DEU NO UOL

TAI NALON
DE BRASÍLIA

A presidente Dilma Rousseff disse nesta terça-feira (5) que são “alarmantes” dados que indicam crescimento de 18% nos registros de estupros no país.

Segundo o 7º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado preliminarmente nesta segunda-feira pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, em todo o Brasil foram registrados 50,6 mil casos. Trata-se de 26,1 estupros por grupo de 100 mil habitantes, contra 22,1 em 2011.

O estudo mostra que o total de casos de estupro superou o total de casos de homicídios dolosos, que, em 2012, registrou 47,1 mil.

“Sabemos que estes registros são, infelizmente, subestimados”, disse a presidente em sua conta oficial no Twitter. “Meu governo é defensor intransigente da igualdade de direitos entre mulheres e homens. Lutamos incansavelmente contra a violência que atinge as mulheres.”

Dilma anunciou pela terceira vez desde março a construção de unidades do projeto Casa da Mulher, anunciado em março passado em evento em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. Segundo ela, “ao longo desta semana”, serão publicados editais para a construção de Casas da Mulher em 26 capitais.

“Nessas Casas, atuaremos em parceria com os demais Poderes para coibir a violência contra a mulher e para ampliar e humanizar o acolhimento e a proteção à mulher vítima de violência”, disse a presidente.

A ideia, conforme seus anúncios, é dar atenção psicossocial a mulheres vítimas de violência de qualquer natureza. Reunirá juizados e varas da mulher, além de promotorias e defensorias.

“A violência contra a mulher é uma vergonha que a sociedade brasileira precisa superar. Para isso é necessário: o fim da impunidade dos agressores, o combate implacável ao preconceito sexista, o respeito às diferenças e o apoio e acolhimento às vítimas.”


Hirs:afastamento imediato do TJB

==============================================


Telma Brito

=============================================

DEU NO PORTAL A TARDE

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) determinou o afastamento dos desembargadores Mário Alberto Hirs, que preside o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), e Telma Brito, ex-presidente do órgão, em julgamento nesta terça-feira, 5.

De acordo com a assessoria do CNJ, o afastamento é imediato após a publicação da decisão, o que deve acontecer nesta terça ou quarta, 6.

O CNJ também determinou a abertura de um processo administrativo disciplinar (PAD) para apurar a acusação de pagamento de precatórios na gestão atual e da desembargadora Telma Brito. O fato teria gerado prejuízo estimado de R$ 448 milhões.

=================================================

Gal Costa canta “Nenhuma dor” numa homenagem a Torquato Neto no Fantástico em 1977. Entre os músicos: Jards Macalé e Wagner Tiso.

BOA TARDE!!!

======================================================

DEU NO DIÁRIO DE NOTÍCIAS, DE LISBOA

por Paula Mourato

Cientistas dos Estados Unidos garantem que uma em cada cinco estrelas como o Sol tem planetas que podem ser habitáveis. Uma dessas estrelas está apenas a 12 milhões de anos luz da Terra e pode ver-se nitidamente do nosso planeta.

Astrônomos norte-americanos explicam que uma em cada cinco estrelas tem vários planetas na sua órbita tal como acontece na nossa Via Láctea, e um desses planetas pode encontrar-se, tal como a Terra, nem demasiado perto nem demasiado longe do seu astro potenciando assim condições, quer de temperatura quer de água, para que possa ser habitável.

Os investigadores das universidades da Califórnia e do Havai acreditam que esses planetas, mais ou menos do tamanho da Terra, possuem uma temperatura superficial propícia à vida, graças às observações realizadas pela nave espacial Kepler da NASA.

Durante a sua missão a Kepler recolheu dados suficientes para determinar quantas das 100 mil milhões de estrelas da nossa galáxia têm planetas potencialmente habitáveis.

A equipe advertiu, no entanto, que os planetas do tamanho da Terra em órbitas similares não são necessariamente adequados à vida, apesar de se encontrarem na “zona habitável” da órbita da estrela. “Alguns podem ter atmosferas que não permitem a sobrevivência das moléculas de ADN”, por exemplo, explica Geoffrey Marcy, professor de astronomia da universidade da Califórnia e autor do estudo


=======================================================

Levi Vasconcelos, jornal A Tarde

A pendenga entre a TV Bahia e o cantor Gerônimo pelo jingle ACM meu amor, uma das joias do marketing político baiano (do qual ele é autor ao lado de Vevé Calazans, falecido no ano passado), tem um novo capítulo.

Nesta segunda, 4, a 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Bahia julgou o caso e acompanhou parecer da desembargadora Maria da Graça Pimentel. A TV Bahia foi condenada a pagar R$ 50 mil de indenização por danos morais e a divulgar, durante três dias, que a dupla Gerônimo e Vevé é autora da peça.

Adiante, a Justiça definirá o valor relativo aos danos patrimoniais.

Gerônimo, que, por conta da pendenga, virou persona non grata na TV Bahia (não aparece de jeito nenhum), ironizou:

– Dinheiro, a TV Bahia tem, isso ela paga fácil. O difícil para ela vai ser dizer que nós somos os autores da música.

A TV Bahia pode recorrer a Brasília (0 STJ), e Gerônimo já avisou:

– Se recorrer, vou fazer barulho em Brasília. Vou levar dois ônibus, uma banda e fazer um show para chamar a atenção sobre o caso.

