out
31

Tom Jobim, Querida!!!

BOA TARDE!!!

(Gilson Nogueira)


Fotografia da suposta “aparição” de Chavez
na parede do metrô de Caracas/PUBLICOI
=================================================

DEU NO PÚBLICO, DE LISBOA

Algumas falhas numa parede rochosa durante as obras de uma linha de metrô em Caracas, capital da Venezuela. Nada de extraordinário não fosse a “interpretação” quase religiosa atribuída ao acontecido. O padrão lembra uma face, um “olhar”, que tem dono: Hugo Chávez, o ex-Presidente venezuelano que morreu em Março.

É o próprio Presidente, Nicolás Maduro, que, envergando o traje de caminhada esportiva com as cores do país, celebrizado por Chávez, aparece na televisão venezuelana a mostrando fotografias tiradas pelos operários na parede onde ocorreu a aparição. “Vejam esta figura que apareceu aos trabalhadores, podem falar com eles”, disse Maduro.

“Um rosto, quem está nesse rosto? Um olhar, um olhar da pátria que está em todo o lado, inclusive em fenômenos que não têm explicação”, afirmou o Presidente, referindo-se ao líder da Revolução Bolivariana, durante um acto do Governo na capital.

Segundo Maduro, há alguns dias, os trabalhadores depararam-se com a face de Hugo Chávez numa parede, enquanto decorriam as obras para uma nova linha de metrô, e tiraram fotos com os celulares. A cara do ex-Presidente desapareceu horas depois. “Assim como apareceu, desapareceu, para que vejam que o que dizem é verdade: Chávez está em toda a parte, Chávez somos todos”, exultou Maduro, despertando aplausos da plateia.

“Mostraram-me um celular e no telefone tinham uma foto e disseram-me ‘olha, Maduro, vê esta foto que tirsmod às duas da manhã há vários dias, estávamos a trabalhar e de repente apareceu-nos nesta parede uma figura’”, explicou o Presidente venezuelano.

Desde a morte de Hugo Chávez, em Março, que, por diversas ocasiões, Nicolás Maduro enfatizou o caráter de um certo ascetismo em redor do ex-Presidente. Um dos exemplos foi a pretensa influência que Chávez terá tido na escolha do cardeal argentino Jorge Bergoglio para líder da Igreja Católica.

“Sabemos que o nosso comandante subiu até às alturas, que está em frente de Cristo. Alguma coisa influenciou para que tenha sido escolhido um Papa sul-americano, alguma mão nova chegou a Cristo e lhe disse: chegou a hora da América do Sul”, disse, na altura, Maduro.

Mais recentemente, Chávez foi comparado a São Francisco, por ocasião do dia dedicado ao santo. “Chávez era devoto de São Francisco, mais do que um devoto daqueles que acendem a vela, um devoto dos que vivem como São Francisco e como Cristo”, disse Maduro.

out
31


Vampeta: a partir de amanhã(1/11) presidnte do Osasco
===================================================


DEU NO UOL/FOLHA

DIEGO IWATA LIMA
DE SÃO PAULO

As palavras “presidente” e “Vampeta” na mesma frase logo remetem às históricas cambalhotas do ex-jogador na rampa do Palácio do Planalto, em 2002, após a conquista do pentacampeonato.

Confessadamente embriagado, Vampeta rolou rampa abaixo após ser condecorado pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso.

A partir desta sexta-feira, porém, a combinação dos termos ganha nova conotação.

Começa em 1º de novembro o mandato de Vampeta como presidente do Grêmio Osasco Audax, que vai disputar a Série A-1 do Paulista.

Nesta quarta-feira, o ex-volante esteve na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF) para acompanhar o sorteio que colocou o time no Grupo B do Paulista, junto com o Corinthians.

Vampeta ficou na plateia. Fernando Solleiro, ainda presidente da agremiação, representou o time no palco.

Ex-técnico do clube, Vampeta acha que o grupo do Audax tem um bom nível. A lamentar, apenas a presença do Corinthians na chave.

“É uma pena, já que não vamos enfrentá-los”, disse Vampeta à Folha. “Mas, tudo bem. Que venham os bambis, então”, completou, mostrando que não irá alterar as provocações nem mesmo com a nova função.

“Ah, o Juvenal [Juvêncio, presidente do São Paulo] fala um monte de merda, eu vou falar também!”, afirmou.

Hoje, Vampeta ainda é o vice-presidente do Grêmio Osasco, que vai continuar existindo na Série A-2 do Paulista, presidido por Lindemberg Pessoa. “Mas quem vai mandar nos dois clubes é o Mário”, diz o próprio Lindemberg, em referência a Mário Teixeira, alto executivo do Bradesco e mecenas das agremiações.

Se o Grêmio Osasco Audax ficar na A-1, e o Grêmio Osasco subir, os times serão fundidos em 2015.

VAGA

Audax e Grêmio Osasco jogam domingo pela semifinal da Copa Paulista, às 10h, em Osasco. Na data, ambos já pertencerão ao mesmo dono.

Assim, Mário Teixeira e a cidade de Osasco já sabem que um dos seus times estará na final da competição que classifica o campeão à Copa do Brasil de 2014.

Sexto município mais populoso do Estado, Osasco nunca teve representantes em competições de primeira divisão estadual, tampouco em competições nacionais de primeira linha.

out
31

==============================================================

Solteiro desde julho, George Clooney parece estar novamente apaixonado. O ator foi visto jantaNDO em Londres no luxuoso restaurante Berners Tavern na companhia de Amal Alamuddin que é apontada pela imprensa internacional como a nova namorada do astro de Hollywood.

O jantar íntimo aconteceu na semana passada, mas só agora se soube a identidade da mulher que acompanhava o ator. Alamuddin é advogada de Julian Assange, fundador do Wikileaks. Foi ainda considerada a advogada mais atraente do Reino Unido.

Desde que terminou o namoro com a ex-lutadora Stacy Keibler, já foram apontadas algumas namoradas de Clooney. A atriz Katie Holmes e a manequim croata Monika Jakisic foram as mais recentes.

(Deu no DN, de Lisbos)


Snowden: nova foto da vida nova em Moscou

====================================================

DEU NO DIÁRIO DE NOTÍCIAS, DE LISBOA

Uma nova fotografia de Edward Snowden, o ex-analista dos serviços secretos norte-americanos refugiado na Rússia, foi publicada hoje(31) por um site de informações russo, na qual ele parece estar num barco de turismo no rio Moscou, no centro da capital russa.

O site LifeNews afirma que a foto foi tirada em setembro e que foi comprada por 100 mil rublos (2300 euros) ao seu autor, que a enviou por internet através de um smartphone.

Este mesmo site já havia publicado, em outubro, uma foto como sendo de Snowden fazendo compras, empurrando um carrinho de supermercado. O seu advogado, Anatoli Koutcjherena, confirmou posteriormente que se tratava de fato do ex-analista fugido à justiça norte-americana.

Na nova fotografia vê-se ao fundo a Catedral do Cristo Salvador.

O rapaz surge ladeado por duas jovens. Uma delas, loura, poderá ser Sarah Harrison, a funcionária do WikiLeaks que acompanha Snowden desde a sua fuga de Hong Kong.

O Life News escreve que a imagem demonstra como Snowden “prossegue a sua vida em Moscou“.

out
31
Posted on 31-10-2013
Filed Under (Artigos) by vitor on 31-10-2013


============================================
Aroeira, hoje, no jornal Brasil Econômico

========================================================

OPINIÃO POLÍTICA

A mídia no divã

Ivan de Carvalho

Com o nome de Via Portuária, o então prefeito de Salvador, Antônio Imbassahy, iniciou obras – notadamente com a construção de um viaduto que continua em seu lugar como testemunha – que deveriam resultar na então chamada Via Portuária.

Ontem à tarde, informa o site Política Livre, a presidente Dilma Rousseff telefonou “para o celular do governador da Bahia, Jaques Wagner”, confirmando que na sexta-feira estará na Bahia (a segunda vez que vem ao estado em duas semanas).

A presidente vem para a inauguração da Via Expressa, denominação que substituiu a de Via Portuária, importando mais notar que, do início à conclusão, essa obra, que vem sendo tocada pelo governo do Estado, exigiu bem mais de uma década de dinheiro, suor e transtornos passageiros que toda grande obra urbana acarreta.

Hoje ela continua sendo muito importante, por permitir que o trânsito pesado do transporte rodoviário de cargas destinado ao porto de Salvador não interfira com o restante do trânsito urbano. No entanto, entre o início e a conclusão da obra, tanto tempo passou que o problema principal de transporte em Salvador deixou de afetar as áreas atravessadas e adjacentes à Via Portuária/Via Expressa e deslocou-se para a Avenida Paralela.

Assim, entende-se a presença da presidente da República, Dilma Rousseff, no ato de inauguração da Via Expressa, que liga as rodovias do entorno de Salvador ao porto da capital, ainda mais porque esta é uma das escassas obras do PAC – com gastos de R$ 500 milhões.

Ainda assim, chama a atenção o fato que esta é a segunda vez, em duas semanas, que a presidente vem à Bahia. É evidente que tal frequência tem como causa a tão afobada quanto aflita campanha que vem realizando por todos os meios possíveis – até pelo quase incrível discurso de propaganda, a título de saudação, ao papa Francisco, no Palácio Guanabara – para recuperar, de modo sustentável (o que talvez seja o mais difícil, esta sustentabilidade, da qual mais entende Marina Silva) sua popularidade junto ao eleitorado brasileiro, após o desastre popular e de desaprovação do governo que amargou no período maio – julho.

Em artigo na Tribuna da Imprensa on line, o articulista Carlos Newton chama a atenção para a análise do ex-prefeito do Rio de Janeiro, César Maia, sobre as duas últimas pesquisas de opinião política divulgadas pelo Ibope. César Maia é um estudioso e veterano comentarista de pesquisas eleitorais e similares. A análise do ex-prefeito, observa Carlos Newton, “vasculha a pesquisa no que ela tem de mais importante”. Para César Maia, o que interessa mesmo são os índices de aceitação (ou reprovação) do governo Dilma Rousseff e não as sempre badaladas respostas à pergunta das pesquisas estimuladas, tipo “em quem votaria hoje? Fulana, Sicrano ou Beltrano?”. Aliás, os índices das respostas a essa tipo de pergunta vão depender muito, entre outras coisas, do grau de conhecimento dos nomes citados na ocasião da pesquisa. E isso pode mudar muito na campanha eleitoral ou mesmo antes.

O ex-prefeito do Rio chama a atenção “para o fato de que o Ibope mostra que a reprovação a Dilma Rousseff subiu em todos os aspectos” entre a pesquisa Ibope de setembro e a de outubro. Assim: avaliação de Dilma Ruim+Péssimo: em setembro, 22 por cento; em outubro, 26 por cento. Desaprovam Dilma: setembro, 40 por cento; outubro, 42 por cento; Não confiam em Dilma: setembro, 43 por cento; outubro, 46 por cento.

Bem, se, existindo esses números, a quase totalidade da mídia conseguiu dar a impressão, aos leigos em pesquisas, de que a presidente Dilma Rousseff voa em céu de brigadeiro, aquela quase totalidade da mídia é que está precisando deitar no divã para ser analisada.

Lembro-me agora de uma frase célebre, pronunciada pelo então ministro da Fazenda do governo Itamar Franco, embaixador Rubens Ricúpero, no famoso “episódio da parabólica”, que o derrubou do cargo: “O que é bom a gente mostra, o que é ruim a gente esconde”.

========================================

QUE VIVA MEXICO!!! QUE VIVA AGUSTIN LARA!!! QUE VIVA O BOLERO!!!

ETERNAMENTE!!!

BOM DIA!!!!

(Vitor Hugo Soares)

=============================================
Magnifico Agustin Lara: ontem, hoje e eternamente!!!

Salve o 30 de outubro.

(Vitor Hugo Soares)


===================================================

DEU NO JORNAL A TARDE

Patrícia França

A decisão do Tribunal de Contas do Estado (TCE) da Bahia de suspender quatro auditores (dirigentes do Sindcontas) que se posicionaram, em 2012, contra a indicação do auditor Inaldo da Paixão para o cargo de conselheiro repercutiu ontem na Câmara dos Deputados e mereceu crítica da Federação Nacional dos Sindicatos dos Servidores dos Tribunais de Contas (Fenacontas).

Ontem, em discurso na tribuna da Câmara, os deputados federais baianos Amauri Teixeira (PT) e Alice Portugal (PCdoB) citaram a Lei de Acesso a Informação para condenar a punição administrativa aplicada aos auditores.

Segundo os auditores, investigação iniciada em 2010 para averiguar a incompatibilidade de acumulação de cargos públicos mostrou que Inaldo da Paixão acumulava a função de auditor com a atividade de professor universitário (na Uneb e Ucsal), em jornada de trabalho que se chocava. O caso foi levado ao Ministério Público e ao Ministério Público de Contas.

No entendimento do TCE, que instaurou dois processos, houve violação do sigilo profissional por parte dos sindicalistas, com acesso indevido ao contracheque do auditor, divulgação e distorção dos fatos.

O presidente do TCE, Zilton Rocha, disse que os auditores “extrapolaram” e reafirmou seu voto: “Cometeram infração funcional, que não se caracteriza na prerrogativa do exercício sindical”.

Alvo dos questionamentos, o conselheiro Inaldo da Paixão negou a incompatibilidade do exercício de ambas as funções – conselheiro e professor – e disse que a representação do Sindcontas foi “fundamentada em provas ilícitas”.

O auditor Homero Faria da Matta Dourado, que liderava a auditoria, foi punido com suspensão de dez dias em cada processo. Os outros dirigentes do Sindcontas – Euvaldo Caldas Neto, Joselito Mimoso e Sidney Chaves – foram suspensos por dez dias.
“Não houve quebra de sigilo. O que há é uma retaliação interna (contra os auditores) por terem trazido a público supostas irregularidade; uma lamentável transferência para o plano institucional da vida interna do TCE”, disse Alice Portugal.

O presidente do Sindcontas, Amilson Carneiro, considerou o julgamento político “com o objetivo de intimidar o sindicato e seus dirigentes”. Disse que o sindicato questionará a decisão na Justiça.

“Eles cometeram infração funcional que não se caracteriza na prerrogativa do exercício sindical”

Inaldo diz que representação do Sindcontas foi “fundamentada em provas ilícitas”

Mila Cordeiro/ Ag. A TARDE / 11.7. 2013

Pages: 1 2 3 4 5 6 7 ... 22 23

  • Arquivos