nov
10
Postado em 10-11-2013
Arquivado em (Artigos) por vitor em 10-11-2013 20:53


Cajá, ex-Ponte,festeja primeiro gol do Vitória

============================================

DEU NO CORREIO

Eudes Benicio
esportes@portalibahia.com.br

O Leão não tomou conhecimento dos donos da casa, mostrou superioridade e venceu a Ponte Preta por 3 a 0, em pleno Moisés Lucarelli, na tarde deste domingo (10). Melhor em campo desde o início da partida da 33ª rodada do Brasileirão, o Rubro-negro marcou os três gols num ótimo primeiro tempo, com Renato Cajá, Ayrton e Dinei. A Macaca ainda tentou reagir na segunda etapa, mas o Leão soube administrar o resultado e garantiu a décima quarta vitória no campeonato e entrou de vez na briga pelo G-4.

O Vitória passou o Atlético Mineiro na tabela e assumiu a sexta posição, com 51 pontos. Como o Botafogo permaneceu com 53, agora são dois pontos que separam o Rubro-negro de um lugar no grupo de acesso à Libertadores. O drama da Ponte Preta continua na zona do rebaixamento e com o mesmos 34 pontos o time saiu de campo na 18ª colocação, podendo perder um lugar para o Criciúma ainda nesta rodada.

A 34ª rodada acontece no meio da semana e o Vitória tem compromisso em casa diante do líder isolado do Brasileirão. O duelo com o Cruzeiro acontece na quarta (13), às 20h50, no horário de Salvador. No mesmo dia, às 19h30, no horário de Brasília, a Ponte Preta visita o Goiás no Serra Dourada.

O jogo – Bem distribuído em campo, o Leão começou bem a partida, sem deixar espaços na defesa, mas também conseguindo chegar ao ataque e levar perigo para o gol da Ponte Preta. As melhores oportunidades no início do embate foram do Vitória, com mais posse de bola e organização tática que o rival. Na marca dos oito minutos o travessão impediu que uma boa cobrança de falta de Ayrton terminasse no fundo da rede.

As investidas com bolas longas para Danilo Tarracha pela esquerda eram uma das alternativas usadas no esquema ofensivo do Leão e foi por lá que nasceu o gol que recompensou o momento superior do Vitória. Renato Cajá saiu da marcação para receber o cruzamento no centro da área e quase de barriga desviou para colocar a bola no fundo da rede aos 18 minutos.

Depois de abrir o placar o Vitória seguiu superior à Ponte, se aproveitando dos espaços deixados para descer no contra-ataque e fechando todos os espaços para não deixar a Macaca chegar à area do goleiro Wilson. Com liberdade para jogar, o Rubro-negro chegou ao segundo gol aos 29′. Ayrton mandou o chute colocado do lado da área, depois da troca de passes, e Roberto não conseguiu defender.

Sobrando em campo, o Leão ainda fez o terceiro gol antes do intervalo. Na jogada de contra-ataque, Marquinhos arrancou depois de receber o passe, invadiu a área, chutou e Roberto salvou, mas cedeu o rebote. Na volta da bola Dinei já chegava na pequena área e não perdoou, ampliando o placar aos 44 minutos.

Com metade do jogo para tentar reverter a desvantagem construída no primeiro tempo, a Macaca voltou para a segunda etapa tentando mudar a postura em campo. Forçando o ataque para furar o bloqueio rubro-negro, os donos da casa chegaram com perigo aos sete minutos. William sobrou de cara com o gol depois do passe enfiado de Felipe Bastos, chutou e o goleiro Wilson salvou de uma mão só com uma bela defesa.

Diante da maior vontade e objetividade ofensiva da Macaca, o Vitória não mudou sua postura e usou a defesa para tentar segurar os donos da casa enquanto esperava os espaços para dar o bote no contra-ataque. O Leão chegou pela primeira vez aos 17 minutos. Ayrton mandou o cruzamento na medida para o cabeceio de Marquinhos na pequena área e o goleiro Roberto segurou em cima da linha. Mais dedicado à defesa por conta das saídas da Ponte, mas sem deixar de atacar, o Vitória seguiu administrando e levou o placar até o apito final.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • novembro 2013
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    252627282930