DEU NO CORREIO DA BAHIA

Da Redação


Membros do Movimento dos Sem-Terra (MST) acusam o subsecretário de Segurança Pública, Ari Pereira, de atirar três vezes em direção ao grupo de manifestantes quando eles invadiram a sede da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), por volta de 8 horas desta terça-feira, 10.

A SSP ainda não se pronunciou sobre o fato, mas os manifestantes fotografaram o subsecretário apontando a arma para o grupo e há marcas de tiros no vidro da porta de entrada do órgão. Apesar dos disparos, ninguém ficou ferido.

O clima continua tenso no local e os membros do MST formaram um cordão de isolamento na entrada da sede do SSP. Com facão, foice e pedaços de madeira na mão, eles chegaram a ameaçar entrar em confronto com integrantes da Companhia de Policiamento Especializado (Cipe). Policiais da Rondas Especiais da Polícia Militar (Rondesp) também reforçam a segurança no local.

A pauta de reivindicações do grupo solicita a punição dos responsáveis pela morte de Fábio dos Santos Silva, membro do movimento assassinado com 15 tiros em abril deste ano. O crime ocorreu em Iguaí, na região sudoeste do Estado. Eles também pedem a aceleração da reforma agrária na Bahia e no Brasil.

Os manifestantes ocupam a área externa da sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, desde esta segunda-feira, 9.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • setembro 2013
    S T Q Q S S D
    « ago   out »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    30