, Pinheiro manteve a candidatura, em entrevista a outra emissora e em discurso no Senado. E ontem não recuou.
Apesar da unanimidade dos membros do diretório aprovarem a proposta de resolução que indica Rui Costa para candidato a governador, Pinheiro disse, logo em seguida, que “não houve consenso”, pois não retirou a candidatura, “mas o PT optou por outra”. Essas coisas, ele não disse sorridente.

Na quinta-feira, o senador já havia sido muito duro. “Eu saí da lista do governador, mas continuo na lista do partido. E aí, PT? Está na mão de vocês. O nosso nome está lá à disposição e o PT vai dizer se efetivamente me quer como provável candidato ou se o PT também resolve me dar bilhete azul.” E, após mais algumas considerações, completou: “Esse é o momento em que não é possível fazer retiradas (de candidaturas), mas se avaliarem que podem nos retirar, nós não nos sentiremos diminutos”.

Avaliaram que podiam. E aí, senador Walter Pinheiro?
Bem, mas isso não é comigo, é lá entre o senador e o PT.

A resolução aprovada pela unanimidade dos 52 votantes da reunião do diretório – à qual também compareceram Rui Costa, Walter Pinheiro, José Sérgio Gabrielli e Luiz Caetano, que há algum tempo já não era candidato, mas não havia oficializado a retirada da pretensão, deixando para fazer isto ontem – recorda que o PT instalou em fevereiro o processo de discussão petista para a chapa governista às eleições majoritárias do ano que vem. Havia quatro nomes em consideração e foi pactuada a busca do consenso, além de realizados encontros regionais e reuniões outras. Como resultado disso decidiu o diretório indicar o nome de Rui.

¬Nos setores políticos que buscam entender e explicar a opção persistente e firme do governador em fazer candidato à sua sucessão o deputado e secretário-chefe de sua Casa Civil e, em seu primeiro mandato no governo, secretário de Articulações Institucionais, além da amizade de três décadas e da confiança tão longamente construída, desde os tempos de sindicalismo de petroquímicos e petroleiros, há mais duas alegações fundamentais e insistentes:
1. O governador está convicto de que o governismo baiano vencerá as eleições com qualquer nome para governador. Então, põe candidato o postulante de sua preferência, mesmo que contra este se argumente que é um candidato de difícil assimilação pelo eleitorado.
2. Ainda que tal convicção dele no futuro se revele enganosa, o candidato Rui Costa vai, no mínimo, defender, na campanha, com unhas e dentes, o governo Wagner, do qual terá participado, em posições de grande influência e destaque, por quase oito anos. E se, como tanto agora se afirma, é um “estudioso” dos problemas baianos, conhecerá profundamente os problemas, obras e planos do governo, estando apto a abordá-los na campanha melhor que qualquer outro petista.

Hoje o PT empossa seu novo diretório e, claro, o sentido do evento é, em verdade, o lançamento festivo da candidatura de Rui Costa.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • novembro 2013
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    252627282930