“Hayan”:Cerca de 4,5 milhões de pessoas afetadas na zona central das Filipinas
Foto REUTERS/Edgar Su/DN

DEU NO DIÁRIO DE NOTÍCIAS, DE LISBOA

A ONU estimou nesta segunda-feira, 11, que cerca de 10 mil pessoas morreram só na cidade filipina de Tacloban, segunda uma responsável das Nações Unidas. Horas antes, a ONU havia adiantado que haveriam 10 mil mortos no país na sequência da passagem do violento tufão “Haiyan”, advertindo que o mundo deve “esperar pelo pior” em relação ao número final de vítimas.

“As autoridades locais estimam que perto de 10 mil pessoas morreram em apenas uma cidade”, disse a chefe das operações humanitárias da ONU, Valerie Amos, referindo-se a Tacloban.

John Ging, diretor de operações do gabinete de coordenação dos assuntos humanitários da ONU, precisou ainda que 660 mil pessoas foram obrigadas a sair das respetivas casas por causa das violentas condições meteorológicas.

O responsável indicou que a ONU vai lançar um apelo para angariar uma ajuda internacional significativa para as vítimas.

O tufão “Haiyan” devastou a zona central do arquipélago das Filipinas na sexta-feira, com ventos de mais de 250 quilómetros por hora e ondas de mais de cinco metros de altura.

Cerca de 4,5 milhões de pessoas terão sido afetadas na zona central das Filipinas, de acordo com os responsáveis governamentais.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • novembro 2013
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    252627282930