===============================================

DEU EM O GLOBO

RIO – Caetano Veloso e Marisa Monte vão fazer uma parceria inédita no palco do Circo Voador para lembrar o desaparecimento e morte do ajudante de pedreiro Amarildo de Souza. O show, batizado de “Somos todos Amarildo”, acontece dia 20 de novembro e terá bilheteria revertida integralmente para o IDDH, Instituto dos Defensores dos Direitos Humanos, que tem um projeto para traçar um perfil dos desaparecidos do Rio de Janeiro, além de dar suporte jurídico e psicossocial aos familiares das vítimas. Os ingressos custam R$ 60 (meia-entrada para estudantes, idosos, menores de 21 anos e para quem levar 1kg de alimento não perecível) e começam a ser vendidos nesta terça-feira ao meio-dia pela internet e nas bilheterias do Circo.

“Nós, músicos, artistas plásticos, empresários e cariocas de diversas áreas, nos organizamos para cobrar rapidez na solução do caso Amarildo, para levantar fundos para ajudar no recomeço de sua família e também na assistência a outras centenas de famílias que passam por situações semelhantes. São muitos os desaparecidos da nossa democracia, Amarildo não é o único caso. Iremos também levantar fundos para o recomeço da família do Amarildo, que além de enfrentar uma tentativa pública de criminalização, com a ausência do pai e sem assistência direta do Estado, viram suas condições materiais, que já eram ruins, piorarem”, diz trecho do comunicado enviado à imprensa nesta segunda-feira.

Para divulgar a campanha, eles publicaram no YouTube, nesta segunda, um vídeo (veja acima) com relatos da família de Amarildo, imagens das manifestações que acontecem pelo Brasil desde junho e depoimentos de personalidades, como Marcelo Freixo, presidente da comissão de direitos humanos e a atriz Fernanda Paes Leme.

Amarildo desapareceu na noite de 14 de julho depois de ter sido detido por policiais da UPP da Rocinha. Os moradores do local saíram às ruas para reivindicar o sumiço do ajudante de pedreiro, que era casado e tinha seis filhos. Após um inquérito que durou dois meses, dez policiais foram indiciados e acusados de cometer tortura, que levou à sua morte.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/cultura

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos