DEU NO DIÁRIO DE NOTÍCIAS, DE LISBOA

Carlos do Carmo (um dos maiores nomes da canção portuguesa em qualquer época) agendou um “concerto extra”, no grande auditório do Centro Cultural de Belém (CCB), em Lisboa, depois de esgotada a lotação da sala para o espetáculo do dia 30 de novembro.

O “concerto extra” está marcado para o dia 01 de dezembro e, tal como o previsto para o dia 30 de novembro, insere-se nas celebrações dos 50 anos de carreira do fadista.

Nos dois concertos, o criador de “Por morrer uma andorinha” atua com a Orquestra Sinfónica Portuguesa dirigida por Vasco Pearce de Azevedo, e conta ainda com a participação dos músicos José Manuel Neto (guitarra portuguesa), Carlos Manuel Proença (viola), José Marino Freitas (viola baixo) e Antonio Serrano (harmónica).

O grande auditório do CCB tem uma lotação de 1.200 lugares. Esta é uma sala onde o fadista já atuou várias vezes.

Carlos do Carmo, de 73 anos, tem realizado vários espetáculos no âmbito dos 50 anos de atividade artística, principalmente o concerto realizado em junho passado nos claustros do Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa.

A Universal Music, que editou em CD a discografia do criador de “O Homem das Castanhas”, de 1970 a 2012, anunciou que um novo álbum de Carlos do Carmo, “Fado é Amor”, será editado no dia 04 de novembro.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos