out
23
Postado em 23-10-2013
Arquivado em (Artigos) por vitor em 23-10-2013 10:42


Vista aérea da nova mansão…
———————————————————–


… do bispo Limburgo, Peter Tebartz-van Elst

===========================================================

O Vaticano anunciou a suspensão do “bispo de luxo” de Limburgo, monsenhor Franz-Peter Tebartz-van Elst, depois do escândalo dos seus gastos com a residência oficial.

“A Santa Sé considera oportuno” enquanto se aguardam os resultados do inquérito da Igreja alemã, “autorizar Tebartz-van Elst a passar um período fora da diocese”, indicou o Vaticano num comunicado.

“A Santa Sé foi sempre informada em detalhe e de maneira objetiva sobre a situação na diocese de Limburgo. Desenvolveu-se uma situação na diocese pela qual o bispo não pode exercer atualmente o seu ministério”, diz o texto.

Há 15 dias que o bispo de Limburgo é notícia nos jornais alemães, que o apelidaram de “bispo de luxo”. Em causa os custos da nova casa que mandou construir. Inicialmente prevista para custar 5,5 milhões de euros, custou no mínimo 31 milhões, por causa das exigências suntuosas.

Os meios de comunicação alemães noticiaram que o bispo tentou, durante bastante tempo, esconder o custo real dos trabalhos, que não pararam de aumentar. Os aposentos do bispo terão custado 2,9 milhões de euros, com uma sala de refeições de 63 metros quadrados e uma banheira de 15.000 euros.

O jornal Die Welt afirmou que o montante dos trabalhos poderá atingir os 40 milhões de euros.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos