out
03


Escudero festeja golaço do Vitória na Fonte

===========================================

DEU NO CORREIO DA BAHIA

Da Redação

O sonho de conquistar uma vaga na Taça Libertadores do ano que vem está mais vivo do que nunca na mente dos torcedores do Vitória. Na noite desta quarta-feira (2), o Leão bateu o Goiás por 2 a 1, na Arena Fonte Nova, e encostou ainda mais no G4 do Brasileirão. Na primeira etapa, Escudero abriu o placar e Pedro Henrique igualou o marcador. Na reta final da partida, a estrela rubro-negra brilhou com William Henrique, que já havia se destacado na goleada sobre o Atlético-PR. Ele entrou e balançou as redes para garantir o triunfo.

Com o resultado, o Rubro-negro alcançou os 37 pontos e ocupa a 5ª colocação na Série A. O Goiás, estagnado nos 33 pontos, é o 12º. Na próxima rodada o Vitória pega o São Paulo, no Morumbi. A partida vai acontecer no próximo sábado (5), às 21h. Já o Esmeraldino encara o Criciúma no domingo (6), às 18h30, no estádio Serra Dourada.

O jogo
O Goiás começou melhor e levava perigo ao gol de Wilson, goleiro rubro-negro. Aos seis minutos de jogo, Renan Oliveira foi lançado na frente e tentava o drible no arqueiro, quando a arbitragem pegou sua posição de impedimento corretamente. Mesmo jogando fora de casa, o Esmeraldino tinha postura mais ofensiva. Só que o Vitória respondeu aos sete minutos, com Juan. O lateral invadiu a área do Goiás e chutou forte para boa defesa de Renan.

Apesar de ter mais volume de jogo, o Goiás não era eficiente nas conclusões e o Vitória mudou a história da primeira etapa aos 15 minutos. Escudero recebeu na intermediária, sem marcação, ajeitou a bola e marcou um golaço de longa distância. Que bomba. A bola estufou o ângulo esquerdo de Renan. O gol deu moral ao time e o Rubro-negro passou a dominar as ações da partida. Aos 20, Renato Cajá fez belo lançamento para Dinei, que demorou de decidir e viu Rodrigo chegar de carrinho para evitar o chute.

A torcida do Leão acabou levando uma ducha de água fria aos 34 minutos. Rodrigo, ex-zagueiro do Vitória, soltou a bomba em cobrança de falta e Wilson espalmou. No rebote, o zagueiro Pedro Henrique empatou a partida. Em seguida, ele foi substituído por Felipe, pois se machucou antes mesmo de balançar as redes.

No segundo tempo, o jogo não teve muitos lances de emoção e o jogo foi morno em grande parte dos 45 minutos finais. Aos 14, Wilson defendeu chute fraco de Hugo de fora da área. Aos 15, o camisa 1 do Vitória salvou o que seria o segundo gol do Goiás depois de cruzamento de William Matheus e cabeçada forte de Júnior Viçosa. Buscando a vitória, o técnico Ney Franco deixou o time mais ofensivo, colocando Alemão e William Henrique no jogo nos lugares de Renato Cajá e Elizeu, respectivamente.

Aos 42 minutos de jogo, William Henrique, que era o homem mais perigoso do Vitória, dominou a bola depois de um cruzamento da esquerda e estufou as redes de Renan, fazendo a festa da torcida nas arquibancadas da Arena Fonte Nova. O Leão já era superior no jogo e sufocava o adversário. A insistência acabou premiada. A festa estava feita.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos