Selma Barbosa:Morta em Salvador,sepultada em Natal

====================================================

DEU NO CORREIO DA BAHIA

Da Redação

Foi enterrado na manhã desta quarta-feira (14), em Natal, o corpo da jornalista e servidora da Universidade Federal da Bahia (Ufba) Selma Barbosa Alves, 54 anos. Familiares e amigos estiveram presentes do sepultamento realizado no Cemitério Parque, no bairro Nova Descoberta.

Entre a noite de terça-feira (13) e a madrugada de hoje, dois homens suspeitos de participar do crime foram presos policiais da Operação Apolo da Polícia Militar e encaminhados para a Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV).

De acordo com o tenente Marcelo, da Operação Gêmeos, que participou do cerco contra os assaltantes no dia da morte da jornalista e auxiliou na investigação do caso, Raimundo Santana Portela Filho, baleado durante a perseguição, foi preso na noite de ontem no bairro de Pau Miúdo, em Salvador. Já Roberval Bispo de Souza foi preso na cidade de Irará, que fica a 123 quilômetros de Salvador.

Segundo contaram à polícia, Roberval havia acabado de realizar um assalto para conseguir R$ 70 de uma dívida de drogas. Junto com Raimundo, ele saiu para um novo assalto quando avistaram o carro de Selma na rua Arthur de Azevedo Machado, no bairro Costa Azul. Raimundo contou que atirou em Selma após se assustar ao ver uma viatura da Polícia Militar vindo no sentido contrário. Depois de atirar, os dois fugiram no carro da vítima.

Selma, que coordenava o Laboratório de Vídeo da Faculdade de Comunicação da Ufba (Facom), onde trabalhava há mais de 20 anos, costumava frequentar o centro espírita aos domingos. Mas, dessa vez, havia passado a noite em casa, nas imediações do Centro de Convenções, estudando com uma colega do curso de Pós Graduação em Gestão de Processos Universitários, da Ufba.

Segundo Conceição Leão, 43, técnica administrativa da Ufba, Selma parou o carro — um Punto prata, placa NZY-4231 — em frente ao prédio onde ela mora, o Condomínio Edifício Vila do Mar. As imagens das câmeras de segurança do prédio registraram a ação da dupla de bandidos.

Selma, que era natural do Rio Grande do Norte, trabalhava no laboratório de TV e Vídeo da Faculdade de Comunicação da Ufba

Ao descer do veículo, Conceição disse ter notado que um Celta preto (placa NYT-5784) se aproximava. “Eu percebi que eles não seguiram a pista e apontaram em direção a ela. Peguei a chave, mas não consegui abrir o portão. O porteiro abriu e, quando me virei, eles já estavam em cima dela, atirando. Foi muito rápido”, relatou. Ela não acredita que Selma tenha notado a chegada da dupla. “Eu vi porque estava fora do carro”, disse.

Assustada, Conceição subiu pelo elevador do prédio gritando por socorro. Ela chamou a polícia, que iniciou uma perseguição aos bandidos. Mas, para Selma, era tarde. Quando o Samu chegou, Selma já estava morta.

Após o disparo, a dupla de bandidos retirou o corpo de Selma do carro e o abandonou no asfalto. Em seguida, fugiram com o carro da vítima, na contramão, deixando o Celta que haviam usado para chegar até o local do crime. Segundo o delegado Marcos César, da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV), o Celta era roubado.

A delegada titular da 9ª DT (Boca do Rio), Rogéria Araújo, informou que a dupla havia atacado um cliente do Bradesco de Itapuã duas horas antes do latrocínio (roubo seguido de morte) de Selma. Dele, roubaram o Celta

Be Sociable, Share!
Deixe um comentário
Name:
Email:
Website:
Comments:

  • Arquivos

  • agosto 2013
    S T Q Q S S D
    « jul   set »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    262728293031