SP:Dirceu chega à sede da PF

===================================================

DEU NO IG

O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu se entregou na noite desta sexta-feira (15) na sede da PF em São Paulo, onde nesta tarde se apresentou o ex-presidente do PT José Genoino. Ele chegou acompanhado do advogado e foi recebido aos gritos por militantes do PT: “Dirceu, guerreiro do povo brasileiro”. Dirceu e Genoino passarão a noite na carceragem da PF e devem seguir para Brasília no domingo.

Outros sete condenados do mensalão também já se entregaram hoje em seus respectivos Estados: o publicitário Marcos Valério, operador do esquema do mensalão; a ex-presidente do Banco Rural Kátia Rabello, a ex-funcionária de Marcos Valério Simone Vasconcelos, os ex-sócios Cristiano Paz e Ramon Hollerbach e o ex-deputado Romeu Queiroz, todos em Belo Horizonte; e o ex-tesoureiro do PL Jacinto Lamas, em Brasília. Ao todo, são 12 mandados de prisão.

A expectativa é que todos os réus se apresentem espontaneamente à polícia para depois serem encaminhados à Superintendência da PF no Distrito Federal. Uma aeronave já está pronta para o transporte no domingo. Uma vez em Brasília, os réus passarão por exame de corpo de delito e ficarão sob custódia da Polícia Federal. Em seguida, o juiz de execuções penais deverá expedir o documento para que cada um cumpra sua respectiva pena de prisão, respeitando-se o tipo de regime (fechado, semiaberto, aberto), o Estado de origem do réu e a comarca.

Dirceu, condenado a 10 anos e 10 meses de prisão por envolvimento no mensalão, divulgou mais cedo uma “carta aberta ao povo brasileiro”, em que diz que é inocente e que foi condenado sem provas. O texto foi divulgado após ser decretada nesta tarde a ordem de prisão contra o ex-ministro e mais 11 condenados no mensalão. Genoino também divulgou nota, reiterou ser inocente e disse considerar-se um “preso político”.

O presidente da Corte, ministro Joaquim Barbosa, determinou na tarde desta sexta-feira (15) o trânsito em julgado do processo do mensalão para 16 réus, entre eles Dirceu, Genoino e Valério. Mas nem todos esses réus tiveram o mandado expedido. Barbosa usou a prerrogativa de decidir sozinho os casos dos réus e das penas em que não há mais possibilidade de recurso, sem necessariamente submeter essa análise aos demais ministros da Corte.

Veja a lista dos réus que têm mandado de prisão:

– Regime fechado:

1. Henrique Pizzolato, ex-diretor de marketing do Banco do Brasil

2. Marcos Valério, operador do mensalão

3. Cristiano Paz, ex-sócio de Marcos Valério

4. Kátia Rabello, ex-presidente do Banco Rural

5. José Roberto Salgado, ex-executivo do Banco Rural

6. Ramon Hollerbach, ex-sócio de Marcos Valério

– Regime fechado, mas que inicialmente será semiaberto

7. José Dirceu, ex-ministro da Casa Civil

8. Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT

9. Simone Vasconcelos, ex-funcionária de Valério

– Regime semiaberto:

10. Romeu Queiroz, ex-deputado (PTB)

11. Jacinto Lamas, ex-tesoureiro do PL (atual PR)

12. José Genoino, ex-presidente do PT

nov
15
Posted on 15-11-2013
Filed Under (Artigos) by vitor on 15-11-2013

José Genoino, deputado federal do PT(licenciado) e ex-presidente nacional do partido, se entrega na séde da Polícia Federal, em São Paulo, para cumprir pena como um dos condenados pelo Supremo Tribunal Federal no processo do Mensalão
FOTO: ESTADO DE S. PAULO


Genoino se entrega na PF . Foto G1

==========================================================

DEU NO UOL/FOLHA

BRUNO BENEVIDES
DE SÃO PAULO

O ex-presidente do PT José Genoino acaba de se entregar à polícia nesta sexta-feira (15). Ele entrou na superintendência da PF em São Paulo pela porta da frente, acompanhado da mulher e do advogado. Diversos amigos e militantes do PT estavam em frente ao prédio e gritaram mensagem de apoio ao petista: “Viva Genoino”. Genoino, já dentro da superintendência, também gritou: “Viva o PT”.

O STF-Supremo Tribunal Federal expediu 12 mandados de prisão contra condenados no processo do mensalão. Ainda não foi divulgada a lista com os nomes, mas o ex-ministro José Dirceu, o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares e o operador do esquema, Marcos Valério estão nesta primeira leva.