A gênese do caso – ACM meu amor, de Gerônimo e Vevé Calazans, marcou a trajetória de ACM a partir de 1990.

Gerônimo conta que tinha um acordo com ACM: enquanto ele vivesse, poderia usar a música à vontade. Quando ele morreu, a TV Bahia usou, ele reivindicou direito autoral, a emissora não quis pagar, a briga começou.

* Colunista do Tempo Presente, do jornal A TARDE

nov
05
Posted on 05-11-2013
Filed Under (Artigos) by vitor on 05-11-2013


=======================================================
Regi, hoje, no Correio Amazonense (AM)

==========================================================

OPINIÃO POLÍTICA

Serra garante apoio a Aécio

Ivan de Carvalho

Quando fez um acordo com o presidente nacional do PSDB e aspirante a presidente da República nas eleições do ano que vem, senador Aécio Neves, o – entre outras coisas – ex-deputado, ex-senador, ex-ministro da Saúde, ex-prefeito e ex-governador de São Paulo e duas vezes candidato (derrotado no segundo turno) a presidente da República não desistiu de disputar a sucessão da presidente Dilma Rousseff, candidata do PT. Isso todo mundo sabe.

Na ocasião do anúncio de que não deixaria seu partido por outra legenda que lhe pudesse assegurar a candidatura, Serra declarou que ficaria no PSDB e que “minha prioridade é derrotar o PT”, com o que driblou a pergunta obrigatória que lhe seria feita sobre se continuava ou não aspirante a ser candidato (tucano) a presidente da República.

A prioridade adotada de derrotar o PT – trocada pela prioridade de disputar a eleição presidencial – lhe permite tanto ser o candidato do PSDB quanto apoiar o outro aspirante, no momento muito mais forte, quase hegemônico no partido, Aécio Neves. A opção tucana fica entregue à conjuntura, às circunstâncias e seja o que Deus quiser.

Em entrevista publicada ontem, Serra deu um passo a mais nas direções da unidade do PSDB e de não guardar ressentimento, mas cumprir sua prioridade declarada de derrotar o PT, caso o candidato seja mesmo o senador e ex-governador de Minas Gerais, Aécio Neves. Disse que vai trabalhar a favor da unidade do partido, “com quem for candidato”, ele ou Aécio e radicalizou: “Se Aécio for o candidato, vou trabalhar a favor dele”. O programa Poder e Política, da Folha e UOL, quis saber mais um pouco – se, no caso de não ser ele próprio o candidato, iria fazer campanha, de maneira incessante, a favor de Aécio. “Farei, farei, trabalharei para que haja unidade, primeiro. E segundo, havendo unidade, para que a unidade se projete na campanha”.

Os tucanos são suspicazes. Portanto, ninguém deve imaginar que Serra está amolecendo o jogo e entregando gradualmente os pontos. Lá atrás, ficou entendido que ele não saiu do PSDB, embora haja pensado muito nisso, por entender que fora de seu tradicional partido, o principal da oposição, não encontraria suporte político para uma candidatura que pudesse levá-lo à presidência. Suporte legal encontraria, pois o PPS, partido governado pelo deputado Roberto Freire, insistiu até onde pôde para tê-lo como filiado e candidato à sucessão de Dilma Rousseff. Mas o PPS oferecia um mínimo de propaganda eleitoral na televisão e no rádio, nenhuma estrutura e praticamente nenhuma chance de alianças significativas com outras legendas.

Então ele ficou no PSDB, o que agradou muito a Aécio Neves, interessadíssimo em somar o segundo maior colégio eleitoral do país, Minas Gerais, sua origem, ao maior de todos os colégios eleitorais, São Paulo, onde tem o apoio do governador Geraldo Alckmin (candidato à reeleição), mas precisa da consolidação que Serra pode lhe dar.

José Serra, com a idéia fixa de (mais uma vez, a terceira) ser candidato a presidente da República, permaneceu no PSDB, sabendo que não será fácil ser o nome escolhido pela legenda, mas consciente de que outro caminho para a candidatura viável não existia. No PSDB, ele continua (depois de proclamar a prioridade de derrotar o PT, o que lhe permite defender a unidade do PSDB e, se for o caso, que pena, apoiar Aécio Neves para valer) candidato à sucessão de Dilma Rousseff e esperando.

O básico é esperar que o fato de ser muito mais conhecido do eleitorado por enquanto (com o recall da eleição presidencial de 2010, sem contar a de 2002 e a passagem considerada muito boa pelo Ministério da Saúde no segundo mandato de FHC) o mantenha bem junto ao eleitorado até o momento da decisão partidária, ao tempo em que a candidatura de Aécio Neves não consiga decolar e este prefira (o que a idade ainda lhe permite) adiar a tentativa para 2018. Com todos os riscos que isso implica e que, vistos de hoje, não são poucos nem pequenos.

Afinal, Eduardo Campos, do PSB, está em campo e há quem ainda fale de Lula 2018 – ele mesmo.

=============================================

===============================================

Felizes anos loucos ( e românticos ) !

Sauddaes das matinês nos cinemas de Petrolina(PE) e Juazeiro(BA), no Vale do São Francisco, o rio da minha aldeia.

BOM DIA!!!

(vITOR hUGO sOARES)

  • Arquivos

  • novembro 2013
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     123
    45678910
    11121314151617
    18192021222324
    252627282930