ago
31
Postado em 31-08-2013
Arquivado em (Artigos) por vitor em 31-08-2013 12:10

O presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, acusou os Estados Unidos e a Europa de procurarem «uma grande guerra» na Síria como um recurso para sair da crise financeira e social que os afeta.

« a elite norte-americana chegou à conclusão que para sair da grande crise econômica e social que têm nos Estados Unidos e na Europa necessitam de uma grande guerra e, por isso, querem impor a guerra na Síria», disse.

Para o chefe de Estado venezuelano, o seu colega norte-americano, Barack Obama, «está entalado» numa política de guerra porque «querem impor ao mundo o Pentágono».

Por outro lado, explicou, um eventual ataque estrangeiro à Síria seria uma «loucura» e provocaria um conflito bélico «incalculável» porque (a Síria) é um país histórico, com um poder militar muito grande e conta com grandes amigos que sairiam a defender a independência da nação.

«Na Síria tomariam o poder os grupos terroristas e que o saiba a Europa, que o saiba o presidente (François) Hollande, que o saiba a França: toda a Europa seria ‘infectada’ pelo terrorismo, porque é o extremismo ao extremo», disse.

Na sexta-feira os países da Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América – Tratado de Comércio dos Povos (Alba-TCP), emitiram uma declaração conjunta condenando qualquer tentativa de intervenção militar estrangeira na Síria.

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • agosto 2013
    S T Q Q S S D
    « jul   set »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031