VIVA A REÚBLICA !!!BOA TARDE!!!
composição de Eumir Deodato e Paulo Sérgio Valle.
( GILSON nOGUEIRA, PELA GARIMPAGEM E SUGESTÃO)
)

nov
15
Posted on 15-11-2013
Filed Under (Artigos) by vitor on 15-11-2013


=======================================================
Sid, hoje, no portal de humor A Charge Online

==============================================================

OPINIÃO POLÍTICA

Essa taxa é fogo

Ivan de Carvalho

Está em vigor no Estado da Bahia uma “taxa de incêndio” recentemente instituída por legislação aprovada pela Assembléia Legislativa. Por uma iniciativa do regime militar, o Corpo de Bombeiros, que tinha equipamento e homens capazes de atuar contra manifestações populares de rua (passeatas de estudantes, mais frequentemente, ou eventuais movimentações de origem operária ou partidária), foi militarizado, com sua incorporação às Polícias Militares. Havia, por exemplo, o Brucutu, que era um carro que, com a força do jato de água que as mangueiras dos carros de bombeiro expelem, banhava e dispersava manifestantes.

O veículo especial e sua arma líquida prestavam um serviço aos manifestantes, pois lhes lavava a poeira e os libertava do calor, mas prestavam um desserviço às manifestações, pois ajudavam (junto com as bombas de gás, os cassetetes “fanta”, balas “de festim” e eventualmente, muito raramente, algum tiro com munição real – ainda não estavam em uso o spray de pimenta e as balas de borracha) a dispersar os briosos participantes das manifestações.

As polícias militares, tornadas forças auxiliares do Exército, haviam passado a ser, em cada Estado da Federação, comandadas por um oficial – sempre um coronel do Exército, nomeado pelo governador – que antes dessa mudança nomeava para o cargo um coronel da própria corporação estadual. Mas, com a nova regra dos comandantes das PMs serem coronéis do Exército, quando mais tarde os Corpos de Bombeiros, municipais até então, foram absorvidos pelas PMs, eles passaram a ser submissos, não em teoria, mas na prática, ao Exército, via coronéis do Exército comandantes das PMs.

Com a democratização, supõe-se, as corporações de bombeiros devem refluir para sua missão tradicional, apagar incêndios e atuar em salvamentos, principalmente de pessoas e, eventualmente, de animais. Perdendo sua função militarizada, deveriam ganhar autonomia, seja de comando, seja de atuação, seja financeira, deixando de ser mero apêndice das PMs. E, se alguma arrecadação houver por motivo de incêndio, real ou potencial, toda ela seja para equipar e ampliar o próprio Corpo de Bombeiros, atualmente tão raquítico que dá pena.

Tudo o que aqui foi dito vem a propósito de uma “taxa de incêndio” recentemente criada na Bahia. Proposta do governo do Estado aprovada pela maioria da Assembléia Legislativa. A base de cálculo para o valor da taxa a ser paga é o consumo de energia elétrica, o que é um disparate legal, visto que o potencial de causar incêndio não tem a ver com o consumo de energia elétrica. Talvez algo a ver com o consumo de energia resultante da queima de lenha, carvão, gasolina, álcool (ah, os bêbados!) gás (de cozinha ou veicular) e localização das instalações numa latitude sujeita a calor intenso e sol inclemente. Ou instalações nas quais hajam crianças brincando com fósforos, fogos de artifícios ou adultos soltando balões de São João, malgrado as proibições. Uma barraca de venda de fogos de artifício ou um fabrico deles não gasta muita energia elétrica, mas tem um forte potencial incendiário.

Anuncia-se que está sendo aberto um “canal de negociação” entre o governo e setores fortes da economia que se julgam extremamente prejudicados, não somente por estarem convictos – assim como a oposição na Assembléia Legislativa – de que há, na real, ainda que não na fantasia tributária criada, uma bitributação sobre a energia elétrica, como porque não há sentido em que o consumo de energia elétrica seja a base de cálculo para o tal “risco potencial” de incêndio. Além disso, a divisibilidade relacionada com o serviço prestado é característica indispensável a uma taxa. No caso, está sendo alegada a ausência de divisibilidade dessa taxa. E na verdade, seria um imposto com fim supostamente (porque apenas potencial) específico, o que não pode, tanto como não pode haver bitributação sobre o consumo de energia, sobre o qual já se cobra um obeso ICMS de 27 por cento (chegando a 32,90 por cento, por causa das contribuições PIS e Cofins).

Como a Justiça está concedendo liminares contra a cobrança da “taxa de incêndio”, o governo, meio no mato sem cachorro, abriu um “canal de negociação”, principalmente com o empresariado.

nov
15

http://youtu.be/t9yp7Mvajd4

====================================================

Hino à Proclamação da República do Brasil

Letra: Medeiros e Albuquerque
Música: Leopoldo Miguez

Seja um pálio de luz desdobrado,
Sob a larga amplidão destes céus
Este canto rebel que o passado
Vem remir dos mais torpes labéus!
Seja um hino de glória que fale,
De esperança de um novo porvir!
Com visões de triunfos embale
Quem por ele lutando surgir!

Liberdade! Liberdade!
Abre as asas sobre nós
Das lutas, na tempestade
Dá que ouçamos tua voz.

Nós nem cremos que escravos outrora,
Tenha havido em tão nobre país
Hoje o rubro lampejo da aurora,
Acha irmãos, não tiranos hostis.
Somos todos iguais, ao futuro
Saberemos unidos levar,
Nosso augusto estandarte, que puro,
Brilha ovante, da Pátria no altar.

Liberdade! Liberdade!
Abre as asas sobre nós
Das lutas, na tempestade
Dá que ouçamos tua voz.

Se é mister que de peitos valentes,
Haja sangue em nosso pendão,
Sangue vivo do herói Tiradentes,
Batizou este audaz pavilhão.
Mensageiros de paz, paz queremos,
É de amor nossa força e poder
Mas da guerra nos transes supremos,
Eis de ver-nos lutar e vencer.

Liberdade! Liberdade!
Abre as asas sobre nós
Das lutas, na tempestade
Dá que ouçamos tua voz.

Do Ipiranga é preciso que o brado,
Seja um grito soberbo de fé,
O Brasil já surgiu libertado,
Sobre as púrpuras régias de pé.
Eia pois, brasileiros, avante!
Verdes louros colhamos louçãos,
Seja o nosso país triunfante,
Livre terra de livres irmãos!

Liberdade! Liberdade!
Abre as asas sobre nós
Das lutas, na tempestade
Dá que ouçamos tua voz.

=================================================

Salve o 15 de Novembro!!!

BOM DIA!!!

nov
15
Posted on 15-11-2013
Filed Under (Artigos) by vitor on 15-11-2013


Honras para Jango em Brasília
————————————————————————-

==============================================================

SENTIMENTOS ALTERNADOS

Maria Aparecida Torneros

Tenho vivido a mistura de sentimentos alternados. Ora, são as dores fisicas que incomodam, males de coluna vertebral, osteoporose, vou cuidando, prisioneira da fisioterapia. Os dolorosos processos emocionais, estes, a gente vai driblando como pode, acompanhando a mãe idosa, suas limitações, enquanto as perdas de amigos, familiares e até desconhecidos trazem a comoção impossivel de conter. Um tufão nas Filipinas, a violência nas cidades, os maleficios das drogas, o assassinato de crianças indefesas, a sensação da falta que o amor faz em tantos corações. A novela que se intitula “amor à vida” se passa infestada de ódios, vinganças, traições, decepções e eu me pergunto se a vida é mesmo assim, irremediavelmente cheia de pesares.

Mas, na virada do tempo, eis que há palavras carinhosas, sorrisos que me chegam na distância, vindos da Espanha, vontades de abraçar, beijar, acolher, proteger e ser protegida.

Há uma compensação que reconforta, sobretudo. No teatro politico institucional, o ex presidente João Goulart é recebido, em restos mortais, com honras de chefe de Estado, na mesma Brasília de onde saiu para o exílio, em momento negro da história do Brasil. O Superior Tribunal decide que os condenados do episódio do mensalão devem iniciar o cumprimento de suas penas, imediatamente. Lamento o destino de um deles, amigo de longa data, e lhe escrevo, preocupada.

Recebo dois emails, como resposta. Penso que são mesmo prova de amor à vida: “Beijos, tô na luta, fique bem”, ele disse ontem. Hoje, o Zé me enviou mais um,
suscinto, mas definitivo, como a Vida : ” To em Sampa, na luta”.

Agora sei que o nome da novela é melhor assim:
” Amor à luta da Vida”
E o melhor a fazer é mesmo seguir em frente, apesar dos pesares!

Cida Torneros, jornalista e escritora, colaboradora e amiga do BP, mora no Rio de Janeiro e edita o Blog da Cida, onde o texto foi publicado originalmente.

nov
15

DEU NO PORTAL EUROPEU TSF

O governo brasileiro reconheceu que a taxa de desmatamento da Amazônia sofreu um aumento de 28 por cento num ano, após quatro anos de quebra no desaparecimento de floresta no “pulmão do mundo”.
A ministra brasileira do Ambiente confirmou que desapareceram mais de 580 mil hectares de árvores protegidas na Amazónia entre o verão de 2012 e o verão de 2013, uma área equivalente ao Algarve, em Portugal.
Rejeitando as acusações dos ambientalistas, que culpam o novo código florestal do Brasil por esta situação, Izabela Teixeira assegurou que não houve desinvestimento na vigilância da Amazónia.
A titular brasileira da pasta do Ambiente adiantou ainda que esta devastação florestal é obra de grupos organizados, ganhando dinheiro com a venda da madeira e outros que querem ocupar a terra que fica disponível.
«São dinâmicas diferentes de desmatamento», concluiu Izabela Teixeira que prometeu trabalhar para combater a desflorestação nesta região, tendo também prometido apresentar números diferentes dos deste ano.

  • Arquivos

  • novembro 2013
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    252627282